A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Apol 2 de DT & M.P.A

Pré-visualização | Página 1 de 2

Nota 100
Questão 1/5 - Direito Tributário
O STF, como guardião da Carta Cidadã, teve a oportunidade de decidir sobre os tipos de contribuição. Desse modo, por influência jurisprudencial dessa Corte Suprema, para a disciplina de Legislação Tributária foi utilizada esta classificação, muito embora existam doutrinadores externando opiniões diversas sobre o tema, quando, por vezes, utilizam outros métodos de investigação para promover a devida classificação dos tributos. Retomando a escolha da corrente doutrinária classificatória quadripartida, convém, portanto, melhor esmiuçá-la, aproveitando o voto do então ministro do STF, Carlos Velloso, quando decidiu no Recurso Extraordinário nº 138.284/CE, de 1º de julho de 1992:
 
As diversas espécies tributárias, determinadas pela hipótese de incidência ou pelo fato gerador da respectiva obrigação, são as seguintes: os impostos, as taxas, as contribuições e os empréstimos compulsórios. As contribuições podem ser classificadas como de melhoria, parafiscais e especiais.
 
De acordo com o contexto abordado, assinale a alternativa que indica corretamente quais são as contribuições parafiscais.
	
	A
	De intervenção no domínio econômico, corporativas
	
	B
	De intervenção no domínio econômico, de seguridade social, outras de seguridade social, sociais gerais
	
	C
	Sociais, corporativas
	
	D
	Sociais, de seguridade social, outras de seguridade social, sociais gerais pag 128
Questão 2/5 - Metodologia da Pesquisa em Administração
Toda pesquisa requer que o pesquisador faça a revisão de literatura. Assinale a alternativa que apresenta qual é a finalidade da revisão de literatura.
	
	A
	Ela possibilita avaliar a inviabilidade do tema, do ponto de vista teórico. Por ela se pode efetuar um levantamento – dentro de uma linha histórica, desde o passado até a atualidade – do conhecimento já estabelecido e existente sobre o assunto/tema da pesquisa. O seu ponto falho é não fundamentar o estabelecimento de hipóteses por parte do pesquisador.
 
 
 
	
	B
	Ela possibilita avaliar a viabilidade do tema, do ponto de vista teórico. Por ela se pode efetuar um levantamento – dentro de uma linha histórica, desde o passado até a atualidade – do conhecimento já estabelecido e existente sobre o assunto/tema da pesquisa. Ela também fundamenta o estabelecimento de hipóteses por parte do pesquisador, e finalmente, fornece credibilidade à pesquisa (desde que sejam usadas fontes e bases de dados científicas).
	
	C
	Apesar de não possibilitar avaliar a viabilidade do tema, do ponto de vista teórico, ela fundamenta o estabelecimento de hipóteses por parte do pesquisador, e finalmente, fornece credibilidade à pesquisa (desde que sejam usadas fontes e bases de dados científicas).
	
	D
	Apesar de não possibilitar avaliar a viabilidade do tema, do ponto de vista teórico, por ela se pode efetuar um levantamento – dentro de uma linha histórica, desde o passado até a atualidade – do conhecimento já estabelecido e existente sobre o assunto/tema da pesquisa. Ela também fundamenta o estabelecimento de hipóteses por parte do pesquisador, e finalmente, fornece credibilidade à pesquisa (desde que sejam usadas fontes e bases de dados científicas).
Questão 3/5 - Direito Tributário
Nas palavras de José Eduardo Soares de Melo (2006, p. 146), “as classificações têm, também, peculiar implicação no que concerne aos princípios norteadores das figuras tributárias (capacidade contributiva para os impostos; remunerabilidade para as taxas; e proporcionalidade para as contribuições de melhoria)”. Baseando-se no capítulo 4 do livro-base da disciplina, o qual discorre sobre classificação dos tributos e sobre a classificação de acordo com a Constituição Federal de 1988, assinale a alternativa que apresenta comentários corretos sobre a classificação tributária.
	
	A
	A classificação tributária, tomando como apoio a Carta Magna, não pode consistir na simples leitura do específico preceito do texto constitucional, impondo-se ao agente classificador o conhecimento amplo das espécies tributárias, segundo suas notas características, mediante harmônica e adequada sistematização. Pag 125
	
	B
	A classificação tributária, tomando como apoio a Carta Magna, deve consistir na simples leitura do específico preceito do texto constitucional, impondo-se ao agente classificador o conhecimento amplo das espécies tributárias, segundo suas notas características, mediante harmônica e adequada sistematização.
	
	C
	A classificação tributária, tomando como apoio a Carta Magna, não pode consistir na simples leitura do específico preceito do texto constitucional, impondo-se ao agente classificador o conhecimento amplo das espécies tributárias, segundo suas notas características, mediante não harmônica e inadequada sistematização.
	
	D
	A classificação tributária, tomando como apoio a Carta Magna, não pode consistir na simples leitura do específico preceito do texto constitucional, deixando a critério do agente classificador o conhecimento amplo das espécies tributárias, segundo suas notas características, mediante harmônica e adequada sistematização.
Questão 4/5 - Metodologia da Pesquisa em Administração
O trabalho científico apresenta elementos denominados pré-textuais, textuais e pós-textuais. Assinale a alternativa que apresenta o elemento pré-textual obrigatório em trabalho acadêmico e/ou TCC.
	
	A
	Agradecimentos.
	
	B
	Sumário.pag 137
	
	C
	Epígrafe.
	
	D
	Dedicatória.
Questão 5/5 - Metodologia da Pesquisa em Administração
A lista de referências de um trabalho acadêmico deve ser elaborada e apresentada de acordo com as recomendações da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), constituindo-se em elemento pós-textual obrigatório. Considerando a utilização de uma definição encontrada no artigo “Ambiente de Trabalho: um estudo sobre as relações entre estilo de liderança, bem-estar no trabalho, motivação e desenvolvimento pessoal”, publicado no Caderno de Pesquisa da Revista Organização Sistêmica, v.3, n.2, 2013, de autoria de Priscila Pastor Cerqueira Martin e Viviane Maria Penteado Garbelini, no endereço eletrônico http://www.grupouninter.com.br/revistaorganizacaosistemica/index.php/cadernoorganizacaosistemica/article/view/266/115 e visualizado no dia 20 de outubro de 2014 às 10 horas e 30 minutos, assinale a alternativa que apresenta a forma correta de referenciar esse artigo.
	
	A
	GARBELINI, Viviane M. Penteado; MARTIN, Priscila P. Cerqueira. Caderno de Pesquisa Revista Organização Sistêmica, Curitiba, v.3, n.2, 2013. Ambiente de Trabalho: um estudo sobre as relações entre estilo de liderança, bem-estar no trabalho, motivação e desenvolvimento pessoal. Disponível em: http://www.grupouninter.com.br/ revistaorganizacaosistemica/index.php/cadernoorganizacaosistemica/article/view/266/115. Acesso em: 20/10/2014. 10h: 30 min.
 
 
	
	B
	GARBELINI, Viviane M. Penteado; MARTIN, Priscila P. Cerqueira. Caderno de Pesquisa Revista Organização Sistêmica, Curitiba, v.3, n.2, 2013. Disponível em: http://www.grupouninter.com.br/revistaorganizacaosistemica/index.php/cadernoorganizacaosistemica/article/view/266/115. Acesso em: 20/10/2014. 10h: 30 min. Ambiente de Trabalho: um estudo sobre as relações entre estilo de liderança, bem-estar no trabalho, motivação e desenvolvimento pessoal.
 
 
	
	C
	MARTIN, Priscila P. Cerqueira; GARBELINI, Viviane M. Penteado. Caderno de Pesquisa Revista Organização Sistêmica, Curitiba, v.3, n.2, 2013. Disponível em: http://www.grupouninter.com.br/revistaorganizacaosistemica/index.php/cadernoorganizacaosistemica/article/view/266/115. Acesso em: 20/10/2014. 10h: 30 min. Ambiente de Trabalho: um estudo sobre as relações entre estilo de liderança, bem-estar no trabalho, motivação e desenvolvimento pessoal.
 
 
	
	D
	MARTIN, Priscila P. Cerqueira; GARBELINI, Viviane M. Penteado. Ambiente de Trabalho: um estudo sobre as relações entre estilo de liderança, bem-estar no trabalho,