Meios de Prova - Resumo
2 pág.

Meios de Prova - Resumo


DisciplinaDireito Civil I73.388 materiais870.139 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1
Caminho percorrido pelo agente para comprovar o fato alegado, podendo ser:
Meio nominado: previsto em lei.
Meio inominado: não previsto na legislação.
Declaração que a parte faz sobre a verdade dos fatos;
Dá razão ao seu adversário, em prejuízo do direito próprio;
Só pode se dar por meio de representante se este for convencional, já que os represen-
tantes legais não tem esse poder.
Elemento escrito utilizado para comprovar a veracidade ou ocorrência de determina-
do fato.
Instrumento: além de comprovar o também será a é forma pela qual os agentes cele-
bram o negócio jurídico.
Documento Público pode ser em sentido amplo ou em sentido estrito, mas ambos tem
presunção relativa de veracidade.
Público em sentido amplo é aquele produzido por qualquer servidor da Administra-
ção Pública.
Público em sentido estrito é o documento lavrado por pessoa investida, pela lei, do
poder de lavrar o documento, que é a “fé pública”.
O documento particular também é meio de prova, mas, se for solicitado, é necessário
apresentar o original.
Denição
Conssão
Documental
Prova do fato jurídico – Meios de prova
Direito Civil II
2
Requer pessoa:
Capaz.
Imparcial.
Idônea.
Desinteressada do negócio jurídico.
Apta a atestar a veracidade de um fato.
Exame, vistoria ou avaliação.
Intuito de buscar a veracidade de um fato alegado, comprovado pela via técnica.
Só é perícia se for realizado por órgão público.
A “perícia” feita por prossional privado, será “assistente técnico”.
É a Ilação tirada de um fato conhecido para o reconhecimento da ocorrência de outro
desconhecido.
Testemunhal
Pericial
Presunção