A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
Modelo Memorial Descritivo residencial

Pré-visualização | Página 1 de 2

Memorial Descritivo 
1 
 
MODELO DE MEMORIAL DESCRITIVO 
 
O PRESENTE MEMORIAL DESCRITIVO É PARTE INTEGRANTE DA PROMESSA 
DE COMPRA E VENDA PARTICULAR ENTRE O SR(ª). XXXXXXXXXXXX, 
BRASILEIRO(A), XXXXXX, XXXXXX, PORTADOR DO CPF: XXXXXXXX E RG XXXXXXX, 
RESIDENTE E DOMICILIADO À XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX, 
(SIMPLESMENTE DENOMINADO COMPRADOR) E A EMPRESA MPS CONSTRUTORA E 
INCORPORADORA LTDA, PESSOA JURÍDICA DE DIREITO PRIVADO, INSCRITA NO 
CNPJ/MF SOB Nº 09.148.381/0001-25, COM SEDE À RUA JOAQUIM SIMÕES, Nº 31, 
PINHEIRINHO, CEP 81.150-030, CURITIBA/PR, (SIMPLESMENTE DENOMINADA 
VENDEDORA) E TEM COMO OBJETIVO DESCREVER OS DADOS GERAIS DA OBRA 
QUE SERÁ EXECUTADA NO LOTE DE TERRENO SITUADO À RUA VICTOR MODESTO 
DE OLIVEIRA, Nº 101, APROVADA PELA PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA SOB 
ALVARÁ Nº 281228, REFERENTE AO SOBRADO XX (XXXXXX). 
 
01 DIMENSÃO DA UNIDADE RESIDENCIAL 
 
Área total: XX,XX m2 (XXXXXXXXXXXXXXXXXX) sendo XX m2 
(XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX) no pavimento térreo e XX,XX 
(XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX) no pavimento superior. 
 
02 CARACTERIZAÇÃO DA UNIDADE RESIDENCIAL 
 
A unidade residencial terá os seguintes ambientes: sala de estar/jantar 
conjugadas, cozinha, circulação, três dormitórios (sendo uma suíte), banheiro 
social, escada e jardim interno descoberto. 
 
Na área externa serão previstos pontos de d´água e elétrico para área de 
serviço, cuja instalação será de responsabilidade do COMPRADOR. Para cada 
lote individual fará parte um jardim gramado, de acordo com o projeto 
aprovado pela PMC. 
 
03 CARACTERIZAÇÃO DAS ÁREAS EXTERNAS (COMUNS) 
 
Fará parte do condomínio as vias de acesso (rua e calçadas), área de recreação 
gramada e guarita. Os muros externos e internos ao condomínio terão, no 
mínimo, 1,80 m (um metro e oitenta centímetros) de altura. A área de 
recreação gramada será entregue para uso dos condôminos após a liberação do 
último CVCO (Certificado de Vistoria e Conclusão de Obras), emitido pela 
Prefeitura Municipal de Curitiba. 
 
04 SERVIÇOS PRELIMINARES 
 
Os projetos serão elaborados de acordo com as Normas Técnicas Brasileiras, 
inerentes à execução da obra. 
 
Memorial Descritivo 
2 
A instalação da obra constará de placa de responsabilidade técnica e do 
projeto arquitetônico, construção de tapumes e do barracão de obras, locação 
da obra, instalações provisórias e canteiro de obras. 
 
05 MOVIMENTAÇÃO DE TERRA 
 
Os serviços de terraplanagem, aterro e reaterro serão executados dentro das 
Normas Técnicas Brasileiras a fim de estabelecer as cotas de níveis previstas no 
projeto para a construção da obra. 
Todo material excedente será retirado do local. 
 
06 FUNDAÇÕES 
 
Serão executadas de acordo com a capacidade de carga determinada pelo 
calculo estrutural e sondagem do terreno. 
 
07 ESTRUTURA 
 
Será executada em concreto armado convencional ou outra tecnologia que 
garanta qualidade final similar ou superior e lajes pré-moldadas em 
conformidade com o calculo estrutural e as Normas Técnicas Brasileiras. 
 
08 IMPERMEABILIZAÇÃO / PROTEÇÃO 
 
A impermeabilização nas vigas de baldrame será executada de acordo com as 
Normas Técnicas Brasileiras. 
 
09 REDE DE ÁGUA 
 
A rede de entrada de água será executada com tubulação de pvc atendendo as 
normas da SANEPAR. 
O hidrômetro será instalado pela SANEPAR a pedido do proprietário da unidade 
autônoma, com capacidade para atender a demanda necessária e de acordo 
com o estabelecido no projeto especifico. 
O dimensionamento da tubulação obedecerá as Normas estabelecidas pelo 
órgão competente. 
 
10 REDE DE ENERGIA 
 
A rede de entrada de energia será executada dentro das normas e exigências 
da Copel, atendendo ao projeto especifico e às necessidades da obra. 
Entrada de energia de 50 A (bifásico). 
 
11 REDE DE ESGOTO 
 
 
Memorial Descritivo 
3 
A rede de esgoto será executada com tubulação de pvc, manilhas de barro ou 
concreto armado, atendendo as normas da SANEPAR. 
Serão instaladas caixas de inspeção com capacidade para atender a demanda 
necessária e de acordo com o estabelecido no projeto especifico. 
O dimensionamento da tubulação obedecerá rigorosamente às normas 
estabelecidas pelo órgão competente. 
 
12 PAVIMENTAÇÕES EXTERNAS 
 
Rua particular com base compactada em saibro, com dimensionamento para 
atender ao tráfego local de automóveis de passeio com os seguintes 
revestimentos superficiais: anti-pó ou cimento desempenado ou lajota de 
concreto tipo paver. 
Meio-fio, guias e sarjetas em concreto pré-moldado nos locais indicados no 
projeto. 
 
ACABAMENTOS: 
 
13 VAGA DE GARAGEM 
 
Haverá uma vaga de estacionamento descoberta para cada unidade residencial, 
demarcada no lote individual. Na vaga de garagem descoberta o piso será em 
concreto desempenado ou pedras tipo paralelepípedos ou lajotas de concreto 
tipo paver. 
 
14 SALA DE ESTAR E JANTAR 
 
Piso preparado para receber materiais como cerâmica, carpet de tecido ou 
madeira. 
Paredes calfinadas, com retoques de massa corrida e pintura látex. 
Teto calfinado, com retoques de massa corrida e pintura látex. 
Instalações elétricas (tomadas), sendo três tomadas de uso geral, uma de TV, 
uma de telefone e ponto para interfone. Para a TV e o telefone serão 
consideradas apenas as tubulações secas. 
Instalações elétricas (iluminação): um ponto no teto. 
 
15 COZINHA 
 
Parede com revestimento cerâmico PEI 2 ou superior até o teto. 
Piso com revestimento cerâmico resistência PEI 4 ou superior. 
Teto calfinado com retoques de massa corrida e pintura látex. 
Instalações elétricas (tomadas), sendo no mínimo quatro tomadas de uso geral. 
Instalações hidráulicas para água fria e água quente para uma pia de duas 
cubas. 
Instalações elétricas (iluminação): um ponto no teto. 
 
 
Memorial Descritivo 
4 
 
16 DORMITÓRIOS 
 
Piso preparado para receber materiais como cerâmica, carpet de tecido ou 
madeira. 
Paredes calfinadas, com retoques de massa corrida e pintura látex. 
Teto calfinado, com retoques de massa corrida e pintura látex. 
Instalações elétricas (tomadas), sendo no mínimo duas de uso geral, uma de TV 
e uma de telefone. Para a TV e o telefone serão consideradas apenas as 
tubulações secas. 
Instalações elétricas (iluminação): um ponto no teto. 
 
17 BANHEIROS 
 
Parede com revestimento cerâmico PEI 2 ou superior até o teto. 
Piso com revestimento cerâmico PEI 3 ou superior. 
Teto calfinado com retoque de massa corrida e pintura látex. 
Louças sanitárias: lavatório e vaso sanitário com caixa acoplada. 
Pontos hidráulicos para a louça sanitária e para o chuveiro. 
Instalações elétricas (tomadas), banheiro social: duas de uso geral (uma para o 
lavatório e outra para o chuveiro). Banheiro casal: uma tomada de uso geral 
próximo ao lavatório. 
Instalações elétricas (iluminação): dois pontos, sendo um no teto e outro acima 
do lavatório. 
 
18 CIRCULAÇÃO 
 
Piso preparado para receber materiais como cerâmica, carpet de tecido ou 
madeira. 
Paredes calfinadas, com retoques de massa corrida e pintura látex. 
Teto calfinado, com retoques de massa corrida e pintura látex. 
Instalações elétricas (iluminação): um ponto no teto. 
 
19 ESCADA 
 
Em concreto, com piso preparado para receber materiais como cerâmica, 
carpet de tecido ou madeira. 
Paredes calfinadas, com retoques de massa corrida e pintura látex. 
Instalações elétricas (iluminação): um ponto no teto ou um ponto de arandela. 
 
 
 
20 SÓTÃO (SALA DE MÚLTIPLO USO) 
 
 
Memorial Descritivo 
5 
Caso o COMPRADOR opte, em contrato, pela aquisição desse ambiente (com o 
conseqüente acréscimo de 16,32 m² à área construída), o mesmo terá as 
seguintes características: 
Piso preparado para receber materiais como cerâmica, carpet de tecido ou 
madeira. 
Paredes calfinadas, com retoques de massa corrida e pintura