A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
88 pág.
pdf 190937 Aula 00 curso 25307 aula 00 v1

Pré-visualização | Página 24 de 27

seria apreciar o MÉRITO dos atos funcionais. A questão não foi 
anulada, mas fica o registro. 
Portanto, a AFIRMATIVA ESTÁ ERRADA. 
 
32.! (CESPE – 2013 – MPU – TÉCNICO) 
Comporão o CNMP, além de membros do MPU e dos MPs dos 
estados, da magistratura e da advocacia, dois cidadãos de notável 
saber jurídico e reputação ilibada, um indicado pela Câmara dos 
Deputados e o outro, pelo Senado Federal. 
COMENTÁRIOS: O item está correto, pois traz de maneira fiel o que diz a 
Constituição a respeito da composição do CNMP. Vejamos o art. 130-A: 
Art. 130-A. O Conselho Nacional do Ministério Público compõe-se de 
quatorze membros nomeados pelo Presidente da República, depois de 
aprovada a escolha pela maioria absoluta do Senado Federal, para um 
mandato de dois anos, admitida uma recondução, sendo: (Incluído pela 
Emenda Constitucional nº 45, de 2004) 
I o Procurador-Geral da República, que o preside; 
II quatro membros do Ministério Público da União, assegurada a 
representação de cada uma de suas carreiras; 
III três membros do Ministério Público dos Estados; 
IV dois juízes, indicados um pelo Supremo Tribunal Federal e outro pelo 
Superior Tribunal de Justiça; 
00000000000
00000000000 - DEMO
 
 
 
Prof. Renan Araujo www.estrategiaconcursos.com.br 75 de 86 
LEGISLAÇÃO DO MP – MPU (2017) – TÉCNICO 
Teoria e questões 
Aula 00 – Prof. Renan Araujo 
 V dois advogados, indicados pelo Conselho Federal da Ordem dos 
Advogados do Brasil; 
VI dois cidadãos de notável saber jurídico e reputação ilibada, indicados 
um pela Câmara dos Deputados e outro pelo Senado Federal. 
Portanto, a AFIRMATIVA ESTÁ CORRETA. 
 
33.! (CESPE – 2013 – MPU – TÉCNICO) 
Em função da autonomia financeira e administrativa assegurada ao 
MP pela CF, o aumento do valor dos subsídios dos membros do 
órgão pode ser realizado por meio de ato normativo do procurador-
geral da República. 
COMENTÁRIOS: O item está errado, pois embora o MP possua autonomia 
financeira e administrativa, o aumento do valor dos subsídios só pode ser 
realizado por lei, de iniciativa do MPU. Vejamos: 
Art. 22. Ao Ministério Público da União é assegurada autonomia 
funcional, administrativa e financeira, cabendo-lhe: 
I - propor ao Poder Legislativo a criação e extinção de seus cargos e 
serviços auxiliares, bem como a fixação dos vencimentos de seus 
membros e servidores; 
 
Portanto, a AFIRMATIVA ESTÁ ERRADA. 
 
34.! (CESPE – 2013 – MPU – ANALISTA) 
Cabe ao CNMP efetuar o controle da atuação administrativa e 
financeira do MP e do cumprimento dos deveres funcionais de seus 
membros. 
COMENTÁRIOS: De fato, esta é uma das atribuições do CNMP, nos termos 
do art. 130-A, §2º da CRFB/88. Vejamos: 
Art. 130-A. O Conselho Nacional do Ministério Público compõe-se de 
quatorze membros nomeados pelo Presidente da República, depois de 
aprovada a escolha pela maioria absoluta do Senado Federal, para um 
mandato de dois anos, admitida uma recondução, sendo: (Incluído pela 
Emenda Constitucional nº 45, de 2004) 
(...) 
§ 2º Compete ao Conselho Nacional do Ministério Público o controle da 
atuação administrativa e financeira do Ministério Público e do 
cumprimento dos deveres funcionais de seus membros, cabendolhe: 
Portanto, a AFIRMATIVA ESTÁ CORRETA. 
 
35.! (CESPE – 2013 – MPU – ANALISTA) 
00000000000
00000000000 - DEMO
 
 
 
Prof. Renan Araujo www.estrategiaconcursos.com.br 76 de 86 
LEGISLAÇÃO DO MP – MPU (2017) – TÉCNICO 
Teoria e questões 
Aula 00 – Prof. Renan Araujo 
 Não constitui competência do CNMP a revisão, de ofício ou 
mediante provocação, de processos disciplinares de servidores do 
MPU. 
COMENTÁRIOS: De fato, o CNMP não possui competência para a revisão 
de processos disciplinares de servidores do MPU, mas apenas dos processos 
disciplinares dos membros do MPU. Vejamos: 
Art. 130-A. O Conselho Nacional do Ministério Público compõe-se de 
quatorze membros nomeados pelo Presidente da República, depois de 
aprovada a escolha pela maioria absoluta do Senado Federal, para um 
mandato de dois anos, admitida uma recondução, sendo: (Incluído pela 
Emenda Constitucional nº 45, de 2004) 
(...) 
§ 2º Compete ao Conselho Nacional do Ministério Público o controle da 
atuação administrativa e financeira do Ministério Público e do 
cumprimento dos deveres funcionais de seus membros, cabendolhe: 
(...) 
IV rever, de ofício ou mediante provocação, os processos disciplinares 
de membros do Ministério Público da União ou dos Estados julgados há 
menos de um ano; 
Portanto, a AFIRMATIVA ESTÁ CORRETA. 
 
36.! (CESPE – 2013 – MPU – ANALISTA) 
A autonomia administrativa do MPU, assegurada 
constitucionalmente, compreende a possibilidade de, mediante 
atos normativos internos, criar e extinguir cargos e serviços 
auxiliares. 
COMENTÁRIOS: Embora o MPU possua autonomia administrativa, a 
criação e extinção de cargos e serviços auxiliares somente poderá se dar 
mediante lei, cuja proposta cabe ao próprio MPU. 
Vejamos: 
Art. 22. Ao Ministério Público da União é assegurada autonomia 
funcional, administrativa e financeira, cabendo-lhe: 
I - propor ao Poder Legislativo a criação e extinção de seus cargos e 
serviços auxiliares, bem como a fixação dos vencimentos de seus 
membros e servidores; 
Portanto, a AFIRMATIVA ESTÁ ERRADA. 
 
37.! (CESPE – 2013 – MPU – ANALISTA) 
A autonomia financeira do MP abrange a capacidade de elaborar a 
sua proposta orçamentária e a capacidade de gerir e aplicar os 
recursos orçamentários destinados à instituição. 
COMENTÁRIOS: O item está correto, pois a autonomia financeira do MP, 
de fato, confere a esta Instituição o poder de elaborar sua proposta 
00000000000
00000000000 - DEMO
 
 
 
Prof. Renan Araujo www.estrategiaconcursos.com.br 77 de 86 
LEGISLAÇÃO DO MP – MPU (2017) – TÉCNICO 
Teoria e questões 
Aula 00 – Prof. Renan Araujo 
 orçamentária, bem como gerir e aplicar seus recursos orçamentários. 
Vejamos: 
 Art. 22. Ao Ministério Público da União é assegurada autonomia funcional, 
administrativa e financeira, cabendo-lhe: 
(...) 
 IV - praticar atos próprios de gestão. 
 Art. 23. O Ministério Público da União elaborará sua proposta orçamentária 
dentro dos limites da lei de diretrizes orçamentárias. 
Portanto, a AFIRMATIVA ESTÁ CORRETA. 
 
38.! (CESPE – 2006 - MPE-AM – ADMINISTRATIVO – AGENTE 
TÉCNICO JURÍDICO) 
A unidade, a indivisibilidade e a independência funcional são 
princípios institucionais do Ministério Público. 
COMENTÁRIOS: Essa afirmativa é “mamão com açúcar”! Transcreve 
exatamente o que está disposto no art. 127, §1° da Constituição. Vejamos: 
Art. 127. O Ministério Público é instituição permanente, essencial à função 
jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime 
democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis. 
§ 1º - São princípios institucionais do Ministério Público a unidade, a 
indivisibilidade e a independência funcional. 
Portanto, a AFIRMATIVA ESTÁ CORRETA. 
 
39.! (NUCEPE – 2008 - MPE-PI – 2008 – ANALISTA PROCESSUAL) 
Quanto aos princípios relativos ao Ministério Público, assinale a 
alternativa correta. 
A) A indivisibilidade significa que os integrantes da carreira podem 
ser substituídos, uns pelos outros, desde que da mesma carreira, 
segundo prescrições legais. 
CORRETA: Como estudamos na parte teórica, a indivisibilidade do MP é 
um princípio que deriva do princípio da unidade do MP, e permite que os 
membros do MP, integrantes da mesma carreira, se substituam uns pelos 
outros, sem que haja prejuízo à atuação do MP, exatamente pelo fato, 
lembrem-se, de que a vontade externada não é a vontade

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.