1sistemas e produção
10 pág.

1sistemas e produção


DisciplinaProjeto de Sistemas Integrados I2 materiais38 seguidores
Pré-visualização1 página
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUI \u2013 UFPI
CENTRO DE TECNOLOGIA - CT
CAMPUS MINISTRO PETRÔNIO PORTELA - CMPP
CURSO: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO
Economia de Empresas
PEDRO AMÉRICO ORSANO DE SOUSA
Conceitos de sistema
\u2022 Para Oliveira (2002), Sistema é um conjunto de partes interagentes e 
interdependentes que, conjuntamente, formam um todo unitário 
com determinado objetivo e efetuam determinada função.
\u2022 Alvarez (1990) define sistema como um conjunto de elementos 
interdependentes que interagem com objetivos comuns formando 
um todo.
Teoria dos sistemas
\u2022 Pode-se fazer um paralelo com o que ocorre na natureza. Um sistema 
interno (um ser vivo) é influenciado pelo meio-ambiente.
\u2022 As empresas também são influenciadas pelo que acontece tanto 
internamente como externamente.
\u2022 As vezes, o interno se mistura com o externo. Ex: a bagagem cultural e 
experiências de vida dos colaboradores.
\u2022 Na nossa disciplina, Economia de empresas, essa compreensão é 
muito importante. Alguém sabe explicar?
Teoria dos sistemas 
\u2022 As operações, rotinas, práticas, representam o ambiente interno.
\u2022 A política econômica, política fiscal, presença de concorrentes exercem 
pressões nas decisões internas e representam o ambiente externo.
\u2022 Uma matéria-prima (input) é produzida por um fornecedor (elemento do 
ambiente externo) e é utilizada internamente pelo sistema.
\u2022 O produto acabado (output) é produzido internamente pelo sistema, mas é 
destinado ao ambiente externo.
\u2022 As informações geradas são muito importantes para se avaliar os 
resultados e melhorar a sinergia do sistema.
\u2022 Mecanismos de controle garantem a sobrevivência de um sistema.
Sistemas produtivos
\u2022 Todo sistema que produz algo com valor adicionado e atende a 
objetivos predefinidos é denominado sistema produtivo.
\u2022 O papel do engenheiro de produção é organizar seus recursos 
humanos, materiais, tecnológicos e de capitais de tal modo que o 
valor da cadeia produtiva seja maximizado e que os objetivos 
predefinidos pela organização sejam atendidos. Para tanto, é preciso 
que haja planejamento e bom uso das diversas informações 
disponíveis. 
\u2022 Uma empresa que produz sem planejar está fadada ao fracasso. Nada 
pior do que investir recursos para serem desperdiçados. Isto é, 
produzir além da quantidade, produzir o que o cliente não queira, etc.
Classificação dos sistemas produtivos
\u2022 Um sistema produtivo pode ser classificado quanto:
1. Às entradas (inputs)
2. Aos processos de produção 
3. Às saídas (outputs)
Classificação dos sistemas produtivos quanto às entradas
Entradas (Input)
1. Tipos de recursos a serem transformados
\u2022 Sistemas predominantemente processadores de materiais;
\u2022 Sistemas predominantemente processadores de informações;
\u2022 Sistemas predominantemente processadores de consumidores.
Classificação dos sistemas produtivos quanto aos processos
Processos de produção
1. Ação principal do processo de produção:
\u2022 Sistemas que transformam as propriedades físicas;
\u2022 Sistemas que transformam as propriedades informativas;
\u2022 Sistemas que mudam a posse ou propriedade;
\u2022 Sistemas que mudam a localização;
\u2022 Sistemas que estocam ou acomodam;
\u2022 Sistemas que mudam o estado fisiológico ou psicológico.
2. Fluxo dentro do processo de produção:
\u2022 Fluxo contínuo; Fluxo misto; Fluxo intermitente; Por projetos.
3. Decisão de produzir:
\u2022 Antecipada ou para estoque; 
\u2022 Sob encomenda.
4. Grau de contato com o consumidor:
\u2022 Alto grau de contato;
\u2022 Baixo grau de contato
Classificação dos sistemas produtivos quanto às saídas (output)
Saídas (output)
1. Natureza das saídas:
\u2022 Fabricação ou manufatura de produtos;
\u2022 Geração ou prestação de serviços.
2. Volume de saídas:
\u2022 Alto volume;
\u2022 Médio volume;
\u2022 Baixo volume.
3. Variedade ou padronização das saídas:
\u2022 Alta variedade (customização);
\u2022 Variedade média (presença de alguma padronização);
\u2022 Baixa variedade (commodities).
4. Variação da demanda pelas saída:
\u2022 Produção sazonal
\u2022 Produção sem variação da demanda
Referência
Neumann, Clóvis
Gestão de sistemas de produção e operações \u2013 RJ: Elsevier, 2013.
Capítulo 2.