10 pág.

1sistemas e produção

Disciplina:Projeto de Sistemas Integrados I2 materiais34 seguidores
Pré-visualização1 página
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PIAUI – UFPI
CENTRO DE TECNOLOGIA - CT
CAMPUS MINISTRO PETRÔNIO PORTELA - CMPP
CURSO: ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

Economia de Empresas

PEDRO AMÉRICO ORSANO DE SOUSA

Conceitos de sistema

• Para Oliveira (2002), Sistema é um conjunto de partes interagentes e
interdependentes que, conjuntamente, formam um todo unitário
com determinado objetivo e efetuam determinada função.

• Alvarez (1990) define sistema como um conjunto de elementos
interdependentes que interagem com objetivos comuns formando
um todo.

Teoria dos sistemas

• Pode-se fazer um paralelo com o que ocorre na natureza. Um sistema
interno (um ser vivo) é influenciado pelo meio-ambiente.

• As empresas também são influenciadas pelo que acontece tanto
internamente como externamente.

• As vezes, o interno se mistura com o externo. Ex: a bagagem cultural e
experiências de vida dos colaboradores.

• Na nossa disciplina, Economia de empresas, essa compreensão é
muito importante. Alguém sabe explicar?

Teoria dos sistemas

• As operações, rotinas, práticas, representam o ambiente interno.

• A política econômica, política fiscal, presença de concorrentes exercem
pressões nas decisões internas e representam o ambiente externo.

• Uma matéria-prima (input) é produzida por um fornecedor (elemento do
ambiente externo) e é utilizada internamente pelo sistema.

• O produto acabado (output) é produzido internamente pelo sistema, mas é
destinado ao ambiente externo.

• As informações geradas são muito importantes para se avaliar os
resultados e melhorar a sinergia do sistema.

• Mecanismos de controle garantem a sobrevivência de um sistema.

Sistemas produtivos

• Todo sistema que produz algo com valor adicionado e atende a
objetivos predefinidos é denominado sistema produtivo.

• O papel do engenheiro de produção é organizar seus recursos
humanos, materiais, tecnológicos e de capitais de tal modo que o
valor da cadeia produtiva seja maximizado e que os objetivos
predefinidos pela organização sejam atendidos. Para tanto, é preciso
que haja planejamento e bom uso das diversas informações
disponíveis.

• Uma empresa que produz sem planejar está fadada ao fracasso. Nada
pior do que investir recursos para serem desperdiçados. Isto é,
produzir além da quantidade, produzir o que o cliente não queira, etc.

Classificação dos sistemas produtivos

• Um sistema produtivo pode ser classificado quanto:

1. Às entradas (inputs)

2. Aos processos de produção

3. Às saídas (outputs)

Classificação dos sistemas produtivos quanto às entradas

Entradas (Input)

1. Tipos de recursos a serem transformados

• Sistemas predominantemente processadores de materiais;
• Sistemas predominantemente processadores de informações;
• Sistemas predominantemente processadores de consumidores.

Classificação dos sistemas produtivos quanto aos processos

Processos de produção

1. Ação principal do processo de produção:

• Sistemas que transformam as propriedades físicas;
• Sistemas que transformam as propriedades informativas;
• Sistemas que mudam a posse ou propriedade;
• Sistemas que mudam a localização;
• Sistemas que estocam ou acomodam;
• Sistemas que mudam o estado fisiológico ou psicológico.

2. Fluxo dentro do processo de produção:

• Fluxo contínuo; Fluxo misto; Fluxo intermitente; Por projetos.

3. Decisão de produzir:

• Antecipada ou para estoque;
• Sob encomenda.

4. Grau de contato com o consumidor:

• Alto grau de contato;
• Baixo grau de contato

Classificação dos sistemas produtivos quanto às saídas (output)

Saídas (output)

1. Natureza das saídas:

• Fabricação ou manufatura de produtos;
• Geração ou prestação de serviços.

2. Volume de saídas:

• Alto volume;
• Médio volume;
• Baixo volume.

3. Variedade ou padronização das saídas:

• Alta variedade (customização);
• Variedade média (presença de alguma padronização);
• Baixa variedade (commodities).

4. Variação da demanda pelas saída:

• Produção sazonal
• Produção sem variação da demanda

Referência
Neumann, Clóvis

Gestão de sistemas de produção e operações – RJ: Elsevier, 2013.

Capítulo 2.