A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
46 pág.
Aula - Digestão e Absorção

Pré-visualização | Página 1 de 2

Digestão e Absorção 
Hidrólise 
MACRONUTRIENTES: OS QUE SÃO 
REQUERIDOS EM QUANTIDADES 
RELATIVAMENTE GRANDES: PROTEÍNAS, 
CARBOIDRATOS E LIPÍDIOS. 
MICRONUTRIENTES: OS QUE SÃO 
REQUERIDOS EM QUANTIDADES 
RELATIVAMENTE MENORES: VITAMINAS E 
ELETRÓLITOS. 
Digestão e absorção de Nutrientes 
Adaptações do TGI para a digestão e absorção 
Célula Secretora de Enzima 
Área 
absortiva 
Pregas 
circulares 
criptas de Lieberkhün 
vilosidades 
Cerca de 80% da absorção 
de solutos (nutrientes e 
íons) e de água ocorre no 
intestino delgado 
Aumento na área de 
absorção de 600X 
ENZIMAS LUMINAIS 
ENZIMAS DA BORDA EM ESCOVA 
amilase salivar 
lipase lingual 
pepsina 
lipase gástrica 
Amilase, tripsina, 
quimiotripsina, 
carboxipeptidases, 
lipase, fosfolipase A2, 
colesterol-esterase, 
elastase, ribo e 
desoxiribonucleases 
 
Dissacaridases: maltase, 
sacarase, lactase, 
isomaltase peptidases 
Peptidases: 
aminooligopeptidases, 
dipeptidases 
Enzimas 
luminais 
Enzimas da 
borda em 
escova 
Endopeptidase 
Digestão depende de: 
DIGESTÃO E ABSORÇÃO DE CARBOIDRATOS 
FONTES: 
Amido: principal 
Celulose: principal componente das fibras 
Glicogênio: amido animal ramificado 
Também: sacarose e lactose 
Digestão do amido - amilase salivar e 
amilase pancreática 
Boron, Boulpaep - Medical Physiology 
AÇÃO DAS ALFA-AMILASES (SALIVAR E/OU 
PANCREÁTICA) SOBRE O AMIDO OU GLICOGÊNIO 
alfa-amilase 
Parte da molécula 
de amido ou 
glicogênio 
maltose 
maltotriose 
 
alfa-limite dextrina 
Digestão no Intestino Delgado 
Maltose Glicose + Glicose 
Maltase 
Lactose Lactase Glicose + Galactose 
Sacarose Glicose + Frutose 
Sacarase 
Monossacarídeos 
Berne e Levy- Medical Physiology 
Digestão de Carboidratos 
glc-Na+ 
symport 
protein 
Transportador de Sódio-Glicose 1 (SGLT1) 
Mecanismo Básico de Absorção de Monossacarídeo 
Independente de insulina 
Abs max: 120g por hora (>3kg/dia) 
Mecanismo Básico de Absorção de Monossacarídeo 
Intolerância à Lactose 
** carboidratos são absorvidos exclusivamente como monossacarídeos ** 
Polissacarídeos (amido) 
 
 Amilase salivar 
 Amilase pancreática 
 
 
Dissacarídeos, trissacarídeos, alfa-dextrinas 
 
 Maltase (malt. 2 gluc.) 
 Lactase (lac. gluc + gal) 
 Sacarase (sacar. gluc + fruc) 
 Isomaltase (α-limit dextrinase) 
 
Monossacarídeos (glicose, galactose, frutose) 
enzimas secretadas 
enzimas borda em escova 
**** indução da expressão pelo substrato **** 
Resumo da digestão de Carboidratos 
FONTES: 
Proteínas exógenas: dieta 
Proteínas endógenas: secretadas, enzimas, de células 
descamadas, de bactérias presentes na luz do TGI. 
Nas fezes: proteínas originárias do cólon 
Pepsinas (estômago): hidrólise variável (~ 15%) 
 
Intestino delgado: grande capacidade de digestão 
 
 3 etapas: luminal 
 membrana 
 intracelular 
Digestão e absorção de Proteínas 
pepsina, tripsina, 
quimotripsina e elastase 
Aminopeptidases: de membrana 
Digestão de Proteínas 
Estômago – Pepsina (pH ácido) 
Fase gástrica 
Ativação da Pepsina 
Fase Intestinal 
Fase Intestinal 
Intestino Delgado – 
Lúmen (pH alcalino) 
22 
ENZIMAS DIGESTIVAS 
[PROTEASES/PEPTIDASES] 
Enzima Produção Local de ação Especificidade 
Pepsina Estômago Estômago Try, Phe, Trp, Leu 
Tripsina 
Pâncreas 
Lúmen 
Intestino Delgado 
Lis, Arg 
Quimiotripsina Tyr, Phe, Trp, Leu 
Carboxipeptidase A aa aromáticos/neutros 
Carboxipeptidase B aa básicos 
Elastase aa alifáticos/neutros 
Enteropeptidase Duodeno e jejuno Duodeno e jejuno - 
Aminopeptidase 
Enterócitos Borda em escova 
aa neutros 
Di e Tripeptidase - 
Dipeptil aminopeptidase - 
Aminopeptidases 
Digestão e Absorção de Proteínas 
Jejuno: 33-40% = aa livres 
 60-67% = peptídeos 
 (absorve a maior parte) 
Íleo: aa livres 
Absorção de Peptídeos 
1)Transporte paracelular 
2)Endocitose 
3)Via PepT 
 
S
A
N
G
U
E
 
TRIP 
BASOLATERAL 
LUMEN 
INTESTINAL 
DIP 
Hidrólise 
CIS 
ALA 
CÉLULA 
EPITELIAL 
Hidrólise 
GLN 
Transportador 
de 
aminoácidos 
PepT-1 
GLU 
GLI 
H+ 
H+ 
H+ NHE-3 
NHE-3 
ATPase 
ATPase 
Via PepT-1 
Adibi SA, 
2003. 
Co-transporte 
com H+ 
26 
Slide gentilmente cedido por Vinícius Cruzat 
Fig. 33-7 A wide variety of dipeptides and tripeptides is taken up across the brush border plasma membrane by a single type of H+-powered secondary 
active transport protein. The H+ gradient is created by Na+-H+ exchangers in the brush border membrane. In the epithelial cell cytosol, peptidases cleave 
most of the dipeptides and tripeptides to single amino acids, which leave the cell at the basolateral membrane by facilitated transport. Berne et al., 2004 
Digestão e absorção de polipeptídeos e 
aminoácidos (enterócitos) 
ABSORÇÃO DE GLICINA NAS FORMAS LIVRE E DE 
MONO, DI E TRIPEPTÍDEO 
A
b
s
o
rç
ã
o
 d
e
 G
li
 (
m
ic
ro
m
o
ls
/m
in
/3
0
 c
m
) 
Boron, Boulpaep - Medical Physiology 
Abraham – Histologia e Biologia Celular 
Endocitose 
Cascata de Ativação das Proteases 
Proteína 
Proteína Desnaturada 
Polipeptídeos 
Oligopeptídeos 
Aminoácidos 
receptor 
luminal 
Célula 
endócrina 
Intestinal 
CCK 
Enteropeptidase 
aa livres + 2-4 aa peptídeos 
Absorvidos via carreador no lúmen 
HCl Pepsina Pepsinogênio 
Mucosa Intestinal 
Tripsina 
Quimotripsina 
Elastase 
Carboxipep A&B 
Tripsinogenio 
Quimotripsinogenio 
Proelastase 
Procarboxipeptidase A&B 
Célula pancreática 
acinar 
Aminopeptidases Mucosa Intestinal 
Doença celíaca ou Intolerância ao Glúten 
Fragmento peptídico da 
gliadina derivado da 
proteína Glúten 
Normal Celíaco 
Rápido Aumento das 
concentrações de insulina 
no sangue; 
Principal 
estimuladora da 
síntese protéica 
Proteínas de rápida 
absorção; 
Rico em BCAA, 
principalmente a 
leucina; 
Aumentam 
rapidamente as 
concentrações de aa 
no sangue; 
Síntese de proteínas Diminuição do 
catabolismo muscular 
Hormônio 
anabólico; 
Whey protein 
Proteína 
isolada do 
soro do leite 
Haraguchi, 
Abreu & 
Paula, 2006 
Aumento de CCK 
Aumento da 
saciedade 
Trigliderídeo Éster de colesterol Fosfolipídeo 
Monoglicerídeo 
 2 Ácidos graxos 
Hidrolase de éster de 
glicerol (lipase) 
Colesterol éster hidrolase 
(colesterol esterase) 
Fosfolipase A2 
Colesterol 
1 Ácido graxo 
Lisolecitina 
1 Ácido graxo 
DIGESTÃO DE LIPÍDEOS 
São todos hidrofóbicos. E agora? 
região hidrofílica 
(POLAR) 
região hidrofóbica 
(APOLAR) 
GLÓBULO DE 
GORDURA 
MICELAS 
emulsificação 
COO- 
OH- OH- 
Sal Biliar 
Lecitina 
Papel da Bile 
Colipase: impede a 
inativação da lipase 
pelos sais biliares 
Destino dos produtos da hidrólise dos 
lipídeos nos enterócitos. 
Quilomícrons 
(60-750nm): 
Triglicerídeos (90%) 
Apolipoproteínas (A, B e C) 
Fosfolipídios 
colesterol 
• Capilar linfático entérico (conteúdo esbranquiçado) 
• Presença de grandes fenestrações 
Quilomícrons 
AG de cadeia curta 
glicerol 
Capilares Linfáticos 
(...) Conteúdo abdominal de coiote, sendo as linhas finas esbranquiçadas (setas) os ductos linfáticos preenchidos por 
quilomícrons sintetizados pelos enterócitos (intestino delgado). Quando grandes