A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
antropologia

Pré-visualização | Página 1 de 1

Existe na produção marxiana a compreensão de classe social a partir de dois conceitos: classe em si (burguesia), como sendo aquela que se alienou da relação com o todo social e o reconhecimento universal dos direitos de todos, e classe para si, numa referência à consciência de classes do proletariado quando se abre ao projeto socialista de uma sociedade igualitária e para todos.
Fonte: o autor. 
Num paralelo com o que argumentam Saviani e Duarte sobre educação e o processo de individualização, no livro-base Fundamentos Socioculturais da Educação, leia as sentenças a seguir, assinalando V para as afirmativas verdadeiras e F para as afirmativas falsas. 
I – ( ) A educação deveria possibilitar a apropriação da cultura na reafirmação daquilo que é verdadeiro e universal em termos de conhecimentos, costumes e saberes.
II – ( ) A cultura e a humanização dos indivíduos, só pode ser apropriada na forma de uma organização e sistematização dos conhecimentos por meio do currículo.
III – ( ) A educação tem o potencial de promover um processo de universalização da cultura e individualização desta na consciência dos indivíduos.
Assinale a sequência correta:
	
	A
	F – F – V
	
	B
	V – F – F
	
	C
	V – F – V
	
	D
	V – V – V
	
	E
	F – F – F
“Tratar da diversidade cultural, reconhecendo-a e valorizando-a, da superação das discriminações é atuar sobre um dos mecanismos de exclusão, tarefa necessária ainda que insuficiente, para caminhar na direção de uma sociedade mais plenamente democrática. É um imperativo do trabalho educativo, voltado para a cidadania uma vez que tanto a desvalorização cultural — traço bem característico de pais colonizado — quanto à discriminação são entraves à plenitude da cidadania para todos, portanto, para a própria nação”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação fundamental. Parâmetros curriculares nacionais, apresentação dos temas transversais e ética. v. 8, Brasília, DF: MEC/SEF, 1997. p. 21.
Sobre a pluralidade cultural nas escolas, de acordo com o livro-base Fundamentos Socioculturais da Educação, assinale a alternativa que expressa a visão defendida nos PCNs:
	
	A
	Os PCNs tomam a realidade brasileira como a expressão de uma democracia racial.
	
	B
	O espaço escolar se compõe de diferentes grupos e sujeitos em convivência.
	
	C
	A escola representa a expressão cultural de sua comunidade.
	
	D
	A educação escolar toma a diversidade cultural como um projeto utópico a ser construído principalmente pelas políticas públicas.
	
	E
	Os PCNs atribuem à escola o papel e a responsabilidade de construir estratégias de promoção do diálogo intercultural.
Muitos autores estudiosos da educação revisaram as ideias de Durkheim, criticando a sua aplicação e funcionalidade. Entre eles: Libâneo, que propõe um conceito ampliado de educação no qual vários fatores contribuem para a formação e amadurecimento dos indivíduos.
Fonte: o autor.
De acordo com as aulas e o livro-base Fundamentos Socioculturais da Educação, assinale a alternativa que apresenta corretamente os elementos da conceituação de Libâneo:
	
	A
	A educação é um processo dialético que acontece fora e dentro da escola envolvendo fatores como família, amigos, trabalho, igrejas, clubes, escola, internet.
	
	B
	Trata-se de um processo dual que congrega duas esferas, a escolar e a não escolar.
	
	C
	Na visão de Libâneo, a educação principal e a mais importante é aquela que ocorre fora da escola, pois tem relação com a vida e o universo das experiências humanas.
	
	D
	Libâneo concorda com Durkheim quando afirma que a escola é a guardiã da cultura e fornece as bases da integração social por meio de uma educação moral dos jovens.
	
	E
	Educação escolar e educação assistemática são equivalentes em termos de contribuição ao produto final do processo educativo que é a formação intelectual e operacional dos trabalhadores
“Somos igualmente diferentes e diferentemente iguais. O que significa dizer que enquanto seres humanos, somos herdeiros da diversidade cultural que abunda o planeta, contudo, apesar dessas diferenças, e das diferenças naturais em relação à condição física de cada um, existe uma igualdade intrínseca que nos define enquanto seres de uma mesma espécie”.
Fonte: o autor
Sobre a escola e o direito à igualdade e ao reconhecimento, considere o que traz o livro-base Fundamentos Socioculturais da Educação e assinale a alternativa correta.
	
	A
	Igualdade não significa um tratamento homogêneo por parte da escola em relação às diferenças entre os indivíduos, mas o acolhimento de cada um em sua singularidade.
	
	B
	Igualdade de tratamento supõe usar a mesma avaliação e os mesmos critérios para estabelecer quem é quem no ambiente escolar, só assim a escola consegue ser mais justa.
	
	C
	A escola só consegue promover a igualdade com o estabelecimento de regras de comportamento que todos possam cumprir e obedecer.
	
	D
	O ambiente escolar deve primar pelo tratamento formal e impessoal como regra geral de um relacionamento igualitário na comunidade escolar. Ninguém é melhor que ninguém.
	
	E
	Igualdade e justiça são dois conceitos estranhos à realidade educacional. O que importa é o mérito e o desempenho de cada um, não o lugar onde mora, o sobrenome de sua família ou a cor de sua pele.
“Conforme Freire (1995), uma relação pedagógica impositiva, autoritária que castra a curiosidade e nega o saber do educando, impondo um saber absoluto e indiscutível, que não abre espaço para o diálogo, para o debate, para o construir, por medo de perder a tão famosa disciplina" é antagônica à uma educação afetiva e dialógica que se compromete com a humanização dos sujeitos. Afetividade e dialogicidade só são significativas se estiverem entrelaçadas no processo de ensino-aprendizagem e envolverem todos os sujeitos, educadores e educandos, numa relação de reciprocidade”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: http://www.webartigos.com/artigos/a-relacao-professor-aluno-no-processo-de/73895/#ixzz3suoGZvMz>. Acesso em: 16 nov. 2015.
Em relação ao papel da educação e dos professores, assinale V para as afirmativas verdadeiras e F para as afirmativas falsas: 
( ) A educação é um artefato social, tipicamente humano por meio do qual a cultura acumulada é apresentada aos indivíduos.
( ) A educação progressista se distancia da educação tradicional, colocando como secundário o ensino da leitura, da escrita e das tecnologias matemáticas.
( ) Ao longo da história, a educação em sua organização recebeu influências do meio social, sendo, em certa medida, um reflexo das formas de vida social.
( ) O homem como ser genérico depende da educação e dos processos de socialização para efetivar sua humanidade em termos de aquisição de cultura, individualidade e sociabilidade.
Assinale a sequência correta:
	
	A
	F – F – F – V
	
	B
	V – F – V – F
	
	C
	V – V – V – V
	
	D
	V – F – V – V
	
	E
	F – F – V – F