A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Apol 1 direito tributário e cont.plan. tributário

Pré-visualização | Página 1 de 1

Questão 1/5 - Direito Tributário 
Nem mesmo o poder no Estado é absoluto, e qualquer que seja ele. As 
hipóteses de exercício desse poder estão todas na Constituição da 
República, tais como, quando e como o Poder Público pode tributar. O 
legislador da Carta Magna/88 quando entendeu que ali deveria inserir 
parâmetros que limitassem o poder de tributação do Estado, o fez, porque? 
Nota: 20.0 
 
A Para dar à sociedade de maneira geral uma segurança jurídica, buscando certa estabilidade nas relações 
Estado x Contribuinte. 
 
Você acertou! 
O legislador da Carta Magna/88 quando entendeu que ali deveria inserir parâmetros que limitassem o poder de 
tributação do Estado, o fez, principalmente para dar à sociedade de maneira geral uma segurança jurídica, buscando 
certa estabilidade nas relações Estado x Contribuinte. 
 
B Para dar ao Estado Poder superior ao Poder juridico. 
 
 
C Para dar ao Estado uma segurança juridica. 
 
 
D Para que os contribuintes não obedecessem as normas tributárias. 
 
Questão 2/5 - Contabilidade e Planejamento Tributário 
Princípios fundamentais de contabilidade são as regras adotadas pelos 
profissionais de contabilidade, dentro de um consenso geral, e que devem 
ser observadas na elaboração das demonstrações contábeis. 
Um dos princípios que devem ser observados no Brasil diz que as 
empresas são criadas para operarem indefinidamente. Essa premissa deve 
ser observada quando do registro e da avaliação das mutações 
patrimoniais, alterando-se esse princípio apenas se surgirem fortes 
evidências de descontinuidade. Assinale a alternativa que descreve o 
princípio descrito acima. 
 I) Princípio da entidade 
II) Princípio da continuidade 
III) Princípio da prudência ou do conservadorismo 
IV) Princípio da competência 
 
Nota: 20.0 
 
A Apenas a proposição IV está correta. 
 
B Apenas a proposição III está correta. 
 
C As proposições II e III estão corretas. 
 
D Apenas a proposição II está correta. 
Você acertou! 
Gabarito: Princípio da continuidade: as empresas são criadas para operarem indefinidamente. Essa premissa deve 
ser observada quando do registro e da avaliação das mutações patrimoniais, alterando-se esse princípio apenas se 
surgirem fortes evidências de descontinuidade. (Pág. 24) 
 
E Apenas a proposição I está correta. 
 
Questão 3/5 - Direito Tributário 
No campo tributário encontram-se na Constituição da República alguns 
princípios implícitos ou explícitos, que dão um adequado alicerce, 
mostrando-se como verdadeiro núcleo interpretativo para o estudo e 
percepção de todo o sistema tributário nacional. Assinale a alternativa 
que condiz com a seguinte: 
Art. “150 – Sem prejuízo de outras garantias asseguradas ao contribuinte, é 
vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios”: 
§ 1º - Sempre que possível, os impostos terão caráter pessoal e serão 
graduados segundo a capacidade econômica do contribuinte, 
facultado à administração tributária, especialmente para conferir 
efetividade a esses objetivos, identificar, respeitados os direitos 
individuais e nos termos da lei, o patrimônio, os rendimentos e as 
atividades econômicas do contribuinte. 
Nota: 20.0 
 
A Princípio da igualdade ou isonomia tributária 
 
B Princípio da anterioridade tributária 
 
C Princípio da capacidade contributiva 
Você acertou! 
Art. “150 – Sem prejuízo de outras garantias asseguradas ao contribuinte, é vedado à União, aos Estados, ao Distrito 
Federal e aos Municípios”: 
§ 1º - Sempre que possível, os impostos terão caráter pessoal e serão graduados segundo a capacidade econômica do 
contribuinte, facultado à administração tributária, especialmente para conferir efetividade a esses objetivos, 
identificar, respeitados os direitos individuais e nos termos da lei, o patrimônio, os rendimentos e as atividades 
econômicas do contribuinte. 
MATERIAL COMPLEMENTAR, GUIA DE ESTUDOS - DIREITO TRIBUTÁRIO, AULA 01 
 
D Princípio da estrita legalidade tributária 
 
E Princípio da irretroatividade tributária 
 
Questão 4/5 - Direito Tributário 
No campo tributário encontram-se na Constituição da República alguns 
princípios implícitos ou explícitos, que dão um adequado alicerce, 
mostrando-se como verdadeiro núcleo interpretativo para o estudo e 
percepção de todo o sistema tributário nacional. Assinale a alternativa 
que condiz com a seguinte: 
 
Art. “150 – Sem prejuízo de outras garantias asseguradas ao contribuinte, é 
vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios”: 
Inciso I – exigir ou aumentar tributos sem lei que o estabeleça. 
 
Nota: 20.0 
 
A Princípio da igualdade ou isonomia tributária 
 
B Princípio da anterioridade tributária 
 
C Princípio da capacidade contributiva 
 
D Princípio da estrita legalidade tributária 
Você acertou! 
O entendimento do princípio da legalidade tributária vai mais além do que a possibilidade de que nenhum tributo 
pode ser instituído ou majorado sem que seja através de lei, ou seja, somente é possível criar-se nova regra-matriz 
de incidência ou majorar-se a base de cálculo ou a alíquota através de lei regularmente instituída, da mesma 
maneira, ficam também adstritos à lei, os casos de diminuição ou redução da base de cálculo ou alíquota. 
MATERIAL COMPLEMENTAR, GUIA DE ESTUDOS - DIREITO TRIBUTÁRIO, AULA 01 
 
E Princípio da irretroatividade tributária 
 
Questão 5/5 - Direito Tributário 
No campo tributário encontram-se na Constituição da República alguns 
princípios implícitos ou explícitos, que dão um adequado alicerce, 
mostrando-se como verdadeiro núcleo interpretativo para o estudo e 
percepção de todo o sistema tributário nacional. Assinale a alternativa 
que condiz com a seguinte: 
Art. “150 – Sem prejuízo de outras garantias asseguradas ao contribuinte, é 
vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios”: 
Inciso II – instituir tratamento desigual entre contribuintes que se 
encontrem em situação equivalente, proibida qualquer distinção em 
razão de ocupação profissional ou função por eles exercida, 
independentemente da denominação jurídica dos rendimentos, títulos 
ou direitos. 
Nota: 20.0 
 
A Princípio da igualdade ou isonomia tributária 
Você acertou! 
Art. “150 – Sem prejuízo de outras garantias asseguradas ao contribuinte, é vedado à União, aos Estados, ao Distrito 
Federal e aos Municípios”: 
Inciso II – instituir tratamento desigual entre contribuintes que se encontrem em situação equivalente, proibida 
qualquer distinção em razão de ocupação profissional ou função por eles exercida, independentemente da 
denominação jurídica dos rendimentos, títulos ou direitos; Todos aqueles que se encontrem em equivalente situação 
econômica ou jurídica devem ter tratamento igualitário. 
MATERIAL COMPLEMENTAR, GUIA DE ESTUDOS - DIREITO TRIBUTÁRIO, AULA 01 
 
B Princípio da anterioridade tributária 
 
C Princípio da capacidade contributiva 
 
D Princípio da estrita legalidade tributária 
 
E Princípio da irretroatividade tributária