AS FONTES DO DIREITO
2 pág.

AS FONTES DO DIREITO


DisciplinaIntrodução ao Direito I92.992 materiais692.012 seguidores
Pré-visualização1 página
AS FONTES DO DIREITO 
Fonte Jurídica seria, assim, a origem primária do direito; o seu nascedouro.
Classificação
fontes materiais reais, de produção ou substanciais 
São as fontes primárias do direito, que apontam a origem do direito, fazendo referência a fatores éticos, sociológicos, históricos, políticos, etc., que produzem o direito, condicionam seu desenvolvimento e determinam o conteúdo das normas jurídicas.
São os fatores que criam o direito, dando origem aos dispositivos válidos, sendo assim, todas as autoridades, pessoas, grupos e situações que influenciam a criação do direito em determinada sociedade.
fontes formais De cognição ou conhecimento
Dá forma à norma jurídica; são os meios ou as formas pelas quais o direito positivo se apresenta.
São os meios ou formas (lei, costumes, jurisprudências, doutrina) pelos quais a matéria (econômica, moral, técnica), que não é jurídica, mas que necessita de disciplina jurídica, transforma-se em jurídica. São também chamadas fontes secundárias.
As fontes formais podem ser estatais ou não-estatais.
Estatais
As estatais são as que dependem da atividade legislativa do Estado: leis, decretos, regulamentos e jurisprudenciais (sentenças, precedentes judiciais, súmulas).
Não estatais
As não-estatais abrangem o direito consuetudinário (os costumes), o direito científico (doutrina) e as convenções em geral ou negócios jurídicos.
classificação
1ª- fontes estatais: lei, regulamento, decreto-lei, medida provisória;
2ª- fontes infra estatais: costumes, jurisprudências, doutrina;
3ª- fontes supra estatais: tratados internacionais, costumes internacionais
Hierarquia legislativa
1º - CONSTITUIÇÃO FEDERAL E LEIS CONSTITUCIONAIS (EMENDAS);
2º - LEIS COMPLEMENTARES;
3º- LEIS ORDINÁRIAS E TRATADOS INTERNACIONAIS INCORPORADOS AO DIREITO INTERNO. 
Aqui temos que as leis federais predominam sobre as estaduais que prevalecem sobre as municipais.
4º- COSTUME- DOUTRINA- JURISPRUDÊNCIA
5º- PRINCÍPIOS GERAIS DO DIREITO- quando inexistir norma a ser aplicada no caso concreto- em caso de lacuna.