6O   Custos de material
9 pág.

6O Custos de material

Disciplina:Qualidade na Construção Civil22 materiais92 seguidores
Pré-visualização1 página
FACULDADE MERIDIONAL - IMED

Professor: Me Engª Marinês Silvani Novello

Janeiro/2017

Curso de Engenharia Civil
Disciplina: Orçamento na Construção Civil

6 - Custos de material

6 – Custo de material

Cotação de insumos:

De posse da identificação dos materiais a serem empregados na obra,

passa-se à coleta de preços

Principais aspectos que influenciam no preço do insumo:

• Especificações técnicas;

• Unidade e embalagem;

• Quantidade;

• Prazo de entrega;

• Condições de pagamento;

• Validade da proposta;

• Local e condições de entrega: CIF ou FOB ou custos internacionais;

• Despesas complementares: frete, impostos, etc..

6 – Custo de material

Cotação de insumos:

FOB: comprador deve arcar com os custos do frete da fábrica até local

de destino

CIF: fornecedor é responsável em entregar o produto na obra.

INCOTERMS (International Commercial Terms - utilizadas quando

ocorre importação de materiais: EXW, FCA, FAS, CFR, CPT, CIP, DAF,

DES, DEQ, DDU, DDP.

Despesas como carreto, frete, seguro, impostos, despesas de

desembaraço aduaneiro, etc..

Precisam ser computadas para perfazer o custo total de aquisição do

bem.

6 – Custo de material

Diferencial de alíquota de ICMS:

Produto comprado em outro estado: recolher diferença de ICMS

(Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) entre os dois

estados.

Compara-se a alíquota interestadual com a interna e paga-se a

diferença.

IPI – Imposto sobre produtos industrializados:

Base de cálculo = valor do produto + frete + seguro + outras despesas

acessórios

Valor do IPI = Base de cálculo * ( Alíquota / 100)

Acessar tabela: Tipi (Tabela de incidência do Imposto sobre produtos
industrializados)

Acessar tabela de alíquotas e ICMS

6 – Custo de material

Diferencial de alíquota de ICMS:

6 – Custo de material

Diferencial de alíquota de IPI – Tabela TIP

6 – Custo de material

Comparação de cotações

Cotações de preços obtidas de dois fornecedores podem não estar numa

mesma base de informações, o que dificulta a comparação entre elas.

Exemplo

A cotação do fornecedor ABC é a única completa.

Para comparar:

CDE: completar com valor de instalação de ABC = R$ 4.000,00

EFG: completar com valor de instalaçãl de ABC + transporte de R$ 7500,00 –

cotado pelo orçamentista.

Item Fornecedor ABC Fornecedor CDE Fornecedor EFG

Fornecimento R$ 20.000,00 R$ 18.000,00 R$ 15.000,00

Instalação R$ 4.000,00 Não instala Não instala

Local de entrega Preço CIF Posto na obra Preço posto
metalúrgica

6 – Custo de material

Comparando..

Nem sempre o menor preço é o melhor preço...

Necessário avaliar:

• Idoneidade do fornecedor;

• Qualidade do material, condições de pagamento... Etc..

Item Fornecedor ABC Fornecedor CDE Fornecedor EFG

Fornecimento R$ 20.000,00 R$ 18.000,00 R$ 15.000,00

Instalação R$ 4.000,00 R$ 4.000,00 R$ 4.000,00

Transporte R$ 0 R$ 0 R$ 7.500,00

Melhor oferta é a do fornecedor CDE

6 – Custo de material

Comparando..

• Cotações de preços de um insumo muito próximas uns dos outros –

sinal de que a amostragem do mercado está boa;

• Cotações com preços muito diferentes entre si, cotar preços de mais

fornecedores.