Buscar

Apostila 01 2018.1 sa de Defini es b sicas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 6 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 6 páginas

Prévia do material em texto

DISCIPLINA: BIOESTATÍSTICA 
PROF.: MATOS
Apostila 01.										
DEFINIÇÕES BÁSICAS
Considerações Gerais : 
A utilização da Estatística é cada vez mais acentuada em qualquer atividade profissional da vida moderna. Nos seus mais diversificados ramos de atuação, as pessoas estão freqüentemente expostas à Estatística, utilizando-a com maior ou menor intensidade. Isto se deve às múltiplas aplicações que (o método estatístico proporciona àqueles que dele necessitem. Assim, sendo qualquer ciência experimental não pode prescindir das técnicas proporcionadas pela estatística, citando à guisa de exemplo: a Física, a Biologia, a Educação, a Administração de Empresas, a Economia, a Psicologia, e as demais áreas afim.
	Estatística é a ciência que estuda as técnicas necessárias para coletar , organizar, apresentar, analisar e interpretar dados, a fim de extrair informações e para a utilização dos mesmos na tomada de decisões.
	Quando falamos em pesquisa, estamos interessados em conhecer melhor determinados assuntos. Por exemplo, quando respondemos às perguntas de um questionário de uma revista, a editora deseja conhecer alguns aspectos dos leitores desta revista . Quando a pesquisa termina, o coordenador da pesquisa se vê com uma quantidade enorme de dados (respostas ) resultantes dos questionários. Para analisar esse conjunto de dados ele deve organizá-los racionalmente e apresenta-los de alguma forma clara e concisa, para facilitar a análise e poder tirar conclusões a respeito da pesquisa.
Estatística Descritiva e Estatística Indutiva:
	O esforço de qualquer pesquisa resulta inevitavelmente, em conjuntos de dados que quase sempre tomam a forma de números. E é quando pretendemos organizar ou interpretar este conjunto de dados de maneira eficaz, que nos servimos da estatística descritiva.
	Quando nos referirmos ao processo de generalização a partir de resultados particulares; estaremos utilizando a Estatística Indutiva, que consiste principalmente em obter e generalizar conclusões, ou seja, induzir propriedades para o todo com base na parte (particular), portanto:
	Estatística Descritiva é a parte da estatística que trabalha com a organização e apresentação dos dados.
	Estatística Indutiva é a parte da estatística que trabalha com a análise e interpretação dos dados parra a utilização dos mesmos na tomada de decisão.
Quando se pensa no termo estatística, o fazem no sentido das organização e descrição dos dados, desconhecendo que o aspecto mais importante da estatística é proporcionar métodos inferências, que permitam conclusões que transcendem os dados obtidos inicialmente.
	Assim com a análise e interpretação dos dados estatísticos tornam possível o diagnóstico de uma empresa, por exemplo uma escola, o conhecimento de seus problemas, condições de funcionamento, organização, desempenho, a formulação de soluções apropriadas e um planejamento objetivo de ação.
População , Amostra , Variáveis:
População: é o conjunto da totalidade dos indivíduos ou objetos sobre o qual se faz um estudo . Congrega todas as observações relevantes, para o estudo de uma ou mais características dos indivíduos. É o conjunto constituído por todos os indivíduos ou objetos que apresentem pelo menos uma característica comum, cujo comportamento interessa analisar.
Amostra: pode ser definida como um subconjunto, uma parte selecionada da totalidade de observações abrangidas pela população, que deve ser extraída utilizando métodos adequados (técnica de amostragem), através da qual se faz um juízo ou inferência sobre as características da população. 
Suponha que estamos interessados em estudar a altura dos alunos de uma sala de aula. Para conhecermos essa característica, devemos medir a altura dos alunos. Essas informações obtidas são chamadas de dados. Neste caso, os dados são numéricos: 1,66m, 1,98m, 1,57m, 1,75m, etc.
	Como o interesse abrange somente uma determinada sala de aula, todos os alunos dessa sala formam a população da pesquisa. Qualquer parte dessa população forma uma amostra. Por exemplo, se a sala e composta por 50 alunos, todos os 50 alunos formam a população. Se coletarmos informações de apenas 10 alunos, esses 10 alunos formam uma amostra.
	É importante saber que, em Estatística, o tremo população não significa necessariamente um conjunto de pessoas, mas pode referir-se a conjuntos de quaisquer tipos de objetos ou itens, como carros, livros, carteiras, computadores, etc. 
	As informações obtidas sobre toda a população são chamadas dados populacionais e sobre uma amostra são chamados dados amostrais.
	Variáveis: Característica dos elementos de uma população ou de uma amostra, de interesse de estudo.
	As variáveis podem se classificar em variáveis qualitativas e variáveis quantitativas.
	Variável Qualitativa – tipo de variável que não pode ser numericamente medida. Exemplo: cor de cabelos, marca de refrigerante, conceitos, etc.
	As variáveis qualitativas, podem ser classificadas em ordinais e nominais .
	Uma variável qualitativa é dita ordinal, quando os elementos desta variável têm relação de ordem entre eles. Exemplos: colocação, classes sociais, conceitos, etc.
	Uma variável qualitativa é dita nominal , quando os elementos desta variável são identificados pelo nome. Exemplos: cor dos olhos, marcas de carros, sexo, etc.
	Variável Quantitativa – tipo de variável que pode ser medida numericamente. Exemplo: peso, altura, número de faltas de um aluno, etc.
	As variáveis quantitativas, por sua vez, podem ser classificadas em variáveis discretas e variáveis contínuas.
	Variável discreta: tipo de variável que não admite fração. Exemplo: número de faltas de um aluno, número de filhos de um casal, etc.
	Variável contínua: tipo de variável que admite infinitos valores dentro de um intervalo. Exemplo: alturas de pessoas, peso de alunos, salário de professores, etc.
Instrumental Matemático:
Critérios de arredondamento numérico:
	O arredondamento de um dado estatístico deve obedecer a algumas regras, de acordo com a resolução 886/66 da fundação IBGE:
Se o primeiro dígito a ser abandonado for 0,1,2,3,4; o número a permanecer não sofrerá alteração. 
Exemplo:
54,346 (arredondando para decimal) passa para 54,3.
234,620 (arredondando para decimal) passa para 234,6.
3,333.. (arredondando para decimal) passa para 3,3.
Se o primeiro dígito a ser abandonado for 6,7,8,9; o número a permanecer sofrerá acréscimo de uma unidade.
Exemplo: 
42,687 (arredondando para decimal) passa para 42,7
20,999	(arredondando para decimal) passa para 21,0
7,379 	(arredondando para decimal) passa para 7,4	
Se o primeiro dígito a ser abandonado for 5 há duas soluções:
Se além do 5 tiver outros algarismos significativos, acressenta-se uma unidade ao útimo algarismo a permanecer. 
Se o 5 for o único algarismo a ser abandonado, deverá observar o algarismo que antecede, se ele for par ficará inalterado, caso contrário acrescenta-se uma unidade.
Exemplo: 
47,64534 	(arredondando para centesimal) passa para 47,65
		125,24500 	(arredondando para centesimal) passa para 125,24
		23,955 	(arredondando para centesimal) passa para 23,96.
Somatório :
Considerando a série xi = x1 , x2 , ... , xn, para indicarmos a soma dos valores xi de uma variável x, lançamos mão do símbolo ( (letra grega, maiúscula: sigma), denominado em matemática, somatório .
	Assim, a soma xi = x1 + x2 + ... + xn pode ser representada por: (xi = x1 + x2 + ... + xn
Exercício 01.
Classifique as variáveis em quantitativas ou qualitativas, se quantitativa identifique se é discreta ou contínua, se qualitativa identifique se é ordinal ou nominal.
Peso (kg) : ______________________/______________________.
Cor dos cabelos: ______________________/______________________.
Altura (m): ______________________/__________________________.Sexo:	 ______________________/___________________________.
Número de irmãos: _____________________/_______________________.
Religião: _____________________/_______________________.
Grau de instrução: _____________________/________________________.
Temperatura ºC de um paciente: _________________/_________________.
Salário de um funcionário: __________________/_____________________.
Idade em anos: _____________________/______________________.
Arredondar os seguintes números, de acordo com a precisão solicitada.
�
5,333... (p/ inteiro) =	
23,7865 (p/ decimal) =	 
43,75 (p/ 0,1) =
123,34567 (p/ 0,01) =
19,9999 (p/ 0,1) =
42,5 (p/ inteiro) =
3,6339 (p/ 0,01) =
23,397 (p/ decimal) =
2,625 (p/ centesimal) =
 =
�
Complete a coluna mantendo seus valores relativos com precisão decimal (0,1)
Níveis de satisfação do atendimento prestado pela 
Clínica de Alfa, janeiro 2015.
	Conceitos
	Nº de pacientes
	%
	Excelente
	260
	
	Bom
	210
	
	Regular
	91
	
	Péssimo
	39
	
	Total
	600
	
Fonte: Setor de atendimento.�
�
Prof. Matos
�PAGE �
�PAGE �5�
Prof. Matos