A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
28 pág.
APS   2º período

Pré-visualização | Página 6 de 6

sendo que 1750 reais, custa o preso e a manutenção do presídio, e o restante do valor vai para à empresa privada. 
Contrários
A aposta no modelo privado de vigilância penitenciária seria mais uma fuga das responsabilidades, porque o Estado já se afastou o bastante nas outras áreas como saúde, educação, segurança pública e isso, só seria mais uma responsabilidade a menos.
Segurança interna para os críticos seria um problema, pois eles teriam que registrar desvio do comportamento dos capazes de ampliar o tempo de pena, tarefa que é considerada imprópria para um trabalhador privado.
O ideal seriam presídios menores e descentralizados, porém, este modelo não interessa à iniciativa privada que necessita de grandes presídios para obter um lucro que justifique o investimento.
Favoráveis
 1. A iniciativa privada tem capacidade de fazer grandes investimentos em curto espaço de tempo, sem depender de processos burocráticos e decisões políticas.
 2. Serviços de manutenção, eventuais reformas e outras melhorias poderiam ser feitas a qualquer momento, com maior agilidade.
 3. Sob responsabilidade da iniciativa privada, o governo não teria de arcar com gastos com as pessoas atuam nos estabelecimentos. Não teria que arcar as aposentadorias dos agentes penitenciários.