preparação de oxido cuproso
4 pág.

preparação de oxido cuproso


DisciplinaQuímica Inorgânica I4.478 materiais39.658 seguidores
Pré-visualização1 página
UNIVERSIDADE ESTADUAL DE GOIÁS
CAMPUS ANÁPOLIS DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS HENRIQUE SANTILLO.
Autores
Daniel Matheus de oliveira
Guilherme Augusto terra soares 
Yuri Lucas coelho 
Preparação do oxido cuproso
Resumo
O cobre e um metal de transição, que apresenta uma alta condutibilidade elétrica. Ele pode ser encontrado em diversos minerais. Na maioria de seus compostos apresenta estados de oxidação baixos. Exposto ao ar, a coloração vermelho salmão se torna vermelho vileta. Na cor avermelhada, utilizado para colorir vidros.
Foi preparado uma solução de sulfito de sódio, com cloreto de sódio em água, ao aquecermos até a ebulição, foi adicionado à essa solução fervente sulfato de cobre. Ao ser observado a formação de um precipitado esverdeado, foi deixada em repouso. E em seguida transferida para um funil de decantação e derramada sobre uma solução fervente feita com bórax em água. Assim que a solução entrou em ebulição, deixamos a ferver por 30 minutos, e o precipitado coletado e lavado. 
Esta reação denota ser uma oxi-redução do sulfito de cobre e redução do cobre no sulfato de cobre. 
Foi misturado a esse sistema, uma solução de bórax em água fervente, sobrando uma pequena quantidade de CuCl.
Após o termino, o processo teve um rendimento de 27%.
Palavra- chaves : sulfato; solução; cobre 
Introdução
O cobre é um metal de transição avermelhado, que apresenta alta condutibilidade elétrica e térmica, só superada pela da prata. Ele pode ser encontrado em diversos minerais e pode ser encontrado nativo, na forma metálica, em alguns lugares. Na maioria de seus compostos apresenta estados de oxidação baixos, sendo o mais comum o +2, ainda que existam alguns com estado de oxidação +1. Exposto ao ar, a coloração vermelho salmão inicial torna-se vermelho violeta devido à formação do óxido cuproso (Cu2O) para enegrecer-se posteriormente devido à formação do óxido cúprico(CuO). Os compostos cuprosos formados são o óxido cuproso (na cor avermelhada, utilizado para colorir vidros), CuCl,CuO e o CuSO4.
(http://www.serralheriasp.com.br/Cobre.html)
Materiais e métodos 
Em um béquer de 250 ml, foi colocada uma solução com 3,06 gramas de sulfito de sódio e após isso 2,50 gramas de cloreto de sódio dissolvido em 20 mL de água (Solução A).
Aqueceu-se essa solução até a ebulição em uma chapa elétrica, foi adicionado à essa solução fervente 12,5 mL de sulfato de cobre (0,4 mol L-1) (Solução B). Ao observar a formação de um precipitado esverdeado a solução foi deixada em repouso para esfriar. 
 Após o resfriamento foi transferida para um funil de decantação e derramada vagarosamente com agitação constante, sobre uma solução fervente feita com 5,00 gramas de bórax dissolvida em 100 ml de água.
 Assim que a solução entrou em ebulição, foi esperado a solução ferver por um período de 30 minutos, e foi filtrado logo em seguida, lavando então com água gelada e em seguida com etanol. Colocando então o precipitado e papel filtro em um vidro relógio e transportando-o para a estufa por 5 minutos e por final pesando. 
Resultados e discussões 
Solução A + Solução B \u2192 Solução C
Na2SO3(aq) + 2NaCl(aq) + 2CuSO4(aq) \u2192 2CuCl(aq) + 2Na2SO4(aq)
Esta reação denota ser uma oxi-redução, onde há oxidação no enxofre do íon sulfito do sulfito de sódio e redução do cobre presente no sulfato de cobre. O nox do enxofre oxidou de 4+ para 6+ e o nox do cobre reduziu de 2+ para 1+. Obteve formação de pequena quantidade de um fino precipitado esverdeado (cloreto de cobre), pois a solução estava diluída (SHRIVER & ATKINS, 2008).
Solução C + Solução fervente de bórax \u2192 Solução de óxido cuproso
2CuCl(aq) + 2Na2SO4(aq) + Na2B4O7(aq) \u2192 Cu2O(aq) + 4H3BO3(aq) + 2NaCl(aq) + 2Na2SO4(aq)
Foi misturado a solução C com a solução fervente de Bórax sobrando assim uma pequena quantidade de CuCl (Cloreto de cobre) no béquer da solução C, tendo influencia no rendimento experimental. Pesou-se o oxido de cobre ate que a variação de massa entre pesagem fosse menor do que 1%.
Neste experimento utilizou-se um excesso de água, cerca de 5 mL. O rendimento médio obtido foi de 27% (1 experiencia, media 27,6%, desvio padrão ±6,9).
Conclusão
	Após o termino de todos os passos, foi observado a formação de oxido cuproso, com um rendimento de 27%, em relação a 0,1g de produto final.
Referencias
 Duward F. Shriver ... [et al.]. Química inorgânica : 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2008. p.535
<http://educa.fc.up.pt/ficheiros/fichas/1204/Ciclo_cobre_intro.pdf> .Acesso em 26/03/2018.