A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
42 pág.
Apostila Desenho Técnico - Plano

Pré-visualização | Página 1 de 4

042
Notas de Aula de Geometria Descritiva
Luiz Fernando Reis
UFV - CCE - Departamento de Arquitetura e Urbanismo
Setor de Representação Gráfica e Tecnologia
Anotações
1
2
B’
B
A’
A
C’
C
A’
A
r’
r
Capítulo 4 - Estudo do Plano
Definição de Plano
Figura 1
Figura 2
Um plano pode ser definido:
a) por três pontos não colineares,
conforme mostra a ;
b) por um ponto e uma reta que
não contenha este ponto, conforme mostra
a .
043
Notas de Aula de Geometria Descritiva
Luiz Fernando Reis
UFV - CCE - Departamento de Arquitetura e Urbanismo
Setor de Representação Gráfica e Tecnologia
Anotações
1
2
A’
A
r’
r
s’
s
r’
s
s’
r
Capítulo 4 - Estudo do Plano
Definição de Plano
Figura 1
Figura 2
Ainda,um plano pode ser definido:
c) por duas retas concorrentes,
conforme mostra a ;
d) por duas retas paralelas,
conforme mostra a .
044
Notas de Aula de Geometria Descritiva
Luiz Fernando Reis
UFV - CCE - Departamento de Arquitetura e Urbanismo
Setor de Representação Gráfica e Tecnologia
Anotações
1
Capítulo 4 - Estudo do Plano
Traços do Plano
Figura 1
Figura 2
Figura 3
É a interseção do plano com os planos de
projeções.
’ é a interseção de com ’;
é a interseção de com .
Um plano pode possuir um ou dois traços.
Se possui dois traços ele podem ser
oblíquos à linha de terra, conforme mostra a
, onde ’e são oblíquos à linha
de terra e se interceptam no ponto (T). A
definição destes traços, por coordenadas,
será feita a partir do ponto de concurso dos
dois traços na linha de terra e o ângulo que
cada destes traços faz com a referida linha,
medidos segundo as convenções
trigonométricas.
Para um plano que possui dois traços se
interceptando na linha de terra, um desses
traços poderá ser perpendicular a esta
linha, como será visto adiante.
Os traços de um plano também poder ser
paralelos à linha de terra conforme
apresentado na . A definição dos
traços, por coordenadas, será feita através
do afastamento do traço horizontal e da
cota do traço vertical. Os traços poderão,
também, ser coincidentes com a linha de
terra.
A mostra uma terceira
possibilidade onde o plano apresenta
apenas um traço. Isto ocorre quando o
plano é ortogonal a um dos planos de
projeções. Neste caso ele será,
obrigatoriamente, paralelo ao outro plano.
A definição do traço, neste caso, obedecerá
o mesmo critério do caso anterior.
�� �
�� �
�� ��
�
�
32
��
y
��
��’
z
y
��
T T’
��’
0453
Notas de Aula de Geometria Descritiva
Luiz Fernando Reis
UFV - CCE - Departamento de Arquitetura e Urbanismo
Setor de Representação Gráfica e Tecnologia
Anotações
21
��’
��
��
y
��’
z
Capítulo 4 - Estudo do Plano
Classificação dos Planos
Figura 1 - Plano Horizontal
Figura 2 - Plano Frontal
Figura 3 - Plano de Topo
Os planos são classificados segundo a sua posição em relação aos planos de
projeções e aos planos bissetores.
É o plano paralelo ao plano horizontal de projeções. Em épura seu único traço
(vertical), é paralelo à linha de terra
É plano paralelo ao plano vertical de projeções. Em épura seu único traço
(horizontal), é paralelo à linha de terra
É o plano perpendicular ao plano vertical de projeções e oblíquo ao plano
horizontal de projeções. Em épura, seu traço horizontal é perpendicular à linha
de terra e o traço vertical é oblíquo a esta linha.
0463
Notas de Aula de Geometria Descritiva
Luiz Fernando Reis
UFV - CCE - Departamento de Arquitetura e Urbanismo
Setor de Representação Gráfica e Tecnologia
Anotações
21
��’
��
��’
��
M’
M’
����
Capítulo 4 - Estudo do Plano
Classificação dos Planos
Figura 1 - Plano Vertical
Figura 2 - Plano Paralelo à Linha de Terra
Figura 3 - Plano que contem a Linha de Terra
É o plano perpendicular ao plano horizontal de projeções e oblíquo ao plano
vertical de projeções. Em épura seu traço vertical é perpendicular à linha de
terra e o traço horizontal é oblíquo a esta linha.
É o plano paralelo à linha de terra e oblíquo aos dois planos de projeções.
Em épura seus dois traços são paralelos à linha de terra.
Plano que contem a linha de terra é oblíquo aos dois planos de projeções.
Para a definição dos traços (coincidentes com a linha de terra), é necessário
a definição de um ponto do plano que não pertença à linha de terra.
0473
Notas de Aula de Geometria Descritiva
Luiz Fernando Reis
UFV - CCE - Departamento de Arquitetura e Urbanismo
Setor de Representação Gráfica e Tecnologia
Anotações
21
��� �’
����
�
�
��’
��
��’ ��
Capítulo 4 - Estudo do Plano
Classificação dos Planos
Figura 1 - Plano de Perfil
Figura 2 - Plano Perpendicular ao Bissetor Ímpar
simétricos
Figura 3 - Plano Perpendicular ao Bissetor Par
É o plano ortogonal aos dois planos de projeções . Em épura seus traços são
perpendiculares à linha de terra e coincidentes
É um plano oblíquo aos dois planos de projeções e à linha de terra, porém
perpendicular ao ( i). Tem como característica os traços oblíquos à linha de
terra e à esta linha.
É um plano oblíquo aos dois planos de projeções e à linha de terra, porém
perpendicular ao ( p Tem como característica os traços oblíquos à linha de
terra e coincidentes.
�
� ��
0483
Notas de Aula de Geometria Descritiva
Luiz Fernando Reis
UFV - CCE - Departamento de Arquitetura e Urbanismo
Setor de Representação Gráfica e Tecnologia
Anotações
21
��’
��
��
T T’
��’
��’ �� Capítulo 4 - Estudo do Plano
Classificação dos Planos
Figura 1 - Plano Paralelo ao Bissetor Par
Figura 2 - Plano Paralelo ao Bissetor
Ímpar
Figura 3 - Plano Qualquer
É um plano paralelo à linha de terra com
esta característica específica . Em épura
seus traços são paralelos e simétricos à
linha de terra.
É um plano paralelo à linha de terra com
esta característica específica . Em épura
seus traços são paralelos e coincidentes.
É um plano oblíquo aos dois planos de
projeções e à linha de terra. Tem como
característica os traços oblíquos à linha de
terra.
O plano Qualquer não possui nenhuma
propriedade específica.
0492
Notas de Aula de Geometria Descritiva
Luiz Fernando Reis
UFV - CCE - Departamento de Arquitetura e Urbanismo
Setor de Representação Gráfica e Tecnologia
Anotações
1
��
T T’
��’
V’
V
H
H’
��
T T’
��’
V
V’
r’
r
Capítulo 4 - Estudo do Plano
Pertinência entre reta e Plano
Figuras 1 e 2- O plano é dado pelos
traços
Uma reta pertence a um plano quando os
traços desta reta estão sobre os traços de
mesmo nome do plano e, reciprocamente,
se os traços de uma reta estão sobre os
traços de mesmo nome de um plano, então
esta reta pertence ao plano..
050
Notas de Aula de Geometria Descritiva
Luiz Fernando Reis
UFV - CCE - Departamento de Arquitetura e Urbanismo
Setor de Representação Gráfica e Tecnologia
Anotações
2
Capítulo 4 - Estudo do Plano
Pertinência entre reta e Plano
Figuras 1 e 2- O plano é definido por
duas retas, concorrentes ou paralelas
Neste caso, uma reta pertence a um plano
quando possuir pelo menos dois pontos
distintos sobre duas retas deste plano. Is to
significa que esta reta deve estar apoiada
em duas retas distinstas do plano, em
pontos distintos.
Ainda, uma reta pertence a um plano
quando apoiar-se em uma reta do plano e
for paralela a outra reta que pertença a
este plano.
1
A’
C’
B’
t’
s’
r’
B
A
C
s
t
r
A’
B’
s’
t’ r’
t
s
r
B
A
0513
Notas de Aula de Geometria Descritiva
Luiz Fernando Reis
UFV - CCE - Departamento de Arquitetura e Urbanismo
Setor de Representação Gráfica e Tecnologia
Anotações
21

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.