A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
15 pág.
AULA 1   DETALHAMENTO DA ARMADURA LONGITUDINAL (FLEXÃO) NA SEÇÃO TRANSVERSAL

Pré-visualização | Página 1 de 1

ESTRUTURAS DE 
CONCRETO ARMADO II
1 – Detalhamento da armadura longitudinal (flexão) 
na seção transversal
INTRODUÇÃO
Para efetuar o detalhamento da armadura na seção
transversal é preciso, primeiramete, escolher, a partir
da área de aço calculada, a quantidade de barras
longitudinais necessárias em função da área da seção
transversal de uma barra.
ARMADURA LONGITUDINAL 
MÍNIMA E MÁXIMA
Armadura mínima
Armadura capaz de cobrir o momento fletor mínimo
e atender as taxas mínimas de armadura.
EXERCÍCIOS
Dadas as seções transversais abaixo, calcular qual a
armadura mínima necessária para as vigas:
Dados: C25, CA-50
a) seção 20x30
b) seção 20x40
c) seção 20x50
Dimensões em cm.
Armadura máxima
A soma das armaduras mínimas de tração e
compressão não deve ter valor maior que 4% da área
de concreto da seção.
ARMADURA DE PELE
A função dessa armadura é, principalmente,
minimizar os problemas decorrentes da fissuração,
retração e variação de temperatura. Serve também
para diminuir a abertura de fissuras de flexão na
alma das vigas.
Ac,alma – área da seção transversal da alma
Em vigas que tenham altura igual ou inferior a 60 cm,
não é necessária a colocação dessas armaduras.
ESPAÇAMENTO ENTRE AS BARRAS
nb = (bs+ah) / (fi,long+ah)
bs = bw – 2 (Cnom + fi,est)
bs: largura disponível para alojamento das barras;
Cnom: cobrimento nominal;
fi,est: diâmetro do estribo;
fi,long: diâmetro adotado para barras longitudinais;
bw: base da viga;
nb: número de barras por camada.
PROTEÇÃO E COBRIMENTO
EXERCÍCIOS
Após calculada a área de aço necessária, fazer o
detalhamento transversal.
Considere: cnom = 2,5 cm, fi,est = 5 mm e fi,ag.max =
19mm