A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
174 pág.
Conceitos básicos de vazão

Pré-visualização | Página 2 de 8

INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
A pressão de entrada no extrator (EFY), é linearmente 
proporcional ao P, e a pressão de saída do extrator (SFY) 
é linearmente proporcional à vazão Q.
"Q" 
(%) 
"SFY" 
(psi) 
"EFY" 
(psi) 
p 
(%) 
100 15 15 100 
50 9 6 25 
0 3 3 0 
MALHA PARA MEDIÇÃO DE VAZÃO COM EXTRATOR DE RAIZ 
QUADRADA
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
COMPENSAÇÃO DE PRESSÃO E TEMPERATURA
Quando se medem gases e vapores, a densidade do fluído 
variará dependendo da pressão e da temperatura. Por isso, 
é preciso efetuar a correção com compensação para essa 
variação. 
Q = K x (PA. P)/TA
Onde:
Q = vazão, em Nm3/h
K = constante
PA = pressão de trabalho absoluta, bar
TA = temperatura de trabalho absoluta, Kelvin
P= pressão diferencial, bar
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
COMPENSAÇÃO DE PRESSÃO E TEMPERATURA
TRANSMISSOR MULTI 
VARIÁVEL
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
MALHA ANTIGA DE COMPENSAÇÃO
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
MALHA NOVA DE COMPENSAÇÃO
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
PLACA DE ORIFÍCIO
Fabricadas com aço inox, monel, latão etc., dependendo do fluido. 
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
D – diâmetro interno da 
tubulação
d – diâmetro do orifício
DP – diferença de 
pressão a montante e a 
jusante
1” – espessura do 
flange
300 LBS – pressão 
máxima
AISI-316 – tipo de 
material
PLACA DE ORIFÍCIO
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
Líquidos, gases e vapor que 
não contenham sólidos em 
suspensão.
Fluído com sólidos 
em suspensão, os quais 
possam ser retidos e 
acumulados na base da 
placa
Fluídos laminados e 
com alta porcentagem de 
sólidos em suspensão.
PLACA DE ORIFÍCIO
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
BORDO QUADRADO
Usado em tubulações normalmente 
maiores que 6"
BORDO ARRENDONDADO
Usado em fluídos altamente 
viscosos
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
BORDO COM ENTRADA CÔNICA
Uso geral
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
TOMADA EM FLANGES
Distância da tomada à face montante (alta pressão) K1 = 1”
Distância da tomada à face jusante (baixa pressão) K2 = 1”
Os furos das tomadas são feitos no próprio flange
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
INSTALAÇÃO DAS TOMADAS EM FLANGES
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
TOMADA À D E 1/2D
Distância da tomada à face montante K1 = 1D
Distância da tomada à face jusante K2 = 1/2D
onde D é o diâmetro interno da tubulação
Usada em tubulações de 2” a 30”
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
TOMADA À D E 1/2D
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
TOMADAS DE VENA CONTRACTA
Distância da tomada à face montante K1 = ½ a 2D (em geral 1D)
Distância da tomada à face jusante K2 = ponto de pressão mínima
onde D é o diâmetro interno da tubulação
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
TOMADAS DE CANTO
São construídas no próprio flange e seu uso principal é em 
tubulações menores que 2", tendo como desvantagem a 
grande possibilidade de entupimento. 
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
TOMADAS a 2 1/2 D e 8D
Distância da tomada à face montante K1 = 2½ D 
Distância da tomada à face jusante K2 = 8D
onde D é o diâmetro interno da tubulação
Possui o menor diferencial de pressão entre tomadas e perdem
muita pressão devido a rugosidade do tubo.
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
INSTALAÇÀO DAS TOMADAS a 2 1/2 D e 8D PARA 
VAZÃO DE ÁGUA
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
ORIFÍCIO INTEGRAL
Quando a tubulação for de pequeno diâmetro, menor 
que 2”, fica impossível de se utilizar placa de orifício, 
neste caso a saída é a utilização de orifício 
menores, chamado de orifício integral. 
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
ORIFÍCIO INTEGRAL
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
DADOS DA PLANTA PILOTO
FLUIDO: ÁGUA
ESTADO LÍQUIDO
DIÂMETRO DA TUBULAÇÃO: ¾” SCH. 40 → TABELA = 20,9 mm
VAZÃO MÁXIMA: 2070 l/h = 2,07 m3/h
TEMPERATURA DE OPERAÇÃO: 25 OC
MASSA ESPECÍFICA DE OPERAÇÃO: 1000 kg/m3
VISCOSIDADE: 1,00
PRESSÃO MANOMÉTRICA A MONTANTE: 1,5 kgf/cm2
PERDA DE CARGA NA PLACA: 2400 mmH2O = 2400 mmCA
MATERIAL DA PLACA: AÇO INOX 316
TIPOS DE TOMADAS: NA FLANGE
Utilizando o programa demonstrativo SSD Cálculo de Orifício 
(http://www.ssd.com.br/orificio/), pode-se obter o valor do diâmetro do 
orifício.
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição de Vazão
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL - http://paginapessoal.utfpr.edu.br/camaral
Resultado:
Beta = d/D
Onde: 
D – diâmetro interno da tubulação
d – diâmetro do orifício
Do programa: Beta = 0,60615
d = Beta x D = 0,60615 x 20,9 = 12,6685
Então: DIÂMETRO DO ORIFÍCIO INTEGRAL = 12,6685 mm
Verificar na placa de orifício da Planta PD3 o valor de 
d (diâmetro do orifício)
MEDIÇÃO VOLUMETRICO POR PRESSAO 
DIFERENCIAL – Placa de Orifício
Medição