A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
145 pág.
Apostila Mercado de Capitais 2018

Pré-visualização | Página 3 de 49

MONETÁRIO NACIONAL - CMN
2.1 - Composição:
É o órgão colegiado de cúpula do Sistema Financeiro Nacional. É integrado pelos seguintes membros:
I - Ministro de Estado da Fazenda, na qualidade de Presidente;
II - Ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão
III - Presidente do Banco Central do Brasil; 
�
2.2 - Atribuições:
a) Formular a política da moeda e do crédito, objetivando o progresso econômico e social do país;
b) ajustar os meios de pagamento às necessidades de nossa economia;
c) estabelecer o equilíbrio do balanço de pagamentos, regulando o valor externo de nossa moeda;
c) regular o valor interno da moeda;
d) criar orientação adequada para que a aplicação dos recursos de or​dem pública ou privada sirva de estímulo para o nosso desenvolvimento econômico;
�
e) regular o valor externo da moeda, e o equilíbrio do balanço de pagamentos do Pais;
 f) zelar pela liquidez e pelo equilíbrio financeiro das instituições finan​ceiras;
f) autorizar as emissões de valores previstas na legislação.
g) coordenar as políticas monetária, creditícia, orçamentária, fiscal e da dívida pública interna e externa;
h) estabelecer, para fins de política monetária e cambial, as condições específicas para a negociação de contratos derivativos, estabelecendo limites, compulsórios e definindo as próprias características dos contratos existentes e criando novos (Lei 12.543/11; e
i) estabelecer metas de inflação.
2.3 - Objetivos:
A partir dessas funções básicas, o CMN fica responsável por todo um conjunto de atribuições específicas, tais como:
I . regular o equilíbrio do balanço de pagamentos do país;
II. propiciar o aperfeiçoamento das instituições e dos instrumentos financeiros;
III. coordenar as políticas monetárias, creditícia, orçamentária fiscal e da dívida pública interna e externa;
IV. aprovar os orçamentos monetários preparados pelo BACEN
V . fixar diretrizes e normas da política cambial;
VI. disciplinar o crédito em suas modalidades e as formas das operações creditícias;
VII. estabelecer limites ´para a remuneração das operações e serviços bancários ou financeiros;
VIII.determinar as taxas do recolhimento compulsório das instituições financeiras;
IX . regulamentar as operações de empréstimos de liquidez;
X. outorgar ao BACEN o monopólio de operações de câmbio quando o balanço pagamento o exigir;
XI. estabelecer normas a serem seguidas pelo BACEN nas transações com títulos públicos;
XII .regular a constituição, o funcionamento e a fiscalização de todas as instituições financeiras que operam no País;
XIII .autorizar a emissão de papel-moeda;
XIV.fixar diretrizes e normas de política cambial; 
XV .expedir normas gerais de contabilidade e estatística; 
XVI.disciplinar as atividades das Bolsas de Valores;
XVII.aprovar as contas do Banco Central.
�
(FONTE – Mercado Financeiro: produtos e serviços/ Eduardo Fortuna – 19ª.ed.qualitymark -2014 com adaptações feitas pelo autor).).
3 - BANCO CENTRAL DO BRASIL - BACEN
3.1 - Conceito:
É um órgão intermediário entre o CMN e as demais instituições financeiras de nosso país, cuja finalidade é executar e fiscalizar o cumprimento de todas as normas criadas pelo CMN.
O governo dotou o Banco Central do Brasil de recursos próprios e seu patrimônio beneficia-se de juros de redesconto, de operações de câmbio, de compra e de venda de ouro, além das taxas de fiscalização e das multas que aplica.
Vinculado ao Ministro da Fazenda, é uma entidade jurídica com patrimônio próprio. É uma autarquia federal que cumpre normas do CMN que é o órgão máximo do SFN.
3.2 – Atribuições:
a) controlar e fiscalizar as pessoas que formam o mecanismo financeiro nacional;
b) reger a política de empréstimos de liquidez;
c) regulamentar as operações do "mercado aberto";
d) orientar e controlar a política de aplicações de capitais estrangeiros; 
e) exercer o controle de crédito sob todas as suas formas;
f) emitir moeda de acordo com o que for autorizado pelo CMN;
g) aplicar penalidades aos bancos e instituições financeiras infratores; 
h) regular as compensações de cheques e outros papéis;
i) emitir papel-moeda e moeda metálica; 
j) executar os serviços do meio circulante;
k)receber os recolhimentos compulsórios e voluntários das instituições financeiras bancárias;
I) realizar operações de empréstimos liquidez a instituições financeiras bancárias;
m) ser depositário das reservas oficiais de ouro e moeda estrangeira;
n) efetuar o controle de capitais estrangeiros, empréstimos e investimen​tos;
o) exercer a fiscalização das instituições financeiras;
p) emissão, venda e controle dos títulos públicos federais
q) autorizar o funcionamento, estabelecendo a dinâmica operacional, de todas as instituições financeiras;
r) estabelecer as condições para o exercício de quaisquer cargos de direção nas instituições financeiras privadas;
s) determinar periodicamente, via Comitê de Política Monetária – Cupom, a taxa de juros de referência para as operações de um dia com títulos públicos – a taxa SELIC;
È por meio do BACEN que o Estado intervém diretamente no sistema financeiro e, indiretamente, na economia;
OBSERVAÇÃO.: O Banco Central do Brasil nasceu da transformação da SUMOC - Superin​tendência da moeda e do crédito, Lei 4.595, de 31.12.64. O Banco Central absorveu várias das funções do Banco do Brasil, tais como a de fiscalização bancária. Assim, antes da criação do Banco Central do Brasil, o Banco do Brasil S,A., desempenhava várias das funções hoje exercidas pelo Banco Central do Brasil.
As atribuições do Banco Central do Brasil são inúmeras, além de caber-lhes toda a atuação financeira do país e a função de executor da política econômica monetária do governo.
O Banco Central do Brasil não tem as atribuições dos bancos comerciais, particulares, para não concorrer com os demais bancos. Também não visa a lucros.
(FONTE – Mercado Financeiro: produtos e serviços/ Eduardo Fortuna – 19ª.ed.qualitymark -2014 com adaptações feitas pelo autor).
4 - BANCO DO BRASIL S.a.
Este banco é uma sociedade anônima de capital aberto. Sua atuação no mercado financeiro é dupla::
1. atua como banco comercial, concorrendo com toda a rede bancária existente, captando depósitos do público e realizando empréstimos, descontos de duplicatas e notas promissórias;
2. atua como agente financeiro do governo federal, executando a políti​ca do crédito e da moeda.
4.1 - Atribuições:
a) recebe, por conta do Tesouro Nacional, as arrecadações dos tributos e rendas federais;
b) cumpre a política de preços mínimos, na área agrícola; 
c) executa e desenvolve a política do comércio exterior; 
d) realiza os serviços de compensação de cheques;
e) executa os suprimentos e pagamentos devidos à execução do orça​mento da União;
f) financia a atividade econômica, com recursos próprios ou fundos específicos;
g) financiamentos à lavoura, à indústria e ao comércio, sua principal atribuição, através dos seguintes fundos:
1 . FDI - Fundo de Desenvolvimento Industrial - Para instalações, expansão e democratização do capital das empresas;
2. FUNDECE - Fundo de Democratização do Capital de Empresas. Fornece recursos para expansão e democratização do capital das empresas;
3. FIBEP - Financiamento de Importação de Bens de Produção Unidos ​AID - Agência Internacional de Desenvolvimento;
4. FUNDIPRA - Financiamento de Projetos de Desenvolvimento de Pro​dutos Agropecuários e da Pesca.
Instalações de pequenas e médias indústrias; 
5. FAD - Fundo Alemão de Desenvolvimento - Investimento de produção nacional ou importada da Alemanha; 
h) receber a crédito do Tesouro Nacional as importâncias provenientes da arrecadação de tributos ou rendas federais;
i) conceder aval, fiança e outras garantias;
j) adquirir e financiar estoques de produção exportável; 
k) executar a política de preços mínimos;
l) executar o serviço da dívida pública consolidada;
m) receber,