A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
ORGANIZAÇÃO DE POLÍTICAS DA SAÚDE

Pré-visualização | Página 1 de 1

Eram feitas pelos sacerdotes, xamãs e pajés, por benzedeiras e os curandeiros, de maneira mágica e religiosa. Os doentes da época eram considerados pecadores, e suas doenças eram consideras como castigo Divino e então os curandeiros e sacerdotes faziam afastamento dos espíritos malignos com instrumentos musicais, infusões, emplastros, plantas psicoativas, jejum, restrições dietéticas, reclusão, tabaco, calor, defumação, massagens, fricção, extração da doença pela provocação do vômito e principalmente por meio de ervas, e entre outros recursos terapêuticos.
Um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não somente ausência de doenças e enfermidades.
A Unicausalidade baseia-se na existência de apenas uma causa para uma doença que tinha como causador direto e único já a Multicausalidade possui mais de uma causa para uma doença tendo três importantes elementos: agente ambiente e hospedeiro.
Por muitos anos acreditavam-se que as doenças eram causadas por odores venenosos, gases ou resíduos nocivos à saúde que surgiam na atmosfera ou no solo. Essas substancias eram levadas pelo vento até a um possível individuo, que posteriormente viria a adoecer. E foi esse pensamento que se chamou de Teoria do Miasma que do (grego miasma significa mancha)