A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
29 pág.
Santander Consumer Finance

Pré-visualização | Página 7 de 9

conversão de clientes, cobrança de pagamentos e seguros. A discussão é: como 
fazer isso? Devemos criar um departamento central que diga aos gerentes locais o que fazer ou 
devemos contratá-los localmente? Alguns países já reclamam da pressão que a matriz exerce 
sobre eles. No entanto, os produtos têm êxito quando há alguém dedicado a eles, e temos 
muito a aprender sobre o trabalho entre países. 
E por fim, Salarich tinha que definir o mix de produtos da SCF. Historicamente, seu ponto forte e 
vantagem competitiva residia no negócio de empréstimo para veículos, um negócio de baixo risco, 
mas com margens menores. Mas experiências recentes tanto nos Estados Unidos quanto com 
empréstimos ao consumidor para bens que não automóveis tinham mostrado potencial de expandir 
para negócios de maior retorno. Até que ponto eles deveriam se direcionar mais para empréstimos 
pessoais diretos? E poderiam eles aplicar as estratégias de precificação de empréstimos aprendidas 
com sua subsidiária dos EUA, a Drive, para mercados automobilísticos europeus? Salarich tinha 
quatro meses para decidir. 
 
Do
 N
ot 
Co
py
 or
 Po
st
This document is authorized for educator review use only by Ricardo Guarita, HE OTHER until February 2016. Copying or posting is an infringement of copyright. 
Permissions@hbsp.harvard.edu or 617.783.7860
712-P04 Santander Consumer Finance 
14 
Figura 1 – Dados importantes do grupo Santander 
Balanço patrimonial, declaração de renda e funcionários do grupo Santander de 2005 a 2007 
Dados em milhão de €, exceto quando 
especificado 
2005 2006 2007 
Ativos totais 809 107 833.873 912.915 
Empréstimos ao consumidor 435 829 523.346 565.477 
Fundos de consumidor sob 
gerenciamento 
651 360 739.223 784.995 
Patrimônio dos acionistas 35 841 40.062 51.945 
Total de fundos geridos 961 953 1.00.996 1.063.892 
 
Resultado líquido de juros 10.324 12.076 14.882 
Receita comercial 17.541 20.184 24.096 
Receita operacional bruta 19.076 22.333 27.095 
Receita operacional líquida 8.765 11.218 14.842 
Lucro líquido de atividade ordinária 5.411 6.674 8.518 
Lucros atribuíveis ao grupo 6.220 7.596 9.060 
 
 
Número de funcionários 120.047 123.731 131.819 
N° de filiais na Europa continental 5.389 5.772 5.976 
N° Reino Unido 712 712 704 
N° América Latina 4.100 4.368 4.498 
N° total de filiais 10.201 10.852 11.178 
Notas: Todos os dados estão em milhão de €, exceto quando especificado. 
 
b) Dados principais do grupo Santander por região geográfica, 2007 
Dados principais do grupo por 
região geográfica 
Receita 
operacional 
bruta (milhão 
de €) 
Receita 
operacional 
líquida 
Lucro para o 
grupo 
Funcionários Filiais ROE (retorno 
sobre o 
patrimônio) 
Europa continental 12.843 7.736 4.423 47.838 5.976 21,3 
 Rede de filiais do Santander 4.747 2.863 1.806 19.392 2.887 22,7 
 Banesto 2.282 1.312 668 10.776 1.946 18,3 
 Santander Consumer Finance 2.638 1.867 719 7.221 285 34,1 
 Portugal 718 672 511 6.405 763 28,6 
Reino Unido (Abbey) 3.780 1.913 1.201 16.827 704 32,3 
América Latina 10.386 5.308 2.666 65.628 4.498 29,1 
Gestão financeira e participações 
acionárias 
86 (665) (180) 1.526 
Total do grupo 14.842 8.111 131.819 11.178 19,61 
Fonte: Dados da empresa. 
 
 
 Do
 N
ot 
Co
py
 or
 Po
st
This document is authorized for educator review use only by Ricardo Guarita, HE OTHER until February 2016. Copying or posting is an infringement of copyright. 
Permissions@hbsp.harvard.edu or 617.783.7860
Santander Consumer Finance 712-P04 
15 
Figura 2 – Datas principais da Santander Consumer Finance 
1987 Aquisição da Bankhaus Centrale Credit AG (CC-Bank) – Alemanha 
1990 Aquisição da Hispamer após a fusão Banco Santander / Banco Central Hispano 
1996 Controle total do CC-Bank 
1997 Propriedade conjunta da Fininconsumo – Itália – com o Banco San Paolo IMI 
2001 Criação da divisão Santander Consumer Finance a partir da Hispamer, CC Bank e Finconsumo 
2002 Aquisição da AKB – Alemanha 
2004 Aquisição da Finconsumo – Itália (50% restantes) 
2004 Aquisição do Elcon & Bankia – Noruega 
2004 Aquisição da PTF – Polônia 
2004 Aquisição da Abfin – Países Baixos 
2005 Aquisição da SC - Reino Unido (início de atividades) 
2006 Aquisição da Unifin – Itália 
2006 Aquisição do Interbanco – Portugal 
2006 Aquisição da Drive – EUA 
2007 Aquisição da México (início de atividades) 
2007 Aquisição do Extrobank – Rússia 
2007 Chile (início, operações em 2008) 
Fonte: Dados da empresa. 
 
Figura 3 – Informações financeiras da Santander Consumer Finance (total de € 26,7 bilhões) 
Distribuição dos negócios por região geográfica 
 
 
 Do
 N
ot 
Co
py
 or
 Po
st
This document is authorized for educator review use only by Ricardo Guarita, HE OTHER until February 2016. Copying or posting is an infringement of copyright. 
Permissions@hbsp.harvard.edu or 617.783.7860
712-P04 Santander Consumer Finance 
16 
b) crescimento da SCF 
 
Do
 N
ot 
Co
py
 or
 Po
st
This document is authorized for educator review use only by Ricardo Guarita, HE OTHER until February 2016. Copying or posting is an infringement of copyright. 
Permissions@hbsp.harvard.edu or 617.783.7860
Santander Consumer Finance 712-P04 
17 
Figura 3 (cont.) 
 
c) Balanço patrimonial e declaração de renda, 2007 (milhão de €) 
Balanço patrimonial 2007 
Empréstimos e créditos 45.731 
Devido a instituições de 
crédito 
2.912 
Ativos intangíveis 839 
Outros 1.781 
Ativos totais 51.263 
Depósitos de cliente 13.883 
Títulos de divida negociáveis 18.080 
Devido a instituições de 
crédito 
14.493 
Patrimônio de acionistas 2.079 
Outros 2.728 
Total de passivos 51.263 
 
d) Números principais (dezembro de 2007) 
Clientes 
Clientes Mais de 10 milhões 
Número de revendedores 106.904 
Carros financiados 1,3 milhões de carros 
Funcionários 6.573 
Filiais 282 
Total em aberto €46 bilhões 
Lucro antes de impostos 1,05 bilhão 
Lucro líquido €737 milhões 
Custo de receita 29,6% 
ROA (retorno sobre ativos) antes de 
impostos 
2,42% 
 
Fonte: Dados da empresa. Nota: Taxa de inadimplência significa: inadimplência (90 dias)/total de empréstimos 
Declaração de renda 2007 
Receita líquida de juros 2.085 
Receita operacional bruta 2.638 
Custos operacionais (803) 
Receita operacional líquida 1.867 
Provisões líquidas para perdas com 
empréstimos 
(842) 
Receita antes de impostos (ordinária) 1.052 
Receita líquida consolidada (ordinária) 737 
Receita atribuível ao grupo 719 
Do
 N
ot 
Co
py
 or
 Po
st
This document is authorized for educator review use only by Ricardo Guarita, HE OTHER until February 2016. Copying or posting is an infringement of copyright. 
Permissions@hbsp.harvard.edu or 617.783.7860
712-P04 Santander Consumer Finance 
18 
Figura 4 – Crédito ao consumidor nos Estados Unidos 
 2003 2004 2005 2006 2007 
Crédito concedido ao consumidor (ajustado 
sazonalmente) 
 
Mudança % na taxa anual 
Total 5,3 5,5 4,3 4,5 5,5 
 Rotativo 2,9 3,8 3,1 6,1 7,6 
 Não rotativo 6,7 6,4 4,9 3,6 4,2 
 
Quantia 
 Total 2 078,0 2 191,3 2 284,9 2 387,5 2 517,6 
 Rotativo 770,5 800,0 825,0 875,4 941,8 
 Não rotativo 1 307,5 1 391,3 1 459,9 1 512,1 1 575,7 
 
Termos para crédito nos bancos comerciais e empresas financeiras: não ajustados sazonalmente 
Instituição, termos e tipo de empréstimo 
Bancos comerciais: 
 Taxas de juros (%) para: 
 48 meses, carros novos 6,9 6,6 7,1 7,7 7,8 
 24 meses, plano de cartão de crédito 
pessoal 
11,9 11,9 12,0 12,4 12,4 
 Todas as contas 12,3 12,7 12,5 13,2 13,4 
Juros avaliados