A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
181 pág.
Admiravel Mundo Novo   Aldous Huxley

Pré-visualização | Página 35 de 50

gota a gota e os
comprimidos de soma ao alcance da mão. Foi ali que ficou mas, no entanto, não era ali que ela
estava. Estava sempre noutra parte, infinitamente longe, em férias; em férias em qualquer outro
mundo, onde a música radiofónica era um labirinto deslizante, palpitante, que conduzia (por que
voltas maravilhosamente inevitáveis!) a um centro onde brilhava a certeza absoluta; onde as
imagens dançantes do aparelho de televisão eram os actores de algum filme sensível e cantante,
indescritivelmente delicioso; onde o pachuli, caindo gota a gota, era mais que um perfume,
transformando-se no sol, num milhão de saxofones, com Popé fazendo o amor, mas muito mais
intensamente, incomparavelmente mais forte e sem cessar.
- Não, não podemos rejuvenescer. Mas estou muito satisfeito - tinha concluído o Dr. Shaw - por
ter tido esta oportunidade de observar a senilidade num ser humano. Agradeço-lhe muito o ter-
me mandado chamar.
Apertou vigorosamente a mão de Bernard. Portanto, era em john que todos estavam
interessados. E
como era só por intermédio de Bernard, seu reconhecido guardião, que john podia ser visto,
Bernard viu-se então, pela primeira vèz na sua vida, tratado não apenas como toda a gente, mas
como personagem de grande destaque.
já não se falava do álcóol no seu pseudo-sangue, não se faziam alusões desprimorosas ao seu
aspecto pessoal. Henry Foster deu-se ao trabalho de se incomodar para lhe testemunhar a sua
amizade; Beníto Hoover presenteou-o com seis pacotes de goma de mascar à base de hormona
sexual; o predestinador adjunto veio visitá-lo e mendigou quase com humildade um convite para
uma das suas recepções.
Quanto às mulheres, bastava Bernard deixar entrever a possibilidade de um convite para ter a
que lhe agradasse, fosse qual fosse.
- Bernard convidou-me para ver o Selvagem na próxima quarta-feira - anunciou triunfalmente
Fanny .
- Como fico satisfeita - disse Lenina. - E agora tens de reconhecer como estavas enganada a
respeito de Bernard. Não achas que ele é muito gentil?
Fanny aquiesceu com um sinal de cabeça.
- E devo declarar - acrescentou - que me senti agradávelmente surpreendida.
O chefe dos enfrascadores, o director da predestinação, três subadjuntos do fecundador-geral, o
professor de Cinema Sensível do Colégio dos Engenheiros de Emoção, o decano do coro comum
de Westminter, o controlador de bokanovskização. A lista de notabilidades de Bernard era
interminável.
- E tive seis mulheres na semana passada - confessou ele a Helmholtz Watson. - Na segunda,
uma; duas na terça; na sexta, outra vez duas, e uma no sábado. E se tivesse tido tempo ou desejo,
haveria pelo menos uma dúzia delas que não queriam outra coisa ...
Helmholtz ouviu-lhe as gabarolices num silêncio tão sombriamente desaprovador que Bernard se
sentiu ofendido.
- Você está com inveja - disse ele. Helmholtz abanou a cabeça negativamente.
- Estou um pouco triste, mais nada - respondeu. Bernard deixou-o, cheio de raiva. « Nunca - disse
para si próprio-nunca maisvoltarei adirigira palavra a Helmholtz.»
Passaram os dias. O sucesso subiu à cabeça de Bernard como um vinho capitoso e o curso dos
acontecimentos reconciliou-o completamente (como deve fazê-lo um bom produto
embriagador) com um mundo que, até então, tinha considerado bem pouco aprazível. Enquanto
esse mundo continuasse a reconhecer-lhe a importância, a ordem das coisas parecia-lhe boa.
Mas, ainda que reconciliado com o seu sucesso, recusou, todavia, renunciar ao direito de criticar
essa ordem, pois o facto de criticar exaltava nele o sentimento da sua importância, dava-lhe a
impressão de ser maior. Além disso, estava sinceramente convencido da existência de coisas
criticáveis. (Ao mesmo tempo, agradava-lhe sinceramente ter sucesso e possuir todas as
mulheres que quisesse.) Diante daqueles que, por causa do Selvagem, lhe faziam agora a corte,
Bernard exibia uma falta de ortodoxia provocante.
73
Ouviam-no cortesmente. Mas, pelas costas, as pessoas abanavam a cabeça. « Este rapaz vai
acabar mal» , diziam, profetizando com um tanto mais confiança quanto era certo que fariam o
possível, quando houvesse oportunidade, de lhe fazer cumprir a profecia. « Não deve encontrar
outro Selvagem para o arrancar de dificuldades pela segunda vez» , comentavam. De momento,
havia, indubitavelmente, o primeiro Selvagem. E procuravam ser delicados. E porque eram
delicados, Bernard tinha a sensação de ser positivamente gigantesco e ao mesmo tempo muito
leve, mais leve que o ar.
Mais leve que o ar - comentou Bernard, espetando um dedo no ar.
Como uma pérola no céu, lá no alto, muito alto, por cima deles, o balão cativo do Serviço
Meteorológico brilhava, muito rosado, ao sol. « Mostrar-se-á ao referido Selvagem - assim
rezavam as instruções que Bernard tinha recebido - a vida civilizada em todos os seus aspectos.»
Mostravam-lhe presentemente, num voo rápido, uma rápi da vista do alto da plataforma da torre
de Charing-T. O chefe da estação e o meteorologista local serviam-lhe de guias ... Mas era
sobretudo Bernard quem falava. Inebriado, portava-se como se fosse, pelo menos, um
Administrador Mundial em viagem de inspecção. « Mais leve que o ar.»
O Foguetão Verde de Bombaim caiu do céu. Os passageiros, desceram. Oito gémeos dravidianos
idênticos, vestidos de caqui, meteram a cabeça pelas oito vigias da cabina. Eram os criados de
serviço.
- Mil duzentos e cinquenta quilómetros à hora - disse o chefe da estação em tom impressionante.
- Que pensa disto, senhor Selvagem?
john achou que era impressionante.
- Apesar de tudo - acrescentou -, Puck podia dar uma volta em torno da Terra em quarenta
minutos.
1 Referência a Sonho de Uma Noite de Verão, 11, 1.
« O Selvagem - escreveu Bernard no seu relatório a Mustafá Mond - manifesta, espantosamente,
pouca admiração ou temor pelas invenções civilizadas. Isso deve-se, em parte, sem dúvida, ao
que lhe foi contado pela mulher Linda, sua m... (Mustafá Mond franziu o sobrolho. « Esse imbecil
imaginará que sou tão pusilânime que não seja capaz de ver a palavra escrita com todas as
letras?» ), e, em parte, ao facto de o seu interesse estar concentrado naquilo que designa como a
sua alma, que persiste em considerar como uma entidade independente do meio físico; enquanto,
como tentei demonstrar-lhe ... »
O Administrador saltou as frases seguintes, e estava quase a voltar a página, para procurar
qualquer coisa de mais interessante e mais concreto, quando o seu olhar foi atraído por uma série
de frases absolutamente extraordinárias: « ... ainda que me seja necessário reconhecer que estou
de acordo com o Selvagem para julgar demasiado fácil o que a civilização tem de infantil, ou,
como ele diz, todas as coisas exigindo pouco esforço, e permito-me aproveitar esta oportunidade
para chamar a atenção de Vossa Forderia para ... »
A cólera de Mustafá Mond deu quase imediatamente lugar à alegria. A ideia de que semelhante
tipo lhe impingia - a ele - um curso solene acerca da ordem social era, na verdade,
excessivamente grotesca.
Era preciso que aquele homem tivesse enlouquecido. « Seria bom dar-lhe uma lição» , pensou.
Depois atirou a cabeça para trás e rebentou em altas gargalhadas. Por enquanto, pelo menos, a
lição não seria dada.
Encontravam-se numa pequena fábrica de artefactos de iluminação para helicópteros, uma
sucursal da Companhia Geral de Acessórios Eléctricos. Foram recebidos no próprio terraço (pois
a carta-circular de recomendação enviada pelo Administrador era de efeitos mágicos) pelo
técnico-chefe e pelo director do Elemento Humano. Desceram para a fábrica.
- Cada operação - explicou o director do Elemento Humano - é executada, tanto quanto possível,
por um único grupo Bokanovsky .
Efectivamente, oitenta e três Deltas braquicéfalos negros, quase sem nariz, estavam ocupados na
laminagem a frio. Os cinquenta e seis tornos de bancada, de quatro brocas, eram atendidos por
cinquenta