A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
modelo plano de aula jardim educação infantil

Pré-visualização | Página 1 de 2

Plano de aula jardim II
	ÁREA
	OBJETIVOS
	CONTEÚDOS
	matemática
	reconhecer e valorizar os números, as operações numéricas, as contagens orais e as noções espaciais como ferramentas necessárias no seu cotidiano;
comunicar idéias matemáticas, hipóteses, processos utilizados e resultados encontrados em situações-problema relativas a quantidade, espaço fisíco e medida, utilizando a linguagem oral e a linguagem matemática;
comparar grandezas, explorando diferentes procedimentos;
noções de posição;
explorar formas geométricas, com sólidos, em sucatas e no ambiente, nomeando corretamente as formas geométricas;
reproduzir formas geométricas;
perceber a importância dos números no nosso dia a dia;
desenvolver o raciocínio lógico;
evidenciar a noção de quantidade, aproveitando suas experiências;
compreender e executar diversas atividades relacionadas a quantidade e seu respectivo numeral;
enumerar e agrupar quantidades de diferentes maneiras;
conduzir ás crianças á compreensão de sequência.
	números e sitema de numeração:
contagem;
cálculo mental; operações (noções); (situações problema)
quantidades (ling. oral e registros)
sucessor e antecessor (noções)
números (em diferentes contextos);
escrita numérica; notação;
seriação.
grandezas e medidas:
diferentes procedimentos para comparar grandezas.
introdução: ás noções de medidas de comprimento, peso,volume, tempo, isto é, pela utilização de unidades convencionais e não convencionais;
marcação do tempo – calendários
classificação.
espaço e forma:
posição – pontos de referência para situar-se e deslocar-se;
formas, contornos, bidimensionalidades, tridimensionalidades, faces planas, lados retos;
noções de símbolos matemáticos;
brincadeiras e jogos matemáticos;
	linguagem corporal
	conhecer o corpo afim de compreender suas potencialidades e limites;
entender o corpo como um meio de comunicação para que seja capaz de expressar-se;
equilibrar-se em diferentes situações de forma coordenada afim de melhorar seu desempenho;
desenvolver as habilidades que requeiram o uso de força, velocidade, flexibilidade e controle muscular, para dominar melhor suas potencialidades;
utilização expressiva intencional do movimento nas situações cotidianas e em suas brincadeiras;
percepção de estruturas rítmicas para expressar-se corporalmente por meio da dança, brincadeiras e de outros movimentos.
	expressão corporal;
esquema corporal (reconhecimento do corpo)
dança
jogos simbólicos
equilíbrio e coordenação;
força, velocidade, lateralidade, resistência, flexibilidade e controle-muscular.
	linguagem musical
	explorar, produzir, reproduzir, comparar e discriminar os sons, para assim, poder identificá-los;
vivenciar a diversidade dos sons, afim de perceber seus ritmos e pausas;
despertar a apreciação estética e artística da música.
	sons vocais, corporais, ambientais e instrumentais;
direção dos sons;
contatos com diferentes obras musicais: infantis, popular, sertaneja, clássica, etc...
altura (grave/agudo); duração (curto/longo);
intensidade (fraco/forte);
pulsação e ritmos;
repertório de canções para desenvolver memória musical
	identidade e autonomia
	ter uma imagem positiva de si ampliando sua auto-confiança, identificando cada vez mais suas limitações e possibilidades, e agindo de acordo com elas;
identificar e enfrentar situações de conflito, utilizando seus recursos pessoais (de acordo com sua faixa etária) respeitando as outras crianças e adultos e exigindo reciprocidade;
valorizar ações de cooperação e solidariedade, desenvolvendo atitudes de ajuda e colaboração e compartilhando suas vivências;
adotar hábitos de autocuidado, valorizando as atitudes relacionadas com a higiene, alimentação, conforto, segurança, proteção do corpo e cuidados com a aparência.
identificar e compreender a importância dos diversos grupos dos quais participam, respeitando regras básicas de convívio social
	expressar e comunicar seus desejos, desagrados, necessidades, preferências, vontades em brincadeiras e nas atividades cotidianas;
reconhecimento progressivo do próprio corpo e das diferentes sensações do mesmo;
realizar pequenas ações cotidianas no seu alcance para que adquira maior independência;
identificar situações de risco no seu ambiente mais próximo (prevenção de acidentes);
auxílio na escolha de brinquedos, objetos e espaços para brincar;
participar de situações que envolvem a relação com o outro;
ter iniciativa para resolver pequenos problemas do cotidiano, pedindo ajuda se necessário;
participação de meninos e meninas igualmente em brincadeiras de futebol, casinha, pular corda, etc...
valorizar o diálogo como forma de lidar com os conflitos;
participar da realização de pequenas tarefas de cotidiano que envolvam ações de cooperação, solidariedade e ajuda na relação com os outros;
trabalhar o respeito ás características pessoais relacionadas ao gênero, etnia, peso, estatura, etc...
valorização da limpeza e aparência pessoal, (auto-cuidado);
respeitar e valorizar seu grupo de origem (família);
conhecer, respeitar e utilizar algumas regras elementares de convívio social;
valorizar os cuidados com os materiais de uso individual e coletivo;
trabalhar procedimentos relacionados á alimentação, higiene das mãos, cuidado e limpeza pesssoal das várias partes do corpo;
utilizar adequadamente os sanitários.
	linguagem oral e escrita
	a construção da escrita do nome, tem como objetivo fazer com que a criança se reconheça como um sujeito importante que possui um nome que é só seu, além de propiciar a aprendizagem da escrita;
reconhecer seu nome escrito, sabendo identificá-lo nas diversas situações do cotidiano;
ampliar gradativamente suas possibilidades de comunicação e expresssão, interessando-se por conhecer vários gêneros orais eescritos e participando de diversas situações de intercâmbio social nas quais possa contar suas vivências, ouvir as de outras pessoas, elaborar e responder perguntas;
familiarizar-se com a escrita por meio do manuseio de livros, revistas, rótulos e outros portadores de textos e da vivência de diversas situações nas quais seu uso se faça necessário;
participar de jogos vervais e pedagógicos afim de interessar-se por escrever palavras e textos ainda que não de forma convencional;
usar a linguagem oral para conversar, brincar, comunicar e expressar desejos, necessidades, opiniões, idéias, preferências e sentimentos e relatar suas vivências nas diversas situações de interação presentes no cotidiano.
	nome próprio (história do nome, letras que formam o nome)
expressão, interpretação e relato de vivências;
descrição de cenas, objetos e seres vivos (animais, vegetais e ser humano) oral e escrita;
tudo pode ser escrito e lido:(símbolos, rótulos, embalagens, marcas,logotipos,nomes de objetos, pessoas, animais, vegetais, lugares, personagens, títulos de livros ou histórias);
jogos verbais: modalidades de linguagem:
-trava-línguas
-adivinhas
-parlendas
-quadrinhas
-poemas
-canções
jogos pedagógicos:
-jogos para a escrita
-jogos para a leitura
textos e portadores de textos:
-produção e interpretação de textos;
-conhecimento de diferentes gêneros: contos, poemas, notícias de jornal, informativo, narrativo, descritivo, bulas, receitas, etc...
	artes visuais
	ampliar o conhecimento de mundo que possuem, manipulando diferentes objetos e materiais, explorando suas características, propriedades e possibilidades de manuseio e entrando em contato com formas diversas de expressão artística;
utilizar diversos materiais gráficos e plásticos sobre diferentes superfícies para ampliar suas posibilidades de expressão e comunicação;
produzir trabalhos de arte, através da linguagem do desenho, da pintura, da modelagem, da colagem, da construção, utilizando os elementos constituintes dessas linguagens: