PROPRIEDADES DA MADEIRA
208 pág.

PROPRIEDADES DA MADEIRA


DisciplinaProcessamento Mecânico da Madeira1 materiais39 seguidores
Pré-visualização50 páginas
PROPRIEDADES DA MADEIRA 
1ª. edição: fevereiro/ 2.005; 4ª edição: novembro/ 2.012 
Departamento de Engenharia e Tecnologia Florestal da UFPR 
Prof. Dr. João Carlos Moreschi 
 
______________________________________ 
A presente apostila foi elaborada para fins didáticos e seu dowload e cópia estão disponíveis para qualquer pessoa interessada. 
Contudo a alteração de seu conteúdo, a transcrição da totalidade ou parte de seu texto, bem como a tradução total ou parcial não 
estão autorizadas, exceto se devidamente citada a sua fonte. 
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E DO DESPORTO 
SETOR DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS DA UFPR 
CENTRO DE CIÊNCIAS FLORESTAIS E DA MADEIRA 
Departamento de Engenharia e Tecnologia Florestal 
 
 
PROPRIEDADES DA MADEIRA 
 
 
 
 
 
 
 
Prof. Dr. João Carlos Moreschi 
Fevereiro/ 2.005 
4ª edição \u2013 novembro / 2.012 
Atualização: setembro de 2.014 
- Curitiba, PR \u2013 
 
 
 
 
 
 
 
PROPRIEDADES TECNOLÓGICAS DA MADEIRA 
1ª. edição: fevereiro/ 2.005; 4ª edição: novembro/ 2.012 
Departamento de Engenharia e Tecnologia Florestal da UFPR 
Prof. Dr. João Carlos Moreschi 
 
 
ii
 
 
 Página 
LISTA DE FIGURAS ....................................................................................................... vii 
LISTA DE TABELAS ....................................................................................................... xiii 
 
 
SUMÁRIO 
Item Página
1. PROPRIEDADES ORGANOLÉTICAS DA MADEIRA ................................ 1 
1.1. Cor................................................................................................................. 1 
1. 2. Cheiro ........................................................................................................ 3 
1.3. Gosto ou Sabor ............................................................................................. 4 
1.4. Grã .............................................................................................................. 5 
1.5 Textura .......................................................................................................... 7 
1.6. Brilho ............................................................................................................ 8 
1.7. Desenho ....................................................................................................... 8 
2. MASSA ESPECÍFICA (Densidade) ............................................................ 9 
2.1. MASSA ESPECÍFICA APARENTE .............................................................. 9 
2.1.1. Determinação da Massa Específica Aparente ............................................. 11 
2.1.1.1. Determinação do volume pelo método estereométrico ................................ 11 
2.1.1.2. Determinação do volume pelo método por deslocamento .......................... 12 
2.1.1.3. Determinação do volume pelo método de pesagem .................................... 14 
2.1.2. Determinação da Massa Específica pela Imersão Relativa da Peça ........... 15 
2.1.3. Determinação da Massa Específica Através da Passagem de Raios ......... 16 
2.1. 4. Fatores que Influem na Massa Específica da Madeira ................................ 16 
 
PROPRIEDADES TECNOLÓGICAS DA MADEIRA 
1ª. edição: fevereiro/ 2.005; 4ª edição: novembro/ 2.012 
Departamento de Engenharia e Tecnologia Florestal da UFPR 
Prof. Dr. João Carlos Moreschi 
 
 
iii
Item Página
2.1.4.1. Influências internas ...................................................................................... 16 
2.1.4.2. Influências externas ..................................................................................... 26 
2.2. MASSA ESPECÍFICA REAL ........................................................................ 27 
3. UMIDADE ..................................................................................................... 28 
3.1. DEFINIÇÃO .................................................................................................. 29 
3.2. MÉTODOS UTILIZADOS PARA A DETERMINAÇÃO DO TEOR DE 
UMIDADE ..................................................................................................... 
 
30 
3. 2.1. Método por Pesagens .................................................................................. 30 
3.2.2. Método Químico por Destilação ................................................................... 31 
3.2.3. Método Químico por Titulação (Karl Fischer) ............................................... 34 
3.2.4. Aparelhos Elétricos ....................................................................................... 35 
3.2.4.1. Aparelhos baseados em medidas de resistência ......................................... 36 
3.2.4.2. Aparelhos baseados na capacidade elétrica ................................................ 36 
3.3. AMOSTRAGEM PARA A DETERMINAÇÃO 
DO TEOR DE UMIDADE ..............................................................................
 
37 
3.4. DEPENDÊNCIA DA UMIDADE DA MADEIRA ............................................. 39 
3.5. SORÇÃO DA MADEIRA ............................................................................... 44 
4. CONTRAÇÃO E INCHAMENTO ................................................................ 52 
4.1. CONTRAÇÃO E INCHAMENTO VOLUMÉTRICO ...................................... 52 
4.1.1. Coeficiente de Inchamento Volumétrico Máximo ......................................... 54 
4.1.2. Coeficiente de Contração Volumétrica Máxima ........................................... 55 
4.2. CONTRAÇÃO E INCHAMENTO LINEARES ............................................... 59 
4.3. CONTRAÇÃO E INCHAMENTO LINEARES EM ÂNGULO ...................... 62 
 
 
PROPRIEDADES TECNOLÓGICAS DA MADEIRA 
1ª. edição: fevereiro/ 2.005; 4ª edição: novembro/ 2.012 
Departamento de Engenharia e Tecnologia Florestal da UFPR 
Prof. Dr. João Carlos Moreschi 
 
 
iv
Item Página
4.4. COEFICIENTE DE RETRATIBILIDADE (Q) ............................................... 63 
4.4.1. Utilização do Coeficiente de Retratibilidade da Madeira .............................. 65 
4.4.2. Determinação dos Coeficientes de Contração, Inchamento e de 
Retratibilidade ............................................................................................. 68 
4.5. ANISOTROPIA DIMENSIONAL .................................................................. 70 
5. PROPRIEDADES TÉRMICAS DA MADEIRA ............................................. 75 
5.1. CONDUTIVIDADE TÉRMICA DA MADEIRA ............................................... 75 
5.2. CALOR ESPECÍFICO DA MADEIRA .......................................................... 82 
5.3. TRANSMISSÃO TÉRMICA ......................................................................... 84 
5.4. EXPANSÃO TÉRMICA DA MADEIRA ........................................................ 85 
6. PROPRIEDADES ELÉTRICAS DA MADEIRA .......................................... 87 
7. PROPRIEDADES ACÚSTICAS DA MADEIRA ........................................... 93 
8. PROPRIEDADES MECÂNICAS DA MADEIRA ......................................... 101 
8.1. ELASTICIDADE E PLASTICIDADE ............................................................. 101 
8.1.1. Módulo de Elasticidade ............................................................................... 103 
8.2. DEPENDÊNCIAS GERAIS DAS PROPRIEDADES 
MECÂNICAS E ELÁSTICAS DA MADEIRA ................................................ 
 
108 
8.2.1. Condições do Ensaio ................................................................................... 108 
8.2.2. Influências Internas da Madeira ..................................................................