A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
AD1 SGSO Unisul

Pré-visualização | Página 1 de 1

Universidade do Sul de Santa Catarina – Unisul
Campus Virtual
	
	Avaliação a Distância 
Unidade de Aprendizagem: Sistema de Gerenciamento da Segurança Operacional - SGSO
Curso: Ciências Aeronáuticas
Professor: Paulo Roberto dos Santos
Nome do estudante: Renato Augusto Ramos Vilela	
Data: 17/10/2017
Orientações:
Procure o professor sempre que tiver dúvidas.
Entregue a atividade no prazo estipulado.
Esta atividade é obrigatória e fará parte da sua média final.
Encaminhe a atividade via Espaço UnisulVirtual de Aprendizagem (EVA).
Questão 1 (2,5 pontos)
Faça uma pesquisa no site da ANAC a respeito da criação dos Grupos Brasileiros de Segurança Operacional (BAST) e responda as seguintes perguntas:
Qual o objetivo principal da criação dos BAST pela ANAC?
Os BAST foram criados em cumprimento ao Art.75 do Programa de Segurança Operacional Específico da Agência Nacional de Aviação Civil (PSOE-ANAC), que diz que “a ANAC deve desenvolver iniciativas, em colaboração com a indústria da aviação civil, para o compartilhamento de dados e informações de segurança operacional”, devendo estas iniciativas terem "por objetivo o aprimoramento dos processos da garantia da segurança operacional”. 
Seu objetivo principal é, em conjunto com os Provedores de Serviço da Aviação Civil (PSAC) e a comunidade de aviação civil, envidar esforços em prol da segurança operacional da aviação civil no Brasil, equiparando-a ao nível das regiões mais seguras do mundo.
Qual a denominação e o objetivo de cada um dos Grupos componentes?
O grupo I - Grupo Brasileiro de Segurança Operacional da Aviação Comercial (BCAST) cujo objetivo é tratar dos assuntos relacionados às operações com aeronaves de transporte aéreo público que realizam operações domésticas, de bandeira ou suplementares. O grupo II - Grupo Brasileiro de Segurança Operacional de Helicópteros (BHEST) cujo objetivo é tratar dos assuntos relacionados às operações das aeronaves de asas rotativas. O grupo III - Grupo Brasileiro de Segurança Operacional da Aviação Geral (BGAST) cujo objetivo é tratar dos assuntos relacionados às operações das aeronaves de asas fixas da aviação geral e das aeronaves que realizam operações complementares ou por demanda. Por último, o grupo IV - Grupo Brasileiro de Segurança Operacional de Infraestrutura Aeroportuária (BAIST) cujo objetivo é tratar dos assuntos relacionados à infraestrutura aeroportuária brasileira.
Questão 2 (2,5 pontos)
Faça uma pesquisa no site da ANAC sobre o Sistema Decolagem Certa - DCERTA e elabore um texto (mínimo 8 linhas), explicando a importância dessa ferramenta para a segurança operacional.
O sistema Decolagem Certa (DCERTA) visa permitir uma fiscalização mais eficiente e abrangente por parte da ANAC, inibindo a realização de voos com irregularidades. Com a inibição de voos irregulares pretende-se diminuir a taxa de acidentes aeronáuticos da aviação civil brasileira. O DCERTA é um sistema informatizado de acompanhamento e verificação da regularidade de certificados e licenças de aeronaves, tripulações técnicas e aeródromos de destino, com base nos dados informados no plano de voo. Caso o sistema encontre irregularidades, e essas sejam de conhecimento do usuário, ele não poderá realizar o voo. Caso o piloto em comando tenha o recebimento do seu plano de voo recusado, indevidamente, por inconsistências das informações nos bancos de dados da ANAC, é disponibilizado um documento de declaração de regularidade, afirmando que as informações obtidas não correspondem à situação real.
Questão 3 (2,5 pontos)
Faça uma pesquisa no site da ANAC sobre Sistemas de Gerenciamento da Segurança Operacional (SGSO) e relacione 05 (cinco) benefícios que um SGSO eficaz pode trazer para uma empresa de aviação. 
Dentre os benefícios que um SGSO eficaz pode trazer para uma empresa de aviação estão:
Proporciona um conjunto maior e melhor de informações para a tomada de decisões.
Melhora a segurança operacional, reduzindo o risco da ocorrência de acidentes.
Melhora a alocação de recursos, proporcionando maior e​ ciência.
Reforça a cultura de segurança operacional no provedor de serviço.
Demonstra o comprometimento do provedor de serviço com a segurança operacional.
Questão 4 (2,5 pontos)
 
Faça uma pesquisa no site da ANAC sobre Reportes Voluntários ou Obrigatórios de Segurança Operacional e elabore um texto (mínimo 10 linhas), respondendo as seguintes perguntas:
Qual a finalidade dos Relatos de Segurança Operacional?
Quais são os tipos de Relatos de Segurança Operacional existentes e quando cada um deles deve ser utilizado? 
A finalidade dos Relatos de Segurança Operacional é informar sobre perigos à segurança operacional ou fazer observações que possam contribuir para prevenir acidentes ou incidentes aeronáuticos, baseadas em fatos ou experiências pessoais, com a finalidade de aumentar a segurança operacional da aviação civil brasileira. Os tipos de Relatos de Segurança Operacional são Denúncia sobre Segurança Operacional, Reporte de Infrações de Tráfego Aéreo, Relato de Aviação Civil dos Provedores de Serviço e Relatório ao CENIPA para a Segurança de Voo (RCSV). A Denúncia sobre Segurança Operacional é feito diretamente à ANAC, a respeito de assuntos que constituam violações, crimes ou contravenções penais, eventos ou situações de qualquer natureza que possam representar um perigo em potencial para a segurança operacional da aviação civil. O Reporte de Infrações de Tráfego Aéreo é destinado para reportes de infrações de tráfego aéreo. O Relato de aviação civil dos provedores de serviço é utilizado para reportar assuntos a serem tratados no âmbito interno de uma empresa aérea, aeroporto, escola de aviação ou demais provedores de serviço da aviação civil. Por fim, o RCSV é utilizado caso a intenção seja reportar diretamente ao CENIPA situações que afetem ou possam afetar a segurança operacional da aviação civil.
Referências
BRASIL. Agência Nacional de Aviação Civil. Decolagem Certa – DCERTA. 2016. Disponível em: < http://www.anac.gov.br/assuntos/setor-regulado/profissionais-da-aviacao-civil/acesso-rapido/fdecolagem-certa-2013-dcerta>. Acesso em: 17 Out. 2017.
______.______. Grupos Brasileiros de Segurança Operacional – BAST. 2017. Disponível em: < http://www.anac.gov.br/assuntos/paginas-tematicas/gerenciamento-da-seguranca-operacional/grupos-de-seguranca-operacional>. Acesso em: 17 Out. 2017.
______.______. Sistemas de Gerenciamento da Segurança Operacional (SGSO). Disponível em: < http://www.anac.gov.br/publicacoes/publicacoes-arquivos/10_coisas_sgso_dicas_anac_10.pdf>. Acesso em: 17 Out. 2017.
______.______. Reportes Voluntário ou Obrigatórios de Segurança Operacional. 2017. Disponível em: < http://www.anac.gov.br/assuntos/paginas-tematicas/gerenciamento-da-seguranca-operacional/reportes-voluntarios-ou-obrigatorios-de-seguranca-operacional>. Acesso em: 17 Out. 2017.
CORREIA, Fernando. Seminário Decolagem Certa: Sistema Decolagem Certa DCERTA. Disponível em: < http://www.anac.gov.br/assuntos/eventos/seminario-decolagem-certa-1/dcerta_fernando.pdf>. Acesso em: 17 Out. 2017.