Buscar

resumo cip

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

1.Conceitos básicos da ciência política: consenso; conflito; política; poder; autoridade; dominação; legitimidade, soberania, ideologia, hegemonia.
POLÍTICA
Estudo da vida em sociedade;
Aquilo que se refere ao Estado;
Como conquistar e permanecer no poder;
Distinção entre amigos e inimigos;
Resolução pacífica de conflitos.
Para Weber, a política é concebida como uma atividade geral do ser humano que se desenvolve dentro de uma comunidade e nos limites de determinado território. A noção de território corresponde a um dos elementos essenciais do Estado que reivindica o monopólio do uso legítimo da violência física.
DOMINAÇÃO
Para Weber, relações permanentes de mando e obediência baseadas não só em fundamentos materiais ou no mero hábito de obediência dos súditos, mas também (e principalmente) na legitimidade. – Bobbio
	Tipos puros de DOMINAÇÃO
	Racional-Legal
	Tradicional
	Carismática
	Ordenamento jurídico
	Tradições
	Heroísmo, Santidade
	Legitimados pela lei
	Legitimados p. heredtriedade
	Legitimados p. liderança nata
	Burocracia
	Patrimonialismo
	Autoritarismo
	Impessoal e objetivo
	Personificação das instituições
	Carisma é qualidade pessoal e excepcional
PODER
Coerção = alto grau de constrangimento (ou ameaça de privações).
Poder = impor a própria vontade numa relação social, mesmo contra resistências.
Não deriva simplesmente da posse ou do uso de certos recursos, mas também da existência de determinadas atitudes dos sujeitos implicados na relação.
É uma relação conflituosa.
AUTORIDADE = Poder + Legitimidade
Traduz o poder quando ele se explica pelo consentimento, tácito ou expresso, dos governados (quanto mais consentimento, mais legitimidade e quanto mais legitimidade mais autoridade). – Bonavides
CONSENSO x CONFLITO
	CONSENSO
	CONFLITO
	Acordo quanto aos princípios, valores, normas e objetivos da comunidade
	Disputa pelo acesso e distribuição de recursos escassos
	Conceito relativo: existem graus de consenso
	São diferenciados em termos de dimensão (nº de participantes), intensidade (grau de envolvimento dos participantes) e objetivos (mudanças no sistema VS mudança do sistema)
IDEOLOGIA x SOCIOLOGIA
	IDEOLOGIA
	SOCIOLOGIA
	Desprovido de caráter científico
	Ciência: conhecimento racional, objetivo, observacional e necessário da sociedade
	Conjunto de ideias e de valores que orienta o comportamento político coletivo
	Considera os fatos sociais como desprovidos de interioridade/subjetividade.
	Não é sinônimo de subjetividade oposta à objetividade
	Sociólogo encara uma realidade, da qual participa, como se não fizesse parte dela.
	Para Marx, falsa consciência das relações de domínio entre as classes
	
HEGEMONIA
Nas relações internacionais, influência econômica, cultural e militar de um país em relação aos outros;
Na sociedade, princípio organizador segundo o qual uma classe se impõe sobre as outras;
Para Gramsci, é uma dominação consentida, ou seja, o predomínio da classe dominante sobre a classe subalterna na sociedade civil com sua aceitação e não com imposição violenta. Esse consentimento é conquistado pelo poder da consciência e da ideologia.
SOBERANIA
Aspecto interno: o poder do Estado não pode ser limitado por nenhum outro poder dentro de seu território;
Aspecto externo: nas relações recíprocas entre os Estados, não há subordinação nem dependência, e sim igualdade;
É uma, inalienável, indivisível e imprescritível.

Continue navegando