A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
54 pág.
PRONTO saude cominitaria (2)

Pré-visualização | Página 2 de 8

outros.
2. SETORES ESTAGIADOS
2.1 Unidade comunitário
2.1.1 Apresentação dos setores, normas e regimes
DATA: 21/03/2016
APRENDIZADO CRITICO-REFLEXIVO: O ensino é o principal meio de progresso intelectual dos alunos, através dele é possível adquirir conhecimentos e habilidades individuais e coletivas. Por meio do ensino, o professor transmite os conteúdos de forma que os alunos assimilem esse conhecimento, auxiliando no desenvolvimento intelectual, reflexivo e crítico. O processo de ensino deve estimular o desejo e o gosto pelo estudo, mostrando assim a importância do conhecimento para a vida e o trabalho, (LIBÂNEO, 1994)
2.2 PRÉ NATAL
DATA: 22/03/2016
APRENDIZADO CRÍTICO-REFLEXIVO: Segundo Shimizu e Lima (2009), no que se relaciona à atenção do pré-natal o Ministério da Saúde por meio do PAISM estabeleceu os procedimentos para captação da gestante na comunidade, realização dos controles periódicos e contínuos da gestação, garantia de consultas, bem como efetivação das reuniões educativas, provimento de área física adequada ao atendimento, garantia de equipamentos e instrumentais mínimos, oferecimento de medicamentos básicos e apoio laboratorial. O Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PAISM) veio dar ênfase aos cuidados prestados à saúde da mulher, destacando a importância de ações educativas, sendo esta sua marca diferencial e sem dúvidas inovadora quando visa contribuir com o acréscimo de informações que as mulheres possuem sobre seu corpo e busca a valorização de suas experiências de vida. O profissional da saúde deve ser instrumento para a aquisição de autonomia a agir por parte da mulher, aumentando a capacidade de vivenciar questões sobre sua vida e saúde. Sendo que, na gravidez a mulher vivencia uma gama de sentimentos comuns a gestação, sendo, portanto, necessária a efetivação real do pré-natal. (SILVEIRA et al., 2005).
Foi realizado:
- abertura da carteira da gestante e coleta de dados pertinentes ao pré- natal
- realizado anotações no prontuário da gestante
- realizado pedido de exames
- encaminhada para sala de imunização para medidas profiláticas
- realizado orientações quanto alimentação saudável e prática de exercícios físicos assistidos
- realizado prescrição de ácido fólico e sulfato ferroso via oral
2.3 SALA DE TRIAGEM
DATA: 23/03/2016
APRENDIZADO CRÍTICO-REFLEXIVO: LEININGER    através da Teoria da Diversidade e Universalidade Cultural do Cuidado esclarece que o cuidado de enfermagem emerge no próprio contexto cultural onde daí se desenvolve. Mostrou que a Enfermagem Transcultural “ (…) é um comparativo e análise de culturas em relação às práticas de cuidado de enfermagem, visando um atendimento significativo e eficaz às pessoas de acordo com seus valores culturais e seu contexto saúde/doença”.
Inicio meu estágio na sala de triagem,onde é feito o primeiro atendimento prestado pelo profissional aos usuários dos serviços de saúde. Tem por finalidade a avaliação inicial, seleção e encaminhamento dos clientes às unidades/especialidades adequadas à sua assistência. 
Foi realizado:
- aferição de pressão arterial, temperatura axilar, estatura, peso e glicemia capilar pós prandial, em crianças e adultos
- realizado exame físico
- realizado orientações aproveitando-se da ocasião em pacientes que apresentavam picos hipertensivos e glicêmicos.
2.4 SALA DE COLETA (PREVENTIVO)
DATA: 24/03/2016
APRENDIZADO CRÍTICO-REFLEXIVO: Por volta de 1920, George Papanicolau elaborou uma técnica para estudar células vaginais e do colo do útero. Com isso minimizou o índice de mortalidade de mulheres que realizarão este procedimento, passando a considerar uma rotina para todas as mulheres, este procedimento passou a ser de exame Papanicolau. É importante ressaltar que a evolução do câncer do colo do útero, inclui várias fases, que foram descritas por diversos estudiosos, desde a Clássica por George Papanicolau até a atual Nomenclatura Brasileira. Um marco importante foi o estudo de Georges Papanicolau em 1943, que mostrou ser possível detectar células cancerosas por meio da coleta vaginal, com amostra de células do colo do útero, usando uma pequena escova ou espátula, depois elas são espalhadas numa lâmina de vidro para serem analisadas no microscópio. Se encontrarem células anormais, elas serão classificadas em conforme a gravidade das alterações observadas. Assim, o exame de Papanicolau passou a ser utilizado pela população para a prevenção e detecção precoce do câncer de colo uterino. 
Realizado:
- entrevista com a paciente antes da coleta; 
- realizado coleta do preventivo;
- realizado orientações de como será efetuado o procedimento;
- realizado a coleta do preventivo;
- realizado anotações no prontuário da paciente e nos livros de controle da unidade;
- lançado procedimento no sistema; 
2.5 SALA DE TRIAGEM
DATA: 28/03/2016
APRENDIZADO CRÍTICO-REFLEXIVO: RESOLUÇÃO COFEN Nº 423/2012 Normatiza, no Âmbito do Sistema Cofen/Conselhos Regionais de Enfermagem, a Participação do Enfermeiro na Atividade de Classificação de Riscos
O Conselho Federal de Enfermagem – COFEN, no uso das atribuições que lhe são conferidas pela Lei nº 5.905, de 12 de julho de 1973, e pelo Regimento Interno da Autarquia, aprovado pela Resolução Cofen nº 421, de 15 de fevereiro de 2012, e
CONSIDERANDO o artigo 11, inciso I, alínea “m”, da Lei do Exercício Profissional da Enfermagem nº 7.498, de 25 de junho de 1986, segundo o qual o Enfermeiro exerce todas as atividades de Enfermagem, cabendo-lhe, privativamente, a execução de cuidados de enfermagem de maior complexidade técnica e que exijam conhecimentos de base científica e capacidade de tomar decisões imediatas;"
Realizado:
- triagem em pacientes adultos, crianças e idosos;
- realizado aferição de PRESSÃO ARTERIAL ,PULSO, TEMPERATURA AXILAR, ALTURA E PESO;
- realizado exame físico;
- realizado orientações;
- realizado classificação de risco;
- realizado anotações no prontuário do paciente;
2.6 SALA DE VACINA
DATA: 29/03/2016
APRENDIZADO CRÍTICO-REFLEXIVO: A introdução da vacinação com o vírus da vacina (1796) por Edward Jenner para proteger contra a varíola foi o primeiro uso documentado de uma vacina de vírus vivo atenuado, representando o início da moderna imunização. Robert Koch demonstrou a causa bacteriana específica do antraz em 1876, e, posteriormente, foram rapidamente identificadas as causas de diversas doenças comuns. Esses progressos foram acompanhados de imunização bem-sucedida.
A imunização pode ser ativa, em que a administração de determinado antígeno (geralmente um agente infeccioso modificado ou uma toxina) leva à produção ativa de imunidade, ou passiva, em que a administração de soro contendo anticorpos ou de células sensibilizadas proporciona uma proteção passiva para o receptor.
Realizado:
- manejo de vacinas, acondicionamento e controle do termômetro da geladeira;
- lavagem adequada das mãos;
- realizado anotações na carteira de vacina;
- realizado administração de vacinas;
- realizado orientações para as mães;
- realizado descarte adequado dos frascos e seringas;
- realizado a alimentação no sistema dos procedimentos realizados.
2.7 PRÉ NATAL
DATA: 30/03/2016
APRENDIZADO CRÍTICO-REFLEXIVO: “A gestação constitui uma experiência humana das mais belas, e se bem acompanhada, torna-se a realização de um sonho para a maioria das mulheres.” (SILVA; SANTOS, 2003). Apesar de se tratar de fato natural, durante a gravidez há necessidade que se estabeleçam cuidados relacionados à saúde da mulher e do bebê, cuidados estes que acompanharão a mulher desde a confirmação da gravidez até o nascimento da criança, relacionando-se a todos os aspectos concernentes à gestação, nascimento e cuidados com o bebê. Com este intuito o Ministério da Saúde (MS) implantou programa específico a saúde da mulher ainda em 1980, que é conhecido como Programa de Atenção Integral à Saúde

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.