A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
18 pág.
AULA 4 AUTORIZAÇÃO DO ENTREVISTADO   Cópia para alunos

Pré-visualização | Página 1 de 1

FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU 
 
DISCIPLINA: 
TÉCNICAS AVAÇADAS DE ENTREVISTA E REPORTAGEM 
 
Cont. Aula 3: O “OFF” E O USO DO GRAVADOR 
Aula 4: AUTORIZAÇÃO DO ENTREVISTADO 
 
 
 PROFESSORA: Ms. SANDRA PAULA AMORIM 
 
 
 
 
CONSTRUINDO O 
“OFF” 
 Dicas rápidas 
 
Deve ser claro, objetivo, simples e direto. 
 
 Frases com estruturas simples 
 sujeito + verbo + predicado 
 
 Ex.: O atacante recebeu a bola e partiu para o gol 
 
 
 Reportagens com deadline curto: 
 
 - Escrever o “off” no local da gravação; 
 - Dobra do papel; 
 - Grava “off” na câmera (no carro); 
 - Motoboy; 
 - Caixa alta (facilita leitura). 
 
 - PONTO FINAL: UMA OU DUAS BARRAS. // 
 
 
 
 Concordância verbal: a maioria (é) 
 
 Substitua palavras: 
 Residência - casa 
 Esposa - mulher (companheira) 
 Automóvel – carro 
 Argumentou – explicou, disse. 
 
 
 
 Evite PLEONASMOS 
(redundâncias/repetição de ideias): 
 Principal protagonista, multidão de gente, subiu para 
cima; 
 Lembrar que o texto deve casar com imagens; 
 JARGÕES: 
 Linguagem de um grupo (gíria) / termo estrangeiro / 
pouco compreensível: 
“O Governo proibiu as empresas aéreas de 
fazer overbooking, ou seja, vender passagens acima da 
capacidade dos aviões.” 
 
Exemplo de estrutura de “off” 
 
CABEÇA 
1. OFF 1 
2. SONORA: NOME DO ENTREVISTADO / PROFISSÃO 
3. PASSAGEM: NOME DO REPÓRTER / ESTADO 
4. OFF 2 
5. SONORA: NOME DO ENTREVISTADO E PROFISSÃO 
6. OFF 3 
7. SONORA: NOME DO ENTREVISTADO E PROFISSÃO 
NOTA-PÉ 
 
A ORDEM NA ESTRUTURA DEPENDE DA CRIATIVIDADE 
DE CADA REPÓRTER 
 OFF: Locução de um repórter coberta por imagens; 
 
Técnicas para tornar o off mais atraente: 
Como começar o “off”: 
- Com o fato mais forte, que pode ser mostrado na 
sonora, na imagem; 
- Com o personagem. 
CONSTRUINDO O “OFF” 
 
 
 
 https://globoplay.globo.com/v/5941616/ 
 
Extraclasse 
REPORTAGEM: Quinze pilotos de parapente se unem no 
desafio de voar com 50 cadeirantes 
 
Exibição / Fantástico: 21/01/2018 
Repórter: Beatriz de Castro / Globo Nordeste 
 
http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2018/01/quinze-
pilotos-de-parapente-se-unem-no-desafio-de-voar-com-50-
cadeirantes.html 
 
 
 REPORTAGEM: Ações de caridade e solidariedade se 
multiplicam pelo país 
 
 Exibição / Jornal Nacional: 21.12.2017 
 Repórter: Fhelipe Siani 
 
 http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2017/12/acoes-
de-caridade-e-solidariedade-se-multiplicam-pelo-pais.html 
 
 REPORTAGEM: Criança e outras duas pessoas morrem 
baleadas em tiroteio no Complexo do Alemão 
 
 Exibição: Jornal Hoje (17.03.2018) 
 
 Repórter: Priscila Chagas / Rio de Janeiro 
 
 https://globoplay.globo.com/v/6587134/ 
 
 
AUTORIZAÇÃO DO 
ENTREVISTADO 
 
 
 Autorização pode ser por escrito; 
 Autorização pode ser declarada verbalmente e 
gravada; 
 
 Risco para o repórter e equipe: entrar em local, 
que não seja público (mesmo assim tem risco). 
 
 Explicando: O uso da imagem ou da voz de uma pessoa, 
salvo nas hipóteses de necessidade da Justiça ou para 
manutenção da ordem pública, só é possível mediante 
autorização. Caso contrário, cabe indenização quando o 
uso indevido tiver finalidade comercial, como prevê o 
artigo 20 do Código Civil. Afinal, a Constituição diz, em 
seu artigo 5º, inciso X, que são invioláveis a intimidade, a 
vida privada, a honra e a imagem das pessoas, enquanto o 
inciso V assegura o direito de responsabilidade à parte 
agravada. 
 
 Crianças – situação de risco social; 
 Menor de idade infrator; 
 Presos – só com autorização; 
 Conversar com um repórter, por si só, já demonstra 
anuência com a publicação de reportagem, mesmo que 
não haja autorização por escrito. Com esse 
entendimento, o Tribunal de Justiça de São Paulo negou o 
direito de um homem ser indenizado pela TV Globo por 
conta de uma reportagem feita com ele depois de seu 
envolvimento em um acidente de trânsito. 
 
O USO DO GRAVADOR 
 
LEITURA DO TEXTO