A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
18 pág.
Funções Organizacionais

Pré-visualização | Página 1 de 2

Introdução à Administração
Sistemas de Informação
Prof.: Danieli Artuzi Pes Backes
1 Funções Organizacionais 
 As funções organizacionais são as tarefas
especializadas que as pessoas e os grupos executam
para que a organização consiga realizar seus objetivos.
 As funções mais importantes de uma organização são:
produção (ou operações), marketing, pesquisa e
desenvolvimento, finanças, contabilidade,
administração de materiais, logística e recursos
humanos. A coordenação de todas essas funções
especializadas é o papel da administração geral.
Prof. Danieli A. P. Backes
1.1 Produção ou operações
 O objetivo básico da função de produção é fornecer o
produto ou serviço da organização.
 No coração de qualquer organização encontra-se um
sistema de operações produtivas, que utiliza e transforma
recursos para fornecer bens e serviços aos clientes, usuários
ou público-alvo.
 No fornecimento de produtos, matérias-primas são
transformadas por meio da aplicação de esforço de pessoas
e do uso de máquinas. Ex.: fabricação de pães, automóveis,
medicamentos.
 Na prestação de serviços, os próprios clientes são
processados e transformados. Ex.: pacientes tratados em
hospitais e alunos educados nas escolas.
Prof. Danieli A. P. Backes
1.2 Marketing 
O objetivo básico da função de marketing é
estabelecer e manter a ligação entre a organização e
seus clientes, consumidores, usuários e público-alvo. A
função de marketing é muito ampla e abrange
atividades de:
 Pesquisa: identificação de interesses, necessidades e
tendências de mercado.
 Desenvolvimento de produtos: criação de produtos e
serviços, inclusive seus nomes, marcas e preços, e
fornecimento de informações para o desenvolvimento
de produtos em laboratório e oficinas.
Prof. Danieli A. P. Backes
1.2 Marketing
 Distribuição: desenvolvimento dos canais de
distribuição e gestão dos pontos de venda.
 Preço: determinação de políticas comerciais e
estratégias de preço no mercado.
 Promoção: comunicação com o público-alvo, por meio
de atividades como propaganda, publicidade e
promoção nos pontos de venda.
 Vendas: criação de transações com o público-alvo (em
muitas organizações, vendas é uma função separada de
marketing).
Prof. Danieli A. P. Backes
1.3 Pesquisa e 
Desenvolvimento
 O objetivo básico da função de pesquisa e
desenvolvimento (P&D) é transformar as informações
de marketing, as ideias originais e os avanços da
ciência em produtos e serviços.
 A função de P&D tem também outras tarefas, como a
identificação e a introdução de novas tecnologias (ex.:
novas matérias-primas e fórmulas) e melhoramentos
nos processos produtivos, para reduzir custos.
Prof. Danieli A. P. Backes
1.3 Pesquisa e Desenvolvimento
 As grandes organizações tem muitas pessoas
trabalhando em atividades de P&D. São técnicos de
todas as profissões que trabalham em laboratórios,
centros de pesquisa e oficinas para idealizar e
desenvolver produtos e serviços de todos os tipos.
 As pequenas organizações às vezes tem também
atividades de P&D, mas, em muitos casos, as ideias e as
formulas são compradas ou copiadas de organizações
maiores e mais inovadoras.
Prof. Danieli A. P. Backes
1.4 Finanças
 A função financeira de uma organização tem por
objetivo a proteção e a utilização eficaz dos recursos
financeiros, o que inclui a maximização do retorno dos
acionistas ou proprietários.
 Ao mesmo tempo, a função financeira busca manter
certo grau de liquidez, para que a organização consiga
cumprir seus compromissos.
Prof. Danieli A. P. Backes
1.4 Finanças
A função financeira abrange as decisões de:
 Investimento: avaliação e escolha de alternativas de 
aplicação de recursos.
 Financiamento: identificação e escolha das alternativas 
de fontes de recursos.
 Controle: acompanhamento e avaliação de resultados 
financeiros da organização.
 Destinação dos resultados: seleção de alternativas para 
aplicação dos resultados financeiros da organização.
Prof. Danieli A. P. Backes
1.5 Recursos Humanos
A função de recursos humanos, ou de gestão de
pessoas, tem como objetivos encontrar, atrair e manter as
pessoas de que a organização necessita. A função de
recursos humanos tem como componentes atividades
como:
 Planejamento de mão de obra: definição da quantidade de
pessoas necessárias para trabalhar na organização e das
competências que elas devem ter;
 Recrutamento e seleção: localização e aquisição de pessoas
com as habilidades apropriadas para a organização;
 Treinamento e desenvolvimento: transformação dos
potenciais das pessoas em competências;
Prof. Danieli A. P. Backes
1.5 Recursos Humanos
 Avaliação de desempenho: informação sobre o desempenho 
das pessoas e definição de ações (como encaminhar para 
treinamento) que permitam o aprimoramento do 
desempenho;
 Remuneração ou compensação: definição de mecanismos 
de recompensas para as pessoas por seu trabalho;
 Higiene, saúde e segurança: proteção das pessoas que 
trabalham para a organização e, em certos casos, de seus 
familiares.
 Administração de pessoal: realização de atividades de 
natureza burocrática, como registro de pessoal, 
manutenção de arquivos e prontuários, contagem de tempo 
de serviço, preparação de folhas de pagamento e 
acompanhamento de carreiras. 
Prof. Danieli A. P. Backes
1.6 Logística
 Logística é definida como a colocação do produto 
certo, na quantidade certa, no lugar certo, no prazo 
certo, com a qualidade certa, com a documentação 
certa, ao custo certo, sendo produzido ao menor custo, 
da melhor forma, e deslocado mais rapidamente, 
agregando valor ao produto e dando resultados 
positivos aos acionistas e aos clientes. 
 Os produtos possuem valor para o cliente quando 
(tempo) e onde (lugar) ele necessita do produto. 
 Para deslocar o produto da indústria até o local 
indicado pelo cliente, a logística se utiliza de diversos 
modais de transportes, como: aéreo, rodoviário, 
ferroviário, dutoviário, fluvial e marítimo. 
Prof. Danieli A. P. Backes
1.6 Logística
 A logística engloba o transporte, o estoque/armazenagem 
de produtos e diversas outras atividades, desde o 
suprimento para a produção até a entrega do produto final 
ao cliente.
 Podemos, ainda, dividir a logística conforme suas 
aplicações, dentre as quais, destacamos: Logística Reversa 
e Logística de Serviços. 
 A Logística Reversa trata de fluxos inversos de itens para 
reparos e devoluções de material de embalagens (pallets, 
pilhas, recipientes de refrigerante, de agrotóxicos etc.), e a 
Logística de Serviços aplica todos os conceitos tradicionais 
de logística na área de serviço. 
 No entanto, ela é aplicada mais em insumos para o serviço 
do que no serviço propriamente dito. Como exemplos, 
temos: escritórios de advocacia, igrejas, consultórios 
médicos, escritórios de contabilidade, etc.
Prof. Danieli A. P. Backes
1.7 Administração de Materiais
 A administração de Materiais é um conjunto de 
atividades que tem por finalidade o abastecimento de 
materiais para a organização no tempo certo, na 
quantidade certa, na qualidade solicitada, sendo tudo 
isso conseguido ao menor custo possível.
 As principais atividades inerentes à Administração de 
Materiais são: Manutenção de Estoques, 
Processamento do Pedido, Compras, Programação do 
Produto, Embalagem de Proteção, Armazenagem, 
Manuseio de Materiais, Manutenção da Informação e 
Transporte. 
Prof. Danieli A. P. Backes
1.7 Administração de Materiais
 A oportunidade, no momento certo para o suprimento de 
materiais, influi no tamanho dos estoques. 
 Suprir antes do momento oportuno acarretará, em 
estoques altos, acima das necessidades imediatas da 
organização. Por outro lado, suprir após o momento 
correto poderá