Buscar

Redes Distribuição Posteamento apresentação

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 42 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 42 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 42 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

REDE DE DISTRIBUIÇÃO 
 
POSTEAMENTO 
É um conjunto de postes que 
sustentam os equipamentos 
e cabos de uma RDA de 
energia elétrica. 
São postes de concreto 
armado do tipo circular e 
seção duplo T, porém em 
algumas concessionárias 
é utilizado o poste circular 
de madeira. Atualmente, o 
Poste mais utilizado é o de 
Seção duplo T por ser o mais 
econômico. 
POSTEAMENTO 
Usaremos no trabalho o poste duplo T devido ao 
fato de possuir duas faces (lisa e cavada), no que 
exige algumas técnicas quanto ao posicionamento 
das estruturas e a sua resistência nominal. O poste 
seção circular, devido ser uma figura simétrica 
(redonda), não possui uma técnica quanto ao 
posicionamento das 
estruturas e a sua 
resistência nominal. 
POSTEAMENTO 
Na tabela a seguir apresenta-se alguns dos postes 
duplo T mais utilizados e que adotaremos nos cálculos 
de esforços: Não usa-se mais os postes de 9 metros. 
 
 
 
 
 
Tipo D: Poste cuja resistência no topo (a 15 cm) é de 
até 200 kgf. 
Tipo B: Poste cuja resistência no topo (a 15 cm) é de 
300 a 600 kgf. 
Tipo B - l,5/1000kgf: Poste cuja resistência no topo (a 
15 cm) é de 1000 kgf. 
POSTEAMENTO 
O termo utilizado B -1,5 surgiu devido à maneira 
como o poste é fabricado na linha de montagem, 
onde retira-se 1,5 m do topo da forma do poste 
B/600 kgf/10,5m e acrescenta-se na base 
(desloca-se a chapa da forma do poste) surgindo 
o B -1,5/1000 kgf/10,5m. Para o poste B -
1,5/1000 kgf/12m, utiliza-se a forma do poste 
B/600 kgf/12m. 
APLICAÇÃO DO POSTE EM FUNÇÃO DA ALTURA 
MÍNIMA 
 
 
 
 
 
 
Postes diferentes dos apresentados na tabela são 
considerados especiais, especificando o tipo ao 
lado da simbologia: 
 
UTILIZAÇÃO DOS POSTES DE 12 METROS 
Derivação de alta tensão com chave de operação 
 
 
 
 
Em todos os postes com transformador 
Tipo de poste 
definido conforme a 
potência do Transformador 
 
UTILIZAÇÃO DOS POSTES DE 12 METROS 
Dimensionamento dos postes em função do 
transformador: 
De acordo com a potência do transformador será 
determinada a resistência nominal do poste, 
porém a altura deverá ser sempre de 12 metros. 
 
 
UTILIZAÇÃO DOS POSTES DE 12 METROS 
Nos cruzamentos aéreos de alta tensão e baixa 
tensão 
 
 
 
 
 
Quando usam-se postes de 10,5m no cruzamento, 
rebaixam-se as cruzetas de uma das redes de AT 
em 50 cm. Prejudica os cabos de telecomunicações 
 
 
 
 
 
 
 
CRUZAMENTO AÉREO 
POSIÇÃO DO POSTE DUPLO T EM RELAÇÃO A 
REDE DE DISTRIBUIÇÃO 
O poste pode estar posicionado em relação ao 
eixo da rede de distribuição na posição normal ou 
de topo. 
Posição Normal: a situação em que a face lisa é 
paralela ao eixo da rede. Mais usada. 
 
 
POSIÇÃO DO POSTE DUPLO T EM RELAÇÃO A 
REDE DE DISTRIBUIÇÃO 
Posição Topo: a face cavada é paralela ao eixo da 
rua e a face lisa está voltada para a situação de 
maior esforço no poste, devendo ser 
dimensionados considerando-se a atuação do 
vento no poste, os equipamentos e os condutores. 
ENGASTAMENTO 
É a região do poste encoberta pelo solo (dentro do 
solo). A implantação do poste no solo deverá assegurar 
que o mesmo não sofra inclinação em qualquer época, 
independente da flexão que atua no mesmo devido ao 
tracionamento do cabo. Assim, a ABNT definiu através 
da taxa de trabalho do solo que o poste deverá ser 
engastado (enterrado) num comprimento "C", tal que: 
 C= (L/l0) + 0,6 m 
 
L = comprimento do poste em metros 
C = engastamento do poste em metros 
 
ENGASTAMENTO 
POSIÇÃO DO POSTE NA RUA OU AVENIDA 
O posicionamento inicial dos postes será dado em 
função da largura da rua ou da avenida. 
POSIÇÃO DO POSTE NA RUA OU AVENIDA 
POSIÇÃO DO POSTE NA RUA OU AVENIDA 
 
 
 
 
 
 
 
O posicionamento da rede secundária em algumas 
concessionárias segue a mesma posição do 
posteamento simples no central ou duplo. 
DISTÂNCIA ENTRE VÃOS 
A distância entre os postes deverá permanecer 
na faixa de 30 a 40 metros. Nos locais de maior 
densidade populacional a distância deve ficar 
entre 30 e 35 metros. Onde existir somente rede 
primária, o posteamento poderá inicialmente ter 
vãos de 60 a 80 metros prevendo-se futuras 
intercalações de postes. Nas zonas rurais o vão 
ficará entre 40 a 80 metros. Quando o vão for 
superior a 50 metros, o espaçamento entre os 
condutores da rede secundária deverá ser 
aumentado de 20 para 40 cm. 
DISTÂNCIA ENTRE VÃOS 
 
 
 
 
 
 
No projeto, indicar o vão dentro da quadra e se 
possível centralizado em relação aos postes. 
A distância entre vãos deve ser um número inteiro. 
DISTÂNCIA ENTRE VÃOS 
Existe situações onde um poste auxiliar é instalado 
a uma distância de 2 a 5 metros do outro poste, 
para possibilitar a relocação da luminária que está 
atrapalhando a rede de telecomunicações na sua 
faixa de instalação no poste. Outra situação de vão 
menor de 30 metros é quando intercala-se um 
poste para dar atendimento a um consumidor 
ligado em alta tensão. 
CRUZAMENTO AÉREO 
Os dois postes mais próximos do cruzamento aéreo deverão estar a uma 
distância de no mínimo 2 metros à 7 metros da esquina, a partir da linha de 
propriedade (alinhamento frontal do terreno). Geralmente são adotados 5 
metros para ambos os postes (distância adotada pela maioria das 
concessionárias do Brasil). 
Esta distância deve ser observada 
Para que do poste ao cruzamento 
aéreo a distância não seja superior 
à terça parte deste vão (devido à 
ação do vento). Para um vão de 
40m, a distância do centro do 
poste ao cruzamento aéreo não 
deve ser superior a 13,0 metros. 
 
MONTAGEM DO CRUZAMENTO AÉREO 
MONTAGEM DO CRUZAMENTO AÉREO 
LOCAÇÃO DOS POSTES 
Devem ser locados sempre que possível nas divisas 
dos lotes ou no meio deste. 
Não locar em frente de entradas de garagens, guias 
rebaixadas, postos de gasolina, ao lado de praças. 
Evitar também em frente a anúncios luminosos, 
marquises e sacadas, e para isso, utilizar 
afastadores para rede secundária e estrutura tipo 
beco para rede primária. 
Para evitar os desligamentos oriundos de curtos-
circuitos provocados pelos galhos de árvores e fios 
de raias (pipas) utiliza-se a rede compacta. 
LOCAÇÃO DOS POSTES 
DISTÂNCIA DO POSTE AO CONSUMIDOR 
O comprimento máximo para a instalação do 
ramal de ligação do consumidor (do poste da 
concessionária ao poste do consumidor) é de 30 
metros, e no final da rede secundária pode chegar 
a 35 metros. Podem ser ligados no máximo seis 
ramais de ligação em baixa tensão por poste. 
POSIÇÃO DO POSTE NA CALÇADA 
Os postes serão instalados na calçada a 0,50 m 
do meio fio (medida tirada a partir do centro do 
poste) e em calçadas não inferiores a 2 metros de 
largura, e para esses casos deve prever estruturas 
tipo beco ou compacta na rede primária. 
NUMERAÇÃO DOS POSTES NA CALÇADA 
Para identificar o poste no projeto facilitando no momento da 
confecção da relação de material e/ou fiscalização após a sua 
construção, os mesmos deverão ser numerados 
seqüencialmente, com a numeração colocada dentro da quadra 
próxima do poste e de acordo com os seguintes critérios: 
- Iniciar a numeração dos postes dispostos horizontalmente, da 
esquerda para a direita, partindo das ruas superiores para as 
ruas inferiores. Após o último poste dessa seqüência, continuar 
a numeração passando para os postesposicionados na vertical, 
numerando-os de cima para baixo, e das ruas do lado esquerdo 
para as ruas do lado direito; 
- Para os postes dispostos em linhas inclinadas, considera-se 
como horizontais se os mesmos formarem com a horizontal um 
ângulo igual ou menor que 45°, e verticais, se o ângulo for 
superior a 45°; 
- Se o poste pertencer aos alinhamentos horizontal e vertical ao 
mesmo tempo, receberá o número correspondente ao 
alinhamento horizontal. 
NUMERAÇÃO DOS POSTES NA CALÇADA 
INÍCIO DA REDE DE DISTRIBUIÇÃO 
A Rede primária inicia no pórtico de uma 
subestação elétrica e alimenta os transformadores 
de distribuição e/ou pontos de entrega sob a 
mesma tensão primária nominal. 
CONFIGURAÇÃO BÁSICA DA REDE PRIMÁRIA 
Radial simples 
São aqueles circuitos em que o fluxo de potência 
tem um único trajeto, da fonte para a carga. 
Apresenta baixa confiabilidade devido à falta de 
recurso para manobra. 
 
CONFIGURAÇÃO BÁSICA DA REDE PRIMÁRIA 
Radial com recurso 
São aqueles circuitos em que o sentido do fluxo de 
potência poderá ser orientado por diversos trajetos até 
as cargas, conforme as configurações de manobra. 
Utilizados em áreas com grande densidade de carga ou 
que queiram maior grau de confiabilidade devido às 
suas particularidades (hospitais, centro de computação 
e outros), não devem afetar a continuidade de 
fornecimento. Apresentam as seguintes características: 
existência de interligação normalmente aberta entre os 
alimentadores adjacentes de uma mesma subestação; 
limitação do número de consumidores interrompidos 
por defeito, e diminuição do tempo de interrupção em 
relação ao sistema radial simples. 
CONFIGURAÇÃO BÁSICA DA REDE PRIMÁRIA 
Radial com recurso 
 
PARTES COMPONENTES DE UM CIRCUITO 
PRIMÁRIO 
Tronco de alimentador 
Saem do pórtico de uma subestação com cabos de 
bitolas que absorvam todas as cargas dos 
transformadores, e deve ter um encaminhamento 
técnico-econômico viável para manobras e futuras 
expansões. Procurar sempre a interligação entre 
alimentadores para que no momento da manobra 
emergencial ou de manutenção, um alimentador 
possa absorver parte da carga de um outro. 
PARTES COMPONENTES DE UM CIRCUITO 
PRIMÁRIO 
Ramal de alimentador 
Derivam dos troncos dos alimentadores e sempre 
que possível em paralelo, um em relação ao outro, 
para possibilitar a sua expansão. Levar em 
consideração a fonte de energia visando seguir o 
caminho mais curto. Na saída do tronco do 
alimentador, o ramal deve possuir chaves de 
operação para a sua manobra. 
PARTES COMPONENTES DE UM CIRCUITO 
PRIMÁRIO 
Os troncos de alimentadores são geralmente de 
bitola 336,4 MCM, e os ramais de alimentadores 
são de bitola 2 AWG. No desenho, estas bitolas são 
representadas como 33 e 02 respectivamente. 
ALIMENTADOR CABO 336,4 MCM 
POSIÇÃO DA REDE PRIMÁRIA 
Posição tangente em relação ao poste. Paralela à 
linha de propriedade, centrada em relação aos 
símbolos dos postes e com linha tracejada. 
POSIÇÃO DA REDE PRIMÁRIA 
Fim da rede primária(ancoragem) no poste. 
 
No 1º poste posição 
tangente e no 2º poste 
temos uma ancoragem 
(fim de rede). 
ESPECIFICAÇÃO DA REDE PRIMÁRIA 
Paralela à linha de propriedade. Centralizada em 
relação ao vão. Aproximadamente a 7 mm do 
traçado da rede de baixa tensão. 
RECORDANDO 
A Rede Primária deve ser representada no 
desenho, passando pelo poste tanto em tangente 
como em fim de linha (ancoragem).