A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
Alimentação natural para cães

Pré-visualização | Página 1 de 1

Alimentação Natural do Cachorro Verde
Alimentação para cães à base de carnes e ossos crus + vegetais e suplementos
Quantidade: 2,5% a 3,5% do peso ideal do cão adulto (em g)
ajustar a % conforme a necessidade
+ óleo vegetal + iogurtenatural levedo decerveja em pó+ + alho picado
divididos em 2 refeições diárias
1 colher de chá - cães pequenos
1 colher de sobremesa - cães médios
1 colher de sopa - cães grandes
1 colher de café - cães pequenos
1 colher de chá - cães médios e grandes
de dente - cães pequenos
de dente - cães médios 
de dente - cães grandes
1/8
1/4
1/2
Ossos devem sempre ser oferecidos crus. 
Desta forma eles são seguros para a 
ingestão, não formam lascas nem perfuram 
o estômago ou intestino dos cães.
É seguro oferecer carnes cruas desde que 
estas tenham sofrido congelamento em 
freezer por pelo menos 72h para destruir 
parasitos.
Os custos de se alimentar um cão com 
Alimentação Natural são variáveis, mas 
costumam ficar entre os mesmos valores de 
uma ração super premium, ou menores.
Como preparar:
1- Calcule quanto de cada ingrediente você vai precisar para 
alimentar seu cão por um determinado período (ex: 1 mês).
2- Compre todos os ingredientes.
3- Forme as porções diárias do seu cão acondicionando os meaty 
bones, carnes, vísceras e vegetais (liquidificados ou cozidos) nas 
quantidades corretas em potes ou saquinhos.
4- Congele tudo.
5- Descongele a porção diária que será servida na parte mais baixa 
da geladeira com 24h de antecedência.
6- Divida a porção diária em 2 refeições.
7- Acrescente os suplementos e sirva uma refeição pela manhã e 
a outra no fim do dia.
Ingredientes:
Meaty bones: pescoço, asas ou dorsos de frango, pescoço ou asa 
de peru, codorna inteira, coelho inteiro, pato - sem gordura.
Carnes: qualquer corte de carne bovina, suína, ovina ou caprina 
sem ossos, peito de frango sem ossos, peito de peru, peixes, 
língua bovina, coração bovino, moela, ovos.
Vísceras: fígado bovino ou de frango, rim bovino, baço.
Vegetais crus (liquidificados): abóbora, abobrinha, beterraba, 
cenoura, vagem, pimentão, quiabo, couve, rúcula, brócolis.
Vegetais cozidos: batata, mandioquinha, inhame, batata-doce, 
cenoura, beterraba.
* É importante variar os alimentos para garantir a ingestão de 
nutrientes diferentes.
Introdução gradativa:
1º dia: 90% ração + 10% pescoço de frango
2º dia: 80% ração + 20% pescoço de frango
3º dia: 70% ração + 30% pescoço de frango
4º dia: 60% ração + 40% pescoço de frango
5º dia: 50% ração + 40% pescoço de frango + 10% carne
6º dia: 30% ração + 50% pescoço de frango + 10% carne + 10% vegetais
7º dia: 10% ração + 50% pescoço de frango + 20% carne + 20% vegetais
8º dia: 50% pescoço de frango + 15% carne + 25% vegetais + 10% vísceras
A partir do 10º dia introduzir um suplemento por dia.
Depois de introduzir todos os suplementos, pode começar a variar os 
alimentos.
Importante:
Antes de começar a oferecer
Alimentação Natural ao seu cão
consulte o Médico Veterinário!
50%
meaty
bones
15%
carnes
10% vísceras
25% 
vegetais
Mais detalhes sobre a Alimentação Natural do 
Cachorro Verde podem ser encontrados em:
www.cachorroverde.com.br
Cachorro Verde
www.cachorroverde.com.br
Alimentação Natural para Cães e Gatos
Criação: Sylvia Angélico e Vanessa Fermino - www.cachorroverde.com.br
É permitida a distribuição gratuita deste material.
	Page 1

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.