POLITICA DA QUALIDADE

Disciplina:Qualidade na Construção Civil22 materiais92 seguidores
Pré-visualização4 páginas
Disciplina: Planejamento e qualidade na construção civil
Prof.ª Aledir Pereira de Magalhães
Várzea Grande - MT
2016/2
	

EXECUÇÃO DE SERVIÇOS
Qualidade?

INTRODUÇÃO

Com o intuito de apresentar a gestão da qualidade como instrumento participativo das ações
empresariais, os conceitos seguem um fluxo apresentado na figura 1 , acima.
Qualidade

Qualidade
Qualidade
Custo $
Tempo
Qualidade
Plan
DO

Check
Action
PLAN
DO
CHECK
ACTION
Oriental
Ocidental
MUDANÇAS

Zona de Conforto

Kai = Mudar
Zen = Perfeição
Melhoria
Contínua
Conceito Moderno de Qualidade
História da Qualidade;
Gurús da Qualidade
Gurús da Qualidade

William Edward Deming

Saia da Crise (Out Of Crisis)

14 passos de Deming.
Gurús da Qualidade – William Edward Deming
Nascido em 1900, faleceu em 1994. Deming introduziu a filosofia da qualidade total na indústria japonesa do pós-guerra juntamente com o colega Juran. Foi quase um deus para os gestores japoneses, que, em 1951, criaram um prêmio de qualidade em sua homenagem (o Deming Prize), para premiar pessoas que contribuíram para o controle de qualidade e aplicações de métodos estatísticos, e empresas que apresentem elevado desempenho da qualidade.
 O seu conceito é simples, mas revolucionário: os níveis de variação da qualidade podem ser reduzidos se geridos através do controlo estatístico. Deming elaborou no seu livro Out of Crisis os célebres 14 passos para a qualidade total.
 
1. Para a melhoria de produtos/serviços deve-se estabelecer uma constância de propósitos de forma a tornar a organização competitiva e mantê-la em atividade, assim como criar empregos;
2. “Adote a filosofia”. Segundo Deming as organizações ocidentais deveriam acordar para o “novo desafio”, pois agora estamos em uma nova era econômica onde é se faz necessário que a administração ocidental assuma seu papel de liderança neste processo de transformação;
 3. Deming defendia que a qualidade deve fazer parte do produto/serviço desde o início, ou seja, deveria ser eliminada a necessidade de inspeção (que só detecta as falhas depois que elas já ocorreram);

4. Para Deming o mais importante na aprovação de orçamentos não deveria ser o preço, mas a diminuição do custo total, para isso, deve-se desenvolver um fornecedor para cada matéria-prima ou insumo de forma a tornar o relacionamento mais duradouro, confiável e leal;

5. Outra forma de reduzir os custos deveria ser a busca constante por melhorias no processo/serviço de forma a aumentar produtividade e a qualidade;
6.“Institua treinamento no local de trabalho”. Manter uma mão-de-obra qualificada diminui os erros no processo por falha humana;

7. Deve ser instituída a “liderança”. As “chefias” habituais devem ser revistas. O objetivo do líder é proporcionar as condições adequadas para uma execução melhor do trabalho;

8. O medo deve ser eliminado a fim de possibilitar que todos trabalhem de forma eficaz e tranqüila;

9. Todos devem trabalhar de forma conjunta. Os departamentos devem trabalhar juntos de forma a prever e evitar possíveis falhas;
10. Segundo Deming deve ser eliminada qualquer alusão a metas do
tipo “zero defeitos”, pois, elas servem apenas para causar inimizades
 e desmotivação uma vez que a maioria das falhas encontra-se nos
processos e não estão ao alcance da maioria dos trabalhadores;

11. Deve ser implantada a gestão por processos e substituídas todas
 as quotas na linha de produção. Elas devem ser substituídas pela liderança;

12. Possibilite que os colaboradores orgulhem-se de seu desempenho e mude os conceitos de responsabilidades de “números absolutos” para “qualidade” (abolição da avaliação anual de desempenho e da administração por objetivos).

13. A organização deve instituir um sólido programa de treinamento a fim de possibilitar o auto-aprimoramento da equipe;

14. Todos devem estar envolvidos no processo de realização da transformação.

Eficácia X Eficiência

Exercícios
1). “Um dos princípios do método desenvolvido por William E. Deming é a criação de slogans, exortações e metas nos quais se peça aos empregados “zero defeito”. Segundo esse teórico, a adoção deste método eliminaria a ocorrência de defeitos desde o início do ciclo produtivo”. A afirmação pode ou não estar correta, então, comente a questão com base nos princípios de Deming.

Exercícios
2. “Deming preconizava a competitividade entre os fornecedores, que, segundo ele, poderia reduzir custos e aumentar a qualidade dos insumos, dada a necessidade de constante negociação entre a organização e o rol de fornecedores”. A afirmação pode ou não estar correta, comente a questão com base nos princípios de Deming.
GURÚS DA QUALIDADE
JOSEPH JURAN
QUALITY HANDBOOK
TRILOGIA JURAN

GURÚS DA QUALIDADE - JURAN
Juran nasceu em 1904, na Romênia, emigrou para os Estados Unidos em 1912, licenciou-se em engenharia e direito. Foi convidado para dar uma série de palestra no Japão, que mais tarde foram reconhecidas como a base do foco na qualidade adotado pela indústria japonesa pós-guerra.
Ao lado de Edward Deming ele entrou na mitologia da gestão como um dos dois norte-americanos cujo mérito das ideias sobre qualidade só foi reconhecido no exterior.

Juran foi o segundo revolucionário da qualidade e seu livro Quality Control Handbook, publicado em 1951, tornou-se a bíblia da qualidade nos Estados Unidos, Japão e no mundo.

Juran acredita que o conceito de qualidade têm mudado, e que o mundo ocidental precisa aprender e adotar os princípios da Qualidade japonesa.

GURÚS DA QUALIDADE- JURAN
As principais contribuições de JURAN foram na definição e organização dos custos da qualidade e no enfoque da qualidade como uma atividade administrativa.

Qualidade é o conjunto das atividades através das quais atingimos a adequação ao uso, não importando em que parte da organização estas atividades são executadas.

GURÚS DA QUALIDADE- JURAN
Trilogia de Juran

Planejamento da Qualidade
Controle da Qualidade
Aperfeiçoamento da Qualidade

A implantação desta abordagem é baseada na formação de equipes de projeto para resolução de problemas, um a um, melhorando a qualidade continuamente.
GURÚS DA QUALIDADE- JURAN
Trilogia de Juran

Planejamento da Qualidade – considerar a qualidade desejada e projetar meios para alcançá-las.
Identificar as necessidades dos clientes;
Projetar produtos adequados a elas;
Planejar processos adequados aos produtos.

Controle da Qualidade – diagnosticar erros ou acertos no processo
Avaliar o desempenho real da qualidade;
Comparar o desempenho com as metas;
Propor medidas corretivas, quando necessário.

GURÚS DA QUALIDADE- JURAN
Trilogia de Juran

Aperfeiçoamento da Qualidade – propor patamares de qualidade cada vez mais altos.

 Determinar o que é necessário para melhorara a qualidade;
 Definir projetos e seus responsáveis;
 Treinar, motivar e apoiar as equipes.

Exercícios
3. Explique o que significa cada item “Joseph Juran foi o primeiro aplicar a qualidade à estratégia empresarial. Para ele, a qualidade se divide em três pontos (trilogia da qualidade): planejamento, controle e melhoria da qualidade”.

GURÚS DA QUALIDADE
KAORU ISHIKAWA

JUSE , CCQ
DIAGRAMA CAUSA E EFEITO

GURÚS DA QUALIDADE
KAORU ISHIKAWA

Creio que em nossa área não há quem não conheça o Diagrama Espinha de Peixe, conhecido também por Diagrama de Causa-e-Efeito ou Diagrama de Ishikawa, esta denominação devido ao nome de seu criador,Kaoru Ishikawa (1915-1989). Porém muitos não sabem que a Qualidade como conhecemos hoje deve muito mais a esse homem do que essa ferramenta. Ishikawa respirou e transpirou Qualidade por praticamente toda a sua vida, influenciando profunda e permanentemente diversos conceitos da Gestão da Qualidade.
GURÚS DA QUALIDADE - KAORU ISHIKAWA

Kaoru nasceu em Tóquio, no ano de 1915. Graduou-se em Química na Universidade de Tóquio em 1939 e, daí até 1941, trabalhou no exército como técnico naval. Sua carreira empresarial