Resolucao de  quimica analitica 2
4 pág.

Resolucao de quimica analitica 2


DisciplinaQuímica Analítica II354 materiais2.595 seguidores
Pré-visualização1 página
Resolucao de quimica analitica 2
7. O alumínio pode ser determinado por titulação com EDTA: Al3+ + H2Y2- -> AlY- + 2 H+. Uma amostra de 1,00 g contendo Al2O3 requer 20,50 mL de solução de EDTA. Sabendo que para titular 25,00 mL de uma solução 0,100 M de CaCl2 se gastou 30,00 mL de EDTA, calcule a percentagem de Al2O3 na amostra.
	n EDTA = n Ca2+ = [Ca2+] * v Ca2+
	Substituindo :
	n EDTA = 0,100 M * 25,00 mL = 2,50 mmol
	[EDTA] = nEDTA / vEDTA = 2,50 mmol / 30,00 mL = 0,0833 M
	Para titular a amostra, são necessários 20,50 mL desta solução, i,e,:
	nAl3+ = nEDTA = [EDTA] * vEDTA = 0,0833 M * 20,50 mL = 1,708 mmol,
	o que corresponde a uma massa de Al2O3 :
	m Al2O3 = n Al2O3 * MM(Al2O3 ) = ½ nAl3+ * MM(Al2O3 ) = ½ * 1,708 mmol * 101,961 g/mol = 87,09 mg
	ou seja:
	87,09 mg/1,00 g = 8,71 % de Al2O3 na amostra dada,
Desvios à Lei de Lambert-Beer 
A linearidade da lei de Lambert-Beer é limitada por fatores químicos e instrumentais. As principaiscausas de desvio à linearidade são:
variações do coeficiente deabsortividade para concentrações elevadas (>0.01M)devido a interações electrostáticas entre moléculas vizinhas;
dispersão da radiação devido a partículas em suspensão na amostra (solução);fluorescênciaou fosforescência da amostra;
alterações no índice de refracção para concentrações elevadas de analito;
desvios no equilíbrio químico dependentes da concentração do analito;
radiação nãomonocromática, este desvio pode ser minimizado se a análise for efetuada na zona \u201cplana\u201d do espectro que corresponde ao máximo de absorção do analito;
radiação dispersa.
A lei de Lambert-Beer é a principal base das técnicas espectroscópicas de  absorção, nomeadamente em UV-Visível. Porém, e tal como todas as leis, possui  determinadas limitações.  Os desvios a esta lei podem ser de dois tipos distintos: instrumentais ou  químicos. 
Os desvios de natureza instrumental podem resultar do facto da radiação  incidente na amostra não ser totalmente monocromática, dando origem a interações com as partículas em solução, surgindo uma radiação parasita. Além disso, podem  resultar de imperfeições instrumentais que provocam perda de uma parte da radiação  incidente através de fenómenos dedispersão, sendo este fenómeno mais notório para  comprimentos de onda baixos. 
No caso dos desvios químicos, estes resultam de variações não quantificadas de  concentração da espécie absorvente,podendo estasresultar de três fatores distintos. No  primeiro caso podemos ter soluções com elevada concentração na espécie absorvente,  dando origem a interações ou associações entre as partículas.Por outro lado, podem ocorrer, também, equilíbrios químicos simultâneos, como  por exemplo, os de complexão, gerando-se pontos isobésticos (pontos no espectro em \ufeffDesvios à Lei de Lambert-Beer 
A linearidade da leide Lambert-Beer é limitada por fatores químicos e instrumentais. As principaiscausas de desvio à linearidade são:
variações do coeficiente deabsortividade para concentrações elevadas (>0.01M)devido a interações electrostáticas entre moléculas vizinhas;
dispersão da radiação devido a partículas em suspensão na amostra (solução);fluorescência ou fosforescência da amostra;
alterações no índice derefracção para concentrações elevadas de analito;
desvios no equilíbrio químico dependentes da concentração do analito;
radiação nãomonocromática, este desvio pode ser minimizado se a análise for efetuada na zona \u201cplana\u201d do espectro que corresponde ao máximo de absorção do analito;
radiação dispersa.
	Desvios da Lei de Lambert-Beer
	Nem todas as reações colorimétricas seguem a lei de Lambert-Beer, sendo esta válida para condições restritas, em que:
\u2022  A luz utilizada é aproximadamente monocromática;
\u2022  As soluções a serem analisadas estejam diluídas (baixas concentrações);
\u2022  Não devem estar presentes na mesma solução mais de uma substância absorvente de luz;
O aumento da concentração da substância analisada não altera as caracteristicas químicas do meio. A principal causa de desvios da lei é a utilização de soluções concentradas. Essa observação pode ser ilustrada pelo gráfico da Figura 1.6, no qual o aumento na concentração é acompanhado pelo aumento crescente e proporcional de A, até um ponto limite. A partir deste ponto (soluções concentradas), deixa de existir a proporcionalidade linear entre os valores (ver Figura 1.6).
Limite de linearidade representa o limite de concentração para a qual a lei de Lambert-Beer é válida.
Para concentrações superiores ao limite de linearidade observado no desvio da lei de Lambert-Beer, deixa de existir a proporcionalidade linear entre concentração e absorbância.
Limite de linearidade representa o limite de concentração para a qual a lei de Lambert-Beer é válida.
Para concentrações superiores ao limite de linearidade observado no desvio da lei de Lambert-Beer, deixa de existir a proporcionalidade linear entre concentração e absorbância.
Aí pessoal, pra aquele mesmo trabalho da facul........ 
Tô precisando de uma tabela, ou algum lugar que fale a faixa de frequência que cada instrumento trabalha em média..... tipo 
Faixa de frequências que trabalha: 
Guitarra 
Baixo 
Bateria..... 
Caixa 
Surdo 
Tons 
Pratos 
Bumbo 
Voz Masculina 
Voz Feminina 
1) Qual o pirncipio dos seguintes métodos analíticos?
a) Espectrofotometria: descreve a técnica que utiliza a luz par amedir a concentração de uma espécie química. A fonte de radiação emite da região visível ate a região UV. O espectrofotômetro é um instrumento que permite comparar a radiação absorvida ou transmitida por uma solução que contem uma quantidade desconhecida de soluto, e uma quantidade conhecida da mesma substancia.
b)Espectroscopia de absorção atômica: método de analise uasado pás=Ra determinar qualitativamente e quantitativamente a presença d emetais. O método consiste em determinar a presença e qauntidade de um determinado metal em uma solução. Usando como prinicipio a absorção de uma radiação ultravioleta por partes dos elétrons.
b) Espectroscopia de emissão atômica: utiliza a mediação qauntitativa da emissão óptica de átomos excitados para determinar a concentração da substancia a ser analisada. Os átomos do analito na solução são aspirados na região de excitação onde são dissolvidos, vaporizados e atomizados por uam chama,descarga ou plasma. Estas fontes de atomização a altas temperaturas fornecem energia suficiente para promover os átomos a altos níveis de energia. Os átomos voltam a níveis mais baixos emitindo luz.
c) Diferencie as técnicas EAA e EEA?
Espectofotometria de absorção atômica (EAA), é baseado na medida do comprimento de onda ou das intensidades da REM aborvidas pela amostra: na analise quantitativa, o numero de fótons absorvidos é função da concentração ou numero dos átomos, íons ou moleculas das espécies absorventes, na analise qualitativa, os comprimentos de onda absorvida são característicos dos átomos, íons ou moléculas que abosrvem.
Métodos de emissão espectofotometria atomica (EEA), baseados na emissão da energia radiante emitida por átomos, íons ou moléculas excitados. Na analise qualitativa, se baseia na medição dos comprimentos d eonda de radiação e na analise quantitativa, se mede a intensidade da radiação emitida.
3)O que significa dizer que um átomo esta no estado fundamental?
É o estado mais estave de um átomo. Apresenta uma quantidade mínima de energia. Sua distribuição eletrônica é caracterizada pelo fato de seus eletroins \u201cocuparem\u201dos memnores valores possíveis de enrgia.
4) De uma amneira sucinta , descreva a origem atômica da luz.
A luz é vista como partícula e como onda, sendo ambas complementares. Atualmente se aceita o fato de que a luz tem caráter dual: os fenimenos de reflexão, refração, interferência, difração e polarização da luz podem ser explicados pela tória ondulatoris e os de emissão e absorção da luz podem ser explicados pela teoria corpuscular.