Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
14 pág.
von neumann (1)

Pré-visualização | Página 1 de 1

Arquitetura de 
Von Neumann
Arquitetura de Von Neumann
A Arquitetura de von Neumann é uma arquitetura de
computador que se caracteriza pela possibilidade de uma
máquina digital armazenar seus programas no mesmo
espaço de memória que os dados, podendo assim
manipular tais programas. Esta arquitetura é um projeto
modelo de um computador digital de programa
armazenado que utiliza uma unidade de processamento
(CPU) e uma de armazenamento ("memória") para
comportar, respectivamente, instruções e dados.
Von Neumann
 John von Neumann;
 Nascido em Budapeste, 28 de
dezembro de 1903;
 Morreu em Washington, DC., 8 de
fevereiro de 1958;
 Membro do Instituto de Estudos
Avançados em Princeton, New
Jersey;
 Contribuiu com a teoria de
conjuntos, análise funcional,
mecânica quântica, ciências da
computação, teoria dos jogos,
análise numérica e outras áreas
da matemática.
Máquina de Von Neumann
 A máquina proposta por Von Neumann reúne os 
seguintes componentes:
1. Uma memória;
2. Uma unidade de aritmética e lógica (ALU);
3. Uma unidade de central de processamentos (CPU), 
composta por diversos registradores, e
4. Uma Unidade de Controle (CU), cuja função é a 
mesma da tabela de controle da Máquina de Turing 
Universal: buscar um programa na memória, 
instrução por instrução, e executá-lo sobre 
os dados de entrada.
 Primeira Parte Específica - Central Arithmetic (CA): O dispositivo 
deve realizar as operações elementares da aritmética mais 
frequentemente, e por este motivo deve ter unidades especializadas 
apenas para essas operações.
 Segunda Parte Específica - Control Center (CC): A sequenciação
apropriada das operações pode ser executada, de forma mais eficiente,
por um controle central.
 Terceira Parte Específica:
 Memória (M): Qualquer dispositivo que tiver que executar longas e
complicadas sequências de operações precisa ter uma memória
considerável.
 Recording (R): Deve ser capaz de manter contato com a entrada e a
saída, que são como os neurônios correspondentes sensoriais e
motores do cérebro humano.
• Quarta Parte Específica - Input (I): É necessário ter unidades para 
transferência de informações de R para M.
• Quinta Parte Específica - Outuput (O): É necessário ter unidades
para transferência de informações de M para R.
A ideia do computador de programa armazenado, mudou tudo
isso: um computador que pelo projeto inclui um conjunto de
instruções e pode armazenar na memória um conjunto de instruções
(programa) que detalha o cálculo. Um projeto de programa
armazenado também permite que os programas possam se modificar
durante a execução.
Todos os elementos dessa arquitetura são alinhados da estrutura
hardware do CPU, assim o sistema pode realizar todas as suas
atividades sem apresentar erros no desempenho.
As funções dos componentes
• FUNÇÃO DA CPU: A unidade central de processamento tem como 
função executar programas que estão armazenados na memória 
principal, buscar as instruções desses programas, examinar essas 
instruções e executar as instruções uma após a outra (sequência).
• FUNÇÃO DA UC: A unidade de controle tem como função buscar
instruções na memória principal e determinar o tipo dessas
instruções.
• FUNÇÃO DA ULA: A unidade lógica aritmética tem como função
efetuar operações aritméticas e efetuar operações booleanas (E, OU,
NOT, etc);
 FUNÇÃO DOS REGISTRADORES: Os registradores da unidade 
central de processamento são memórias de altíssima velocidade que 
armazenam resultados temporários. Alguns registradores têm uma 
função e um tamanho específico (em bits e/ou bytes) e são 
lidos/escritos em alta velocidade pois são internos à CPU. A CPU não 
consegue manter todos os valores manipulados por um programa 
apenas em registradores, por isso necessita de uma memória para o 
armazenamento das informações.
 FUNÇÃO DO PC: A função do Contador de programa, ou Programm
Counter, é o de indicar a próxima instrução a ser buscada para 
execução pela CPU. Esse é um exemplo de registrador com função 
específica.
 FUNÇÃO DO IR: A função do Registrador de Instrução é o de conter 
(armazenar) a instrução que está sendo executada no momento. Este 
é um outro exemplo de registrador com função específica.
Gargalo de Von Neumann
O fato de existir somente um barramento de sistema 
que interliga seus componentes principais acarreta no 
gargalo de Von Neumann.
Isso porque a cada ciclo do computador somente uma 
instrução ou um dado trafega pelo barramento do sistema.
Gargalo de Von Neumann
 Refere-se ao tráfego no barramento
I. Vai endereço da instrução, volta instrução;
II. Vão endereços dos operandos;
III. Vão e voltam os operandos.
 Para eliminar o Gargalo de Von Neumann: diminuir o tráfego de
informações
I. Manter informações na CPU;
II. Diminunir o tamanho dos bits de informações;
III. Inclusão dos registradores.
Ciclo de execução
O ciclo de execução diz respeito à forma com que uma instrução é 
executada pela CPU:
1. A unidade de controle busca a próxima instrução do programa
na memória principal;
2. O contador de programa é usado pela unidade de controle para
determinar onde a instrução está localizada;
3. A instrução é decodificada para uma linguagem que a unidade lógica
aritméticapossa entender;
4. Os operandos de dados requeridos para executar a instrução são
carregados da memória e colocados em registradores;
5. A unidade lógica aritmética executa a instrução e coloca os
resultados em registradores ou na memória.