Modelo Ação de Locupletamento
3 pág.

Modelo Ação de Locupletamento


DisciplinaDireito Processual Civil I41.294 materiais727.182 seguidores
Pré-visualização1 página
ADVOCACIA CORDEIRO
Edicarlos dos Santos Cordeiro
Advogado | OAB/PR 88.867
EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DE DIREITO DO JUIZADO ESPECIAL CÍVEL DA COMARCA DE PITANGA \u2013 ESTADO DO PARANÁ 
XXXXXXXXXXXXXXXX, brasileiro, casado, empresário, portador do CPF nº XXXXXXXXXX e da Cédula de Identidade RG nº XXXXXXXXX SESP-PR, residente e domiciliado na Rua Tal, cidade das Flores, Estado do Paraná, CEP XXXXXXX, por intermédio de seu advogado e bastante procurador (procuração anexa), com escritório profissional situado no rodapé desta, onde recebe notificações e intimações, com endereço eletrônico contato@advocaciacordeiro.adv.br, vem perante Vossa Excelência, com fundamento no Código de Processo Civil c/c o artigo 53 da Lei 9.099/95, ajuizar a presente:
AÇÃO ORDINÁRIA DE LOCUPLETAMENTO ILÍCITO
em face de XXXXXXXXXXXXXXXX, brasileiro, inscrito no CPF nº XXXXXXXXXX, portador do RG nº XXXXXXXXXX SESP/PR, residente e domiciliado na comunidade Colônia, área rural do Município de Mato Rico - Paraná, pelos motivos de fato e de direito a seguir aduzidos. 
DOS FATOS E FUNDAMENTOS JURÍDICOS 
O requerente é credor da parte requerida a importância atualizada de R$ 733,44 (setecentos e trinta e três reais e quarenta e quatro centavos), representadas pela inclusa Nota Promissória que segue anexo, que na data dos efetivos vencimentos não foi paga. 
Diante da falta de pagamento, o requerente tentou receber os valores de forma amigável, porém não obteve êxito, sendo compelido a promover a presente execução nos termos da lei.
O presente instituto da ação de locupletamento, tem previsão antiga no ordenamento jurídico brasileiro, tendo sido introduzido, inicialmente, pelo Decreto nº 2.044/1908.
No tocante à cobrança das notas promissórias através do instituto que se maneja, é pacifico no Superior Tribunal de Justiça, a ausência de discussão acerca da relação que ensejou a circulação da cártula de crédito, senão vejamos:
STJ. 3ª Turma. REsp 1.323.468-DF, Rel. Min. João Otávio de Noronha, julgado em 17/3/2016: Independentemente da comprovação da relação jurídica subjacente, a simples apresentação de nota promissória prescrita é suficiente para embasar a ação de locupletamento pautada no art. 48 do Decreto n. 2.044/1908.
A pretensão de ressarcimento veiculada em ação de locupletamento pautada no art. 48 do Decreto nº 2.044/1908 prescreve em 3 anos, contados do dia em que se consumar a prescrição da ação executiva. (grifo nosso)
Presente está, portanto, a causa de pedir da presente ação, com a existência dos títulos emitidos pelo Requerido, provando-se os fatos constitutivos do direito do Autor. Daí a razão da propositura da presente ação, visando ao pagamento da quantia mencionada, para que não permaneça maculado o direito lídimo e cristalino do Autor em perceberem a dívida obrigada.
DOS PEDIDOS
Diante de todo o exposto, requer:
Seja citado o Requerido para, querendo, contestar a presente ação no prazo legal, sob pena de sofrer os efeitos da revelia;
Seja julgada procedente a presente ação, para condenar o Requerido ao pagamento da quantia de 733,44 (setecentos e trinta e três reais e quarenta e quatro centavos) de acordo com o explanado supra;
Seja imputado ao Executado o ônus da sucumbência, em caso de interposição de Recurso, fixando-se os honorários advocatícios nos termos do artigo 55, da Lei nº 9.099/95;
Protesta provar o alegado por todos os meios de prova admitidas em direito, assim como a posterior juntada de documentos que se fizerem necessários ao deslinde da presente causa.
Dá-se à causa o valor de 733,44 (setecentos e trinta e três reais e quarenta e quatro centavos).
Termos em que,
Pede e espera Deferimento.
Nova Cantu, 29 de março de 2018
EDICARLOS DOS SANTOS CORDEIRO
OAB/PR 88.867
 Rua Governador Parigot de Souza, nº 189 \u2013 CEP 87330-000 \u2013 Nova Cantu/PR
 Site: www.advocaciacordeiro.adv.br
 Fone: (44)9 9978-0658