Licenciatura em Biologia - Pesquisa Prática e Pedagógica - Biologia III
86 pág.

Licenciatura em Biologia - Pesquisa Prática e Pedagógica - Biologia III


DisciplinaPedagogia73.684 materiais557.178 seguidores
Pré-visualização31 páginas
POSSAMOS EXECUTAR OU REALIZAR ESSE ALGO, EM GERAL
FORMULÁRIOS, PRIMEIRO, UMA IDÉIA OU UM PLANO QUE EXPRIME O
NOSSO INTENTO OU DESÍGNIO.
1. Objetivo(s) confuso(s) \u2013 um projeto com objetivos confusos tem alta
probabilidade de fracasso. Não sabendo onde se deve chegar, não se chega a lugar
algum. O objetivo confuso pode ter várias origens: a) o problema não foi estudado e
entendido corretamente. Houve pressa em iniciar, sem clareza do problema. B)
Coordenador e equipe não entendem o problema e fazem suposições incorretas sobre
o resultado a ser alcançado, não soluciona o problema.
2. Execução confusa \u2013 as condições de execução tornam-se confusa nas
situações a seguir: a) As regras de decisão são imprecisas; Não há políticas nem
procedimentos para resolver problemas e conflitos. B) Autoridade e responsabilidade
estão indefinidas; c) As atividades não são coerentes com o objetivo; isso pode ocorrer
mesmo quando o problema e o objetivo são coerentes. D) A previsão de recursos é
incoerente com as atividades. Podem ter sido subestimado ou superestimados. e) A
atividade avança muito sem que pelo menos as intenções básicas do projeto estejam
bem definidas.
3. Falhas na execução \u2013 O fato de ser muito bem planejado e organizado
ainda não é garantia do sucesso de um projeto. Podem ocorrer falhas na execução.
Uma das mais comuns é a seguinte: um detalhe vital não funciona e põe tudo a perder,
simplesmente porque todo mundo achou que era importante demais, e que outra pessoa
iria cuidar daquilo.
20
Pesquisa e Prática
Pedagógica-III
CONDIÇÕES PARA ÊXITO
A experiência mostra que as seguintes condições afetam positivamente
a probabilidade de sucesso do projeto:
1. Definição do problema e/ou das intenções educativas \u2013 Projetos bem
sucedidos, de forma geral, são definidos a partir do problema a ser resolvido e da clareza
com que se define a solução do problema. O mais importante é definir com clareza o objetivo
do projeto Uma vez decidida a realização de um projeto, deve-se discutir exaustivamente
como o problema pode ser resolvido e as características do resultado final que definem o objetivo, ou objetivos,
do projeto, Quanto mais se postergam essas discussões e definições, mais difícil se torna a implementação
do projeto.
2. Envolvimento da equipe \u2013 Quanto mais o projeto representa um desafio para a equipe envolvida,
sejam as equipes de alunos, ou mesmo de educadores responsáveis pelo seu desenvolvimento, maior é a
probabilidade de que venha a ter sucesso. Projetos bem-sucedidos criam nas equipes e nas pessoas
participantes uma sensação de propriedade: \u201cEste é nosso projeto, o problema que temos de resolver\u201d.
3. Planejamento \u2013 Projetos bem\u2013sucedidos são muito bem planejados. Uma vez que estabelecidos
os planos, no entanto, a equipe tem grande liberdade para executá-los. A probabilidade de o projeto ter
sucesso aumenta se, durante sua implementação, houver um cronograma bem elaborado de providências e
resultados, a partir do qual os participantes possam controlar o bom andamento dos trabalhos em direção ao
objetivo estabelecido.
Outro fator que contribui para o sucesso de um projeto é procurar prever futuros
problemas em sua implantação e se preparar com antecedência para resolvê-los, caso
eles realmente aconteçam. Alguns projetos necessitam de recursos financeiros para sua
implementação: nesse caso, é preciso haver um bom planejamento de custos, levando em
conta quanto vai gastar e de onde saíra o dinheiro. A existência de um coordenador é também
uma providência necessária para que um projeto seja bem implementado e atinja o objetivo
definido.
São inúmeras as atividades humanas nas quais, atualmente, a idéia de projeto está
colocada como uma nova forma de organizar e realizar as atividades profissionais.
Profissionais dotados de maior autonomia para tomar decisões, valorização do trabalho
em grupo, desenvolvimento de vínculos de solidariedade e aprendizado constante são
algumas das características incentivadas pela realização de projetos de trabalho. Em equipe
que trabalha com vista a realizar um projeto, são importantes a solidariedade e o cuidado
com a contribuição de cada um. A questão não é \u201cquem manda em quem\u201d, mas se o projeto
está se tornando realidade.
Portanto, Projeto é uma atividade organizada, que tem por objetivo resolver um
problema, ou resolver uma seqüência de ações articuladas e com o propósito de atingir
alguns objetivos bem definidos. Vejamos, então, a forma da elaboração de projeto de
trabalho, destacando os seguintes procedimentos, apresentados abaixo.
21
CONTEÚDOS
Tudo aquilo que o professor considerou necessário trabalhar com seus alunos para
alcançar o objetivo previsto, deve atender às necessidades atuais de nossa sociedade
com a finalidade de informar e desenvolver capacidades que possam transformar-se e
adaptar-se às novas realidades deve está adequado ao nível de desenvolvimento do aluno,
deve levar em conta os aspectos epistemológicos da disciplina, a possibilidade de
articulação entre os conteúdos, evitando sobreposição e rupturas nele está contido não só
os conceitos e fatos, mas também valores, normas, atitudes e procedimentos.
O conteúdo deverá ser dividido em:
 fatos \u2013 informações necessárias para a construção de um conceito sobre o tema a ser estudado.
 conceitos \u2013 tudo aquilo que nos permite organizar a realidade, envolvendo a construção ativa
das capacidades para operar com símbolos, idéias, imagens e representações, pressupõe o conhecimento
dos fatos que estão envolvidos na construção do conceito, a aprendizagem do conceito ocorre por níveis de
compreensão, o que si dá de forma gradual, necessitando de diferentes situações de aprendizagem que
abordem um mesmo conceito, é graças à diversidade das atividades realizadas que os alunos notam as
regularidades e produzem generalizações.
Exemplo: para compreender o que vem a ser um texto narrativo é necessário que o aluno
tenha contato com esse texto, use-o para contar o que desejar, conheça seu vocabulário, seus
recursos lingüísticos, sua estrutura textual, sua função social. Esse processo se dá por meio de
aproximações cada vez mais abrangentes, até chegar aos conceitos mais gerais. Aqueles que
estão por trás dos conceitos específicos dão o nome de princípios. Em matemática temos o princípio
de igualdade, em ciências o da reprodução.
Aprender fatos, conceitos e princípios equivale a entender seus significados e
relacioná-los.
PROCEDIMENTOS
São conteúdos destinados ao desenvolvimento de capacidades que expressam um
saber, fazer, sendo necessário tomar decisões e realizar uma série de ações de forma
ordenada e não arbitrária:
 Saber escrever da direita para esquerda, de cima para baixo,
 Saber das espaços entre as palavras,
 Saber armar uma conta, fazer um resumo, um seminário, um cartaz, etc.
Os procedimentos se referem à atuação dos alunos, não devem ser confundidos
com estratégias elaboradas pelos professores para que os alunos aprendam:
 na conta, para saber armá-la é necessário colocar um número sobre o outro respeitando
o alinhamento das ordens, passar um traço abaixo dos números separando as parcelas do resultado
para então iniciar a operação, a soma deverá ser iniciada pelas unidades.
Um procedimento envolve ações e decisões que se sucedem no tempo e em
determinada ordem e envolvem o conhecimento do conceito. O procedimento não deve ser
confundido com os conteúdos conceituais. Muitas vezes o aluno sabe armar uma conta de
subtração, efetuar o cálculo, mas não sabe em que situações ela deve ser usada.
 Valores, normas e atitudes \u2013 atitudes envolvem comportamentos e princípios de valor como
compartilhar informações, cooperar, respeitar e preservar o outro e a natureza, interessar-se pelo que está
acontecendo a sua volta.
22
Pesquisa e Prática
Pedagógica-III
SITUAÇÃO COMUNICATIVA
 Situação onde aquilo que foi apreendido vai ser mostrado à sociedade.