12_gestao_de_projetos-A estrutura organizacional do projeto
9 pág.

12_gestao_de_projetos-A estrutura organizacional do projeto


DisciplinaGerenciamento de Projetos13.839 materiais115.798 seguidores
Pré-visualização2 páginas
|a
ul
a12A ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO PROJETO
G
ES
TÃ
O
 D
E 
PR
O
JE
TO
S
 Prof. M.e Nabor Alves Monteiro
SUMÁRIO
12.1 Introdução 2
12.2 Estrutura Organizacional 2
12.2.1 Organização Interna do Projeto 4
12.2.2 Organizações que Utilizam Projetos 4
12.2.2.1 Organização Funcional 5
12.2.2.2 Organização Matricial Fraca 5
12.2.2.3 Organização Matricial Balanceada 6
12.2.2.4 Organização Matricial Forte 6
12.2.2.5 Organização Projetizada 7
Considerações Finais 7
Bibliografia 8
GESTÃO DE PROJETOS2
12.1 Introdução
Toda empresa tem um objetivo e para que esse seja atingido ela precisa se organizar de alguma 
forma. Assim, surge a necessidade de uma estrutura organizacional cuja função é distribuir as 
responsabilidades e as tarefas entre as pessoas. Um projeto, por ser um empreendimento temporário 
dentro da empresa e envolver pessoas, também precisa se organizar. Nesta aula, vamos ver a estrutura 
organizacional do projeto e a relação dessa com a estrutura organizacional permanente da empresa. 
Veremos, também, os principais tipos de organização, no que se refere a projetos, desde aquelas que 
são incipientes até aquelas que são totalmente voltadas para projetos.
12.2 Estrutura Organizacional
 As empresas precisam de pessoas para funcionar. Há empresas que operam com apenas uma 
pessoa, sendo que essa faz tudo o que é necessário, e empresas que operam com milhares de pessoas. 
Empresas com muitas pessoas precisam se organizar segundo algum critério, de modo que cada um 
saiba o que fazer e quais são suas responsabilidades. Assim, qualquer empresa tem uma estrutura 
organizacional, seja ela formal ou informal. A formal é aquela que está documentada nos manuais 
da instituição e a informal é a que não está escrita, mas que existe. É o caso, por exemplo, daquele 
funcionário que não tem cargo de chefia, mas que, por sua experiência, muitas vezes é consultado nas 
decisões. Maximiano (2008) esclarece que uma estrutura organizacional define as responsabilidades, a 
autoridade e o sistema de comunicação na empresa. Uma estrutura organizacional é a representação 
da distribuição das pessoas pelas atividades da empresa. A forma dessa distribuição, que cria 
departamentos ou setores, é uma decisão de cada empresa, que escolhe o modelo que melhor se 
adapta às suas necessidades. Os critérios de departamentalização mais comuns são:
Objetivos
 \u25aa Descrever a estrutura organizacional do projeto 
e apontar as formas de inserção da estrutura do 
projeto na estrutura permanente da empresa.
A ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO PROJETO 3
\u2022 O funcional: divide a empresa por funções, como marketing, finanças, recursos humanos, etc;
\u2022 O geográfico: divide a empresa por regionais;
\u2022 Por clientes: divide a empresa de acordo com as características de cada cliente. Uma empresa 
de telefonia pode ter divisões para consumidores comuns e para empresas, por exemplo;
\u2022 Por processo: é a divisão por tipo de processo produtivo, como fundição, usinagem, montagem 
e pintura;
\u2022 Por produtos: divide a empresa por diferentes produtos. Por exemplo: um laticínio pode dividir 
a empresa em departamento de leite, de iogurte e de queijos.
Vale dizer que, além dos critérios acima apresentados, existem outras formas menos comuns de 
departamentalização, que são utilizadas por algumas empresas.
 
Segundo Keelling (2002), \u201cuma estrutura organizacional traça a hierarquia administrativa, mostra 
canais de comando, redes de comunicação formal e constrói um guia para funções paralelas e de 
coordenação\u201d. Quer dizer, uma estrutura organizacional mostra a hierarquia e as linhas de comunicação 
na empresa. A estrutura organizacional de uma empresa é representada por meio de um organograma. 
A seguir apresentamos um exemplo de organograma de uma estrutura funcional:
Figura12.1: organograma de uma estrutura organizacional funcional.
Dependendo do porte da empresa, abaixo de cada gerência pode haver setores. Abaixo do 
departamento de RH, por exemplo, pode haver setores como recrutamento e seleção, benefícios, folha 
de pagamento e treinamento. 
Já sabemos que um projeto é planejado e executado por um número de pessoas que pode 
variar desde uma única (projetos de pesquisa ou projetos pessoais) até milhares. Dessa forma, 
como dito anteriormente, numa empresa é necessário que cada um saiba o que tem de fazer e suas 
responsabilidades. Em um projeto não é diferente. Como existe uma equipe para execução do projeto, 
é preciso que cada um saiba seu papel na busca dos objetivos que originaram tal projeto. Segundo 
Carvalho e Rabechini (2005, p.25), \u201cpara o efetivo gerenciamento de um projeto, a equipe que irá 
executá-lo necessita estar organizada segundo uma estrutura\u201d e acrescenta que é essa estrutura que 
vai definir a sistemática de trabalho do grupo. Uma coisa é a estrutura do projeto, outra coisa é como 
ela vai ser inserida na estrutura organizacional permanente da empresa. Para Maximiano (2008), na 
administração de projetos o processo de organizar abrange duas decisões:
Gerência 
Financeira
Gerência de 
Produção
Gerência de 
RH
Gerência de 
Marketing
Gerência 
Financeira
Diretoria
GESTÃO DE PROJETOS4
\u2022 Definir a organização interna da equipe do projeto;
\u2022 Definir como alojar a estrutura temporária do projeto dentro da estrutura funcional permanente.
A seguir vamos discorrer sobre a organização da equipe do projeto e sobre as organizações que 
trabalham com projetos.
12.2.1 Organização Interna do Projeto
Para exemplificar a organização interna de um projeto, vamos pegar uma empresa que vai 
implantar um software integrado de gestão (ERP). Como o próprio nome diz (integrado), esse projeto 
vai necessitar do envolvimento de toda a empresa. Então, a equipe do projeto deverá ser composta 
por pessoas de todas as áreas. O envolvimento das áreas é fundamental na elaboração e validação dos 
requisitos, nos testes, na customização e na implantação do novo sistema. Dessa forma, um possível 
organograma para o projeto mencionado seria a figura abaixo:
 
Figura12.2: estrutura organizacional do projeto de implantação de um ERP.
Note que, na figura acima, a \u201cEquipe de Contábeis\u201d não é o próprio departamento de contabilidade 
e sim algumas pessoas dessa área que vão participar do projeto. Essa é uma das formas de estruturar 
a equipe do projeto, ou seja, uma espécie de espelho da estrutura da empresa. Maximiano (2008) 
apresenta critérios para estruturar a equipe do projeto, a saber:
\u2022 EAP: organiza a equipe do projeto de acordo com a estrutura analítica do projeto, ou seja, 
atribui as entregas às pessoas;
\u2022 Fases do projeto: por esse critério, a equipe é organizada de acordo com a fase do projeto;
\u2022 Organização funcional do projeto: é a utilização da própria estrutura da empresa como critério 
para estruturar a equipe do projeto;
\u2022 Partes do produto: tem como base o escopo do produto.
12.2.2 Organizações que Utilizam Projetos
As estruturas das empresas que utilizam projetos variam entre dois extremos. Em um deles está 
a estrutura funcional e no oposto a estrutura projetizada. Entre os dois temos então as estruturas 
Equipe de 
RH
Equipe de 
TI
Equipe de 
Vendas
Equipe de 
Contábeis
Equipe de 
Produção
Gerente do 
Projeto
Sponsor 
(Patrocinador)
A ESTRUTURA ORGANIZACIONAL DO PROJETO 5
matriciais, que combinam características das estruturas funcionais e projetizadas. Vamos agora ver 
como a estrutura do projeto pode ser inserida na estrutura permanente da empresa. As estruturas a 
seguir são aquelas descritas pelo PMBoK:
12.2.2.1 Organização Funcional
Figura12.3: organização funcional (as caixas sombreadas representam equipes que estão envolvidas no projeto).
Nesse tipo de estrutura, o controle do orçamento do projeto