Lidiane Coutinho - Direito Administrativo - Apostila (2012)
182 pág.

Lidiane Coutinho - Direito Administrativo - Apostila (2012)


DisciplinaDireito Administrativo I50.453 materiais961.236 seguidores
Pré-visualização50 páginas
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________
 DIREITO ADMINISTRATIVO | APOSTILA 2012 
Prof. Lidiane Coutinho 
 
28 | Rua Maria Tomásia, 22 \u2013 Aldeota \u2013 Fortaleza/CE \u2013 Fone: (85) 3208.2222 \u2013 www.masterconcurso.com.br 
 
OS:0700/3/12-Felipe 
 ESPÉCIES DE ATOS ADMINISTRATIVOS 
 
\uf0b7 Atos Normativos: aqueles que contêm um comando geral do Executivo, visando a correta aplicação da 
lei; estabelecem regras gerais e abstratas, pois visam a explicitar a norma legal. Exs.: Decretos, 
Regulamentos, Regimentos, Resoluções, Deliberações, etc. 
 
\uf0b7 Atos Ordinatórios: visam disciplinar o funcionamento da Administração e a conduta funcional de seus 
agentes. Emanam do poder hierárquico da Administração. Exs.: Instruções, Circulares, Avisos, Portarias, 
Ordens de Serviço, Ofícios, Despachos. 
 
\uf0b7 Atos Negociais: aqueles que contêm uma declaração de vontade do Poder Público coincidente com a 
vontade do particular; visa a concretizar negócios públicos ou atribuir certos direitos ou vantagens ao 
particular. Ex.: Licença; Autorização; Permissão; Aprovação; Apreciação; Visto; Homologação; 
Dispensa; Renúncia; 
 
\uf0b7 Atos Enunciativos(atos declartóriaos): aqueles que se limitam a certificar ou atestar um fato, ou emitir 
opinião sobre determinado assunto; NÃO SE VINCULA A SEU ENUNCIADO. 
 Ex.: Certidões; Atestados; Pareceres. 
 
\uf0b7 Atos Punitivos: atos com que a Administração visa a punir e reprimir as infrações administrativas ou a 
conduta irregular dos administrados ou de servidores. É a APLICAÇÃO do Poder de Policia e Poder 
Disciplinar. Ex.: Multa; Interdição de atividades; Destruição de coisas; Afastamento de cargo ou função. 
 
ESPÉCIES DE ATOS ADMINISTRATIVOS 
 
 ATOS 
N
O
R
M
A
TI
V
O
S 
Decreto 
(Ato exclusivo do 
Chefe do Executivo) 
\uf0e8 Regulamentar: visa explicar a lei e facilitar sua execução, aclarando 
seus mandamentos e orientando sua aplicação. 
\uf0e8 Autônomo: dispõe sobre a matéria ainda não regulada 
especificamente em lei. 
Regulamentos 
 
\uf0e8 são atos administrativos, posto em vigência por decreto, para 
especificar os mandamentos da lei ou prover situações ainda não 
disciplinada por lei. Estabelecem relações jurídicas entre a Administração 
e os administrados. 
Instruções 
Normativas 
\uf0e0 são atos administrativos expedidos pelos Ministros de Estado para a 
execução das Leis, decretos e regulamentos (CF, art. 87, § único, II), mas 
também utilizadas por outros órgãos superiores para o mesmo fim. 
Regimentos 
\uf0e0 são atos administrativos normativos de atuação interna, dado que se 
destinam a reger o funcionamento de órgãos colegiados e de corporações 
legislativas. 
Resoluções 
\uf0e0 são atos administrativos normativos expedidos pelas altas autoridades 
do Executivo(mas não pelo Chefe do Executivo) ou pelos Presidentes dos 
Tribunais, órgãos legislativos e colegiados, para disciplinar matéria de sua 
competência específica. 
 DIREITO ADMINISTRATIVO | APOSTILA 2012 
Prof. Lidiane Coutinho 
 
Rua Maria Tomásia, 22 \u2013 Aldeota \u2013 Fortaleza/CE \u2013 Fone: (85) 3208.2222 \u2013 www.masterconcurso.com.br | 29 
 
OS:0700/3/12-Felipe 
 
Deliberações 
\uf0e0 são atos administrativos normativos ou decisórios emanados de 
órgãos colegiados. 
O
R
D
IN
A
TÓ
R
IO
S 
Instruções 
\uf0e8 são ordens escritas e gerais a respeito do modo e forma de execução 
de determinado serviço público, expedidas pelo superior hierárquico com 
o escopo de orientar os subalternos no desempenho das atribuições que 
lhe são afetas. 
Circulares 
\uf0e8 são ordens escritas, de caráter uniforme, expedidas a determinados 
agentes públicos incumbidos de certo serviço ou do desempenho de 
certas atribuições. 
Avisos 
\uf0e0 são atos emanados dos Ministros de Estado a respeito de assuntos 
afetos aos ministérios. 
Portarias 
\uf0e0 são atos administrativos internos pelos quais os chefes de órgãos, 
repartições, ou serviços expedem determinações gerais ou especiais a 
seus subordinados ou designam servidores para funções e cargos 
secundários. 
Ordens de Serviço 
\uf0e0 são determinações especiais dirigidas aos responsáveis por obras ou 
serviços públicos autorizando seu início, ou contendo imposições de 
caráter administrativo, ou especificações técnicas sobre o modo e forma 
de realização. 
Ofícios 
\uf0e0 são comunicações escritas que as autoridades fazem entre si, entre 
subalternos e superiores e entre a Administração e particulares, em 
caráter oficial. 
Despachos 
\uf0e0 são decisões que as autoridades proferem em papéis, requerimentos e 
processos sujeitos à sua apreciação. 
 
N
EG
O
C
IA
IS
 
Licença 
\uf0e0 ato administrativo vinculado e definitivo pelo o qual o Poder Público 
verificando que o interessado atendeu a todas as exigências legais, 
faculta-lhe o desempenho de atividades ou a realização de fatos materiais 
antes vedado ao particular. 
Autorização 
\uf0e0 ato administrativo discricionário e precário pelo qual o Poder Público 
torna possível ao pretendente a realização de certa atividade, serviço ou 
utilização de determinados bens particulares ou públicos. 
Permissão 
\uf0e0 ato administrativo negocial, discricionário e precário, pelo qual o 
Poder Público faculta ao particular a execução de serviço de interesse 
coletivo ou uso especial de bens públicos. 
Aprovação 
\uf0e0 ato administrativo pelo qual o Poder Público verifica a legalidade e o 
mérito de outro ato ou de situações e realizações materiais de seus 
próprios órgãos, de outras entidades ou de particulares, dependentes de 
seu controle. 
 DIREITO ADMINISTRATIVO | APOSTILA 2012 
Prof. Lidiane Coutinho 
 
30 | Rua Maria Tomásia, 22 \u2013 Aldeota \u2013 Fortaleza/CE