METODOLOGIA_DA_PESQUISA
119 pág.

METODOLOGIA_DA_PESQUISA


DisciplinaAdministração de Recursos Humanos I12.784 materiais137.278 seguidores
Pré-visualização22 páginas
ed. Rio de Janeiro: Campus, 1989. 
 
______. ______. 22. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1992. 
 
Esse princípio não se aplica quando, na indicação de autoria, houver a participação 
de outros autores. 
 
Exemplo 2: 
PORTER, Michael E. Competição: estratégias competitivas essenciais. Rio de 
Janeiro: Campus, 1999. 
 
______. Vantagem competitiva: criando e sustentando um desempenho superior. 
21. ed. Rio de Janeiro: Campus, 1989. 
 
KOTLER, Philip; ARMASTRONG, Gerry. Princípios de marketing. Rio de Janeiro: 
LTC, 1999. 
 
Observação: Não é referenciado o número da edição quando essa for a primeira 
obra. 
 
2.4.1.1 OBRA EM QUE O AUTOR É UMA PESSOA FÍSICA 
 
Se o autor for pessoa física, a entrada é feita pelo ultimo sobrenome do autor, em 
caixa-alta (letras maiúsculas), seguido de virgula (,) e dos (s) prenome (s) e demais 
sobrenome(s) por extenso ou de forma abreviada. Recomenda-se usar uma única 
forma de apresentação para que haja uniformidade nas referências. 
 
SOBRENOME, Prenome do autor. Título: Subtítulo. Edição. Local de Publicação: 
editora, ano de publicação. 
 
Exemplos: 
a) 1 autor: 
CURY, Antonio. Organização e métodos: uma visão holística. 7. ed. São Paulo: 
Atlas, 2000. 
58 
 
 
Metodologia da Pesquisa 
 
 
b) 2 autores: 
KOTLER, P.; ARMASTRONG, Gerry. Princípios de marketing. Rio de Janeiro: 
LTC, 1999. 
 
c) 3 autores: 
ETZEL, Michael J.; WALKER, Bruce J.; STANTON, William J.. Marketing. São 
Paulo: Makron, 2001. 
 
d) Mais de 3 autores 
 
Menciona-se o primeiro autor seguido da expressão et alii de forma abreviada \u201cet 
al.\u201d 
 
É facultiva a indicação de todos os autores em casos específicos que requerem a 
certificação de autoria, por exemplo: projetos de pesquisa científica, indicação de 
produção científica em relatórios para órgãos de fomento à pesquisa, etc. 
 
SOBRENOME DO AUTOR, Prenome et al. Titulo. Edição. Local: Editora, ano. 
 
Exemplo: 
GRINOVER, Ada Pellegrini et al. Juizados especiais criminais: comentários a Lei 
9.099, de 26-09-1995. 2. ed. rev. atual. e aum. São Paulo: R. dos Tribunais, 1997. 
 
d) Responsabilidade intelectual destacada: 
CARVALHO, Maria Cecilia Maringoni de (Org.). Construindo o saber: metodologia 
cientifica, fundamentos e técnicas. 5. ed. São Paulo: Papirus, 1995. 175 p. 
 
e) Sobrenomes que indicam parentesco: 
OLIVEIRA JUNIOR, José Alcebíades de; LEITE, José Rubens Norato (Org.). 
Cidadania coletiva. Florianópolis: Paralelo, 1996. 
 
f) Sobrenomes ligados por hífen: 
ALVES-MAZZOTTI, Alda Judith; GEWANDSZNAJDER, Fernando. Método nas 
ciências naturais e sociais: pesquisa quantitativa e qualitativa. 2. ed. São Paulo: 
Pioneira, 2001. 
 
h) Não são incluídos na referência os títulos de formação profissional, de cargos 
ocupados e de ordens religiosas. 
- (Ex.: CINTRA, Candido e não Rei Candido Cintra). 
 
59 
 
 
Metodologia da Pesquisa 
 
2.4.1.2 PESSOAS JURÍDICAS 
 
Segundo a Universidade Federal do Espírito Santo (2006, p. 16), se o autor for 
pessoa jurídica, a entrada PE feita pelo nome por extenso da instituição responsável 
intelectualmente pela obra, incluindo instituições públicas e privadas. Quando uma 
instituição nacional ou internacional for conhecida por sua sigla, esta pode ser usada 
como entrada. Em hipótese alguma é permitido o uso de sigla de instituições 
estaduais e municipais, bem como de universidades e bancos. 
 
Essa regra é aplicada também no caso de documentos eletrônicos. 
 
a) instituições públicas com denominação genérica 
 
Neste caso estão incluídos os ministérios, secretarias, departamentos, divisões, 
seções, etc. 
 
LOCAL DE JURISDIÇÃO. Nome da instituição. Título. Edição. Local: Editora, ano. 
 
Exemplos: 
BRASIL. Congresso. Senado. Regimento Interno. Brasília, 1971. 
 
BRASIL. Decreto-lei n.º 2.423, de 07 de abril de 1988. Diário Oficial [da] República 
Federativa do Brasil, Brasília, 8 abri. 1988. Seção 1, p. 6009. 
 
b) instituições públicas com denominação específica 
 
NOME DA INSTITUIÇÃO. Setor. Título. Edição. Local: Editora, ano. 
 
Exemplo: 
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Biblioteca Central. Guia para 
normatização de referências: NBR 6023:2002. 2. ed. Vitória: a biblioteca, 2002. 
 
60 
 
 
Metodologia da Pesquisa 
 
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO. Núcleo de processamento de 
dados. Cursos-NPD/UFES. Disponível em: http://npd1.ufes.br/~cursos/. Acesso em: 
2 mar. 1997. 
 
Se a denominação da instituição for ambígua ou houver duplicidade de nomes, 
indica-se, após o seu nome, entre parênteses, o local de jurisdição. 
 
NOME DA INSTITUIÇÃO (local de jurisdição). Titulo. Edição. Local: Editora, ano. 
 
Exemplo: 
BIBLIOTECA NACIONAL (Brasil). Relatório da diretoria feral, 1984. Rio de Janeiro, 
1985. 
 
c) relatórios de governo 
 
PAIS ou ESTADO. Cargo (datas de inicio e término de mandato: Sobrenome do 
governante). Titulo. Local: Editora, ano. 
 
Exemplo: 
ESPÍRITO SANTO (estado). Governador (1979-1983: Rezende). Mensagem 
enviada à Assembléia Legislativa em 1º de março de 1980 [por] Eurico Vieira 
de Rezende, governador do Estado do Espírito Santo. Vitória: [s.n.], 1980. 
 
2.4.1.3 COLETÂNEAS 
 
De acordo com a Universidade Federal do Espírito Santo (2006, p. 18), documentos 
elaborados por vários autores sob a direção editorial ou responsabilidade intelectual: 
organizador, coordenador, editor, compilador, diretor, etc. têm entrada pelo nome do 
responsável, indicando-se o tipo de participação entre parênteses de forma 
abreviada e no singular. 
 
Exemplos: 
SOARES, I.O. (Org). Para uma leitura crítica da publicidade. São Paulo: Paulinas, 
1988. 
 
BRAGA, A. M.; GENRO, M. E.; LEITE, D. Universidade futurante: inovação entre as 
certezas do passado e incertezas do futuro. In: LEITE, D.; MOROSINI, M. (Org.). 
61 
 
 
Metodologia da Pesquisa 
 
Universidade futurante: produção do ensino e inovação. Campinas: Papirus, 
19997., p. 21-37. 
 
2.4.1.4 OUTRAS SITUAÇÕES PARA INDICAÇÃO DE AUTORIA 
 
a) obras anônimas 
 
Inicia-se a referência pelo título e sempre com a primeira palavra em caixa-alta. 
Quando o título começar com artigo definido ou indefinido ou ainda com palavra 
monossilábica, esses elementos deverão também estar em caixa-alta. 
 
TÍTULO. Edição. Local: ano. 
 
Exemplos: 
DESAFIOS éticos. Brasília: Conselho Federal de Medicina, 1993. 291 p. 
 
OS DESAFIOS éticos. Brasília: Conselho Federal de Medicina, 1993. 291 p. 
 
b) eventos realizados simultaneamente 
 
DESIGNAÇÃO, número; DESIGNAÇÃO, número, ano e local de realização do 
evento, Título da publicação: subtítulo (se houver). Local: Editora, ano. 
 
Exemplo: 
CONGRESSO BRASILEIRO DE BIBLIOTECONOMIA E DOCUMENTAÇÃO, 19.; 
CONGRESSO LATINO-AMERICANO DE BIBLIOTECONOMIA E 
DOCUMENTAÇÃO, 3.; ENCONTRO NACIONAL DE INFORMAÇÃO E 
DOCUMENTAÇÃO JURÍDICA, 7., 2000, Porto Alegre. Anais... [Porto Alegre]: Actual 
informática, 2000. 1 CD-ROM. 
 
c) mais de uma pessoa jurídica 
 
NOME DA INSTITUIÇÃO; NOME DA INSTITUIÇÃO. Título: subtítulo (se houver). 
Local: Editora, ano. 
 
Exemplo: 
IBGE; IPEA. Dimensões das carências sociais: informações municipais. Rio de 
Janeiro, 1996. 
 
 
62 
 
 
Metodologia da Pesquisa 
 
2.4.1.5 TÍTULO E SUBTÍTULO DA PUBLICAÇÃO 
 
Segundo a Universidade Federal do Espírito Santo (2006, p. 21), o título é 
reproduzido tal como figura na obra referenciada, devendo ser destacado 
tipograficamente (negrito). Letras maiúsculas só são usadas na inicial da primeira 
palavra e em nomes próprios. 
 
Exemplo: 
CHIAVENATO, Idalberto. Administração nos novos tempos.