Slides - Outros Demonstrativos Contábeis

Slides - Outros Demonstrativos Contábeis


DisciplinaContabilidade e Análise de Balanço243 materiais2.408 seguidores
Pré-visualização4 páginas
- Caixa
-Dupl. a rec.
- Estoque
- Aplicaçõesfinanc.
Não Circulante
- Realizávela l.p
-Investimento
- Imobilizado
- Intangível
31-12-X6
31-12-X7
Circulante
- Fornecedores
- Juros a pagar
- Impostos a pagar
-Divid. a pagar
- Part.Adm. A pagar
Não Circulante
-Exigível de longo prazo
PatrimônioLíquido
-Capital
- Reserva legal
- Reserva estat.
- Lucrosacum.
31-12-X6
31-12-X7
10.000
15.000
30.000
0
12.000
8.000
14.000
0
...
...
...
...
...
...
...
0
5.000
0
0
0
0
0
60.000
4.000
8.000
12.000
...
...
...
...
...
...
...
...
...
...
Total do ativo
89.000
...
Total do passivo/PL
89.000
...
Realize o BP, o DRE e a DMPL com base nas informações a seguir:
Empresa vendeu $100.000 no período, sendo que 80% foram recebidos. O saldo de duplicatas de X6 foi recebido em X7.
A empresa pagou sua conta Fornecedores, porém comprou mais $40.000 de mercadorias e estoques, sendo que $10 mil ainda não foram pagos a seus fornecedores.
Dos $70 mil de mercadorias em estoque sobraram no final do ano $25.000.
Dos empréstimos a coligadas no Realizável a LP, a empresa recebeu $7 mil.
Em aplicações em outras empresas, em Investimentos, houve acréscimo de $4.000 por novas aquisições a vista.
No item imobilizado, houve novas aquisições no valor de $10 mil no início do ano. Esta aquisição é fruto de um financiamento com dois anos de carência, sendo considerados juros de 20% ao ano, ainda não pagos.
	No final do ano de X6, o item Imobilizado, depreciado a 10% ao ano, apresentava:
		Imobilizado Bruto		R$20.000
		(-) Depreciação Acum.	(R$ 6.000)
					R$14.000
g) A empresa teve aumento de capital em dinheiro no valor de R$20 mil.
h) A empresa costuma fazer Reserva Legal (5%) e Reserva Estatutária (10%), ambas sobre o Lucro Líquido.
Em termos de apuração do resultado, constataram-se despesas de vendas de $12.000 e administrativas de $8.000, ambas totalmente pagas.
j) O IR é de 15%.
l) Foi decidido calcular 20% do lucro após IR como participação dos administradores, que serão pagos em X8.
m) Sobre o lucro líquido, foram provisionados dividendos a base de 35%, que serão pagos no ano seguinte.
n) No final do ano, a empresa aplicou no mercado financeiro $53 mil. 
o) Após fazer a Depreciação do ano 19X7, no último momento do ano, a empresa faz uma
Reavaliação de seu Imobilizado, acrescentando $ 14.000, conforme o laudo de uma
empresa de avaliação.
Exercício 8
ATIVO
PASSIVO E PL
Circulante
- Caixa
-Dupl. a rec.
- Estoque
- Desp. Ex. Seg.
Não circulante
-Realizável al.p.
- Investimento
- Imobilizado
(-) depreciação
-Intangível
X1
X2
Circulante
- Fornecedores
- Contas a pagar
- Impostos a pagar
-Divid. a pagar
- Empr. a pagar
Não Circulante
-Exigível al.p.
- PatrimônioLíquido
-Capital
-Res. de capital
- Ajuste de Av.Patrim.
- Res. de lucro
-Res. legal
- Res. estat.
- Res. de cont.
- Res.orç.
- Res. de lucros a real.
-Lucrosacum.
X1
X2
100
1.000
800
100
500
1.000
2.000
(200)
200
300
2.000
1.500
200
1.000
8.000
7.000
(800)
800
400
200
0
0
1.500
1.400
1.500
200
50
100
50
20
30
40
10
1.000
340
2.100
660
4.310
3.000
3.000
1.900
100
387,5
475
40
435
1.992,5
260
Total do ativo
5.500
20.000
Total do passivo/PL
5.500
20.000
A partir dos dados abaixo, realize o DMPL:
29
Discriminação
X2
Receita bruta
(-) Deduções
(=) Receitalíquida
(-) Custo do produto.
(=)LucroBruto
(-)Despesas e Receitas operacionais
Vendas
Administrativa
Outras receitas
Resultado da equivalência patrimonial
(=)Lucro antes das despesas e receitas financeiras
(-) Despesa financeira
(=)LAIR
(-) IR
(=)LucroLíquido
40.000
(4.000)
36.000
(16.000)
20.000
(6.000)
(9.000)
3.100
4.000
12.100
(6.000)
6.100
2.100
4.000
DRE
D. DFC
30
Lucro é dinheiro em caixa?
DFC: 
Não obrigatório para empresas limitadas de pequeno e médio porte e SA fechadas com PL< R$2 milhões.
Demonstração dinâmica \uf0f0 liquidez e flexibilidade financeira; decisões gerenciais; capacidade de pagar dividendo e empréstimos; previsão dos FC futuros
Planejamento financeiro
Caixa = Disponível
Indica a origem (destino) do $ que entrou (saiu) no caixa.
Circulante	31/12/X1	31/12/X2
 Disponível	 1.000		 1.800
Transações e impactos no FC
31
CAIXA
Juros e dividendos recebidos
Vendas a vista e recebimento de dupl.
Integralização de capital em $
Vendas de itens do permanente
Empréstimos e financiamentos
Aquisição de itens do permanente
Pagamento de juros e amortização de dívidas
Pagamento de dividendo
Compras a vista e pagto de fornec.
Pagamentos de despesas
 Depreciação, provisões, alterações de itens de investimento impactam o caixa?
32
33
Divisão em três blocos
Atividades operacionais
Atividades de investimento
Atividades de financiamento
Transações que resultam em lucro líquido e impactam as contas do circulante do BP.
Relacionadas com as contas do ativo de longo prazo
Transações que resultam em lucro líquido e impactam as contas do exigível a longo prazo e PL.
Modelo direto
34
ATIVO
PASSIVO E PL
Circulante
- Caixa
-Dupl. a rec.
- Estoque
Permanente
- Imobilizado
- Móveis
(-)Deprec.
- Terrenos
-Investo
X1
X2
Circulante
- Fornecedores
- Empr. a pagar
- Imp. a pagar
PL
-Capital
- Lucrosacum.
X1
X2
1.500
500
1.000
1.200
(200)
2.000
500
2.300
1.000
1.500
1.500
(320)
3.000
2.640
1.000
1.000
-
4.500
-
2.000
1.470
1.050
6.000
1.100
Total do ativo
6.500
11.620
Total do
6.500
11.620
Balanço Patrimonial
1
2
3
4
5
6
7
8
DFC
Saldo inicial 1.500
 
 Entradas
 
 Saídas
Saldo final 2.300
 
 
1
2
3
4
5
6
7
8
 - rec. vendas 9.500
 - emprest. 470
 - capital integr. 1.500
 - móveis (300)
- fornec. (5.000)
 - terrenos (1.000)
- investos (2.140)
35
ATIVO
Receita bruta
(-) CMV
Lucro bruto
(-) Despesa operacional
Vendas (500)
Administração (380)
Depreciação (120)
Outras despesas (500)
Lucro operacional
(-) Provisão para IR
Lucro Líquido
X2
10.000
(5.500)
(1.500)
3.000
(1.050)
1.950
DRE
Saldo inicial em X2
(+) Lucro do exercício
(-) Dividendos
Saldo final em X2
-
1.950
(850)
1.100
DLPA
10
6
9
11
12
2
DFC
Saldo inicial 1.500
 
 Entradas
 - rec. vendas 9.500
 - emprest. 470
 - capital integr. 1.500
 Saídas
 - móveis (300)
 - terrenos (1.000)
 - investos (2.140)
 - fornec. (5.000)
Saldo final 2.300
 
 
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
 - desp. Venda (500)
 - desp. Adm. (380)
 - desp. Outras (500)
 - dividendos (850)
Estrutura do FC: modelo direto
36
I - Fluxos das Operações:
(+) Recebimento de Vendas
9.500
(-) Pagamento de Compras
(5.000)
(-) Pagamentos deImpostos
-
(-) Pagamento de Despesas Operacionais
(1.380)
(=) Caixa Gerado pelas Operações
3.120
II - Fluxos dos Investimentos:
(-) Aquisição de Investimentos /imobilizado
(3.440)
(+) Vendas de Investimentos /imobilizado
-
III - Fluxos dos Financiamentos:
(+)Integralizaçãodo capital
1.500
(+) Empréstimos Bancários
470
(-) Amortização de Financiamentos
(-) Pagamentos de dividendos
(850)
Saldo Inicial dasDisponibilidades
1.500
Saldo Final dasDisponibilidades
2.300
Variações ocorridas nas disponibilidades
Modelo indireto
37
I - Fluxos das Operações:
Resultado do Exercício
(+) Depreciação
(-) Aumento das duplicatas a receber
(+) Diminuição dos estoques
(-) Diminuição de fornecedores
(+) Aumento de contas a pagar e impostos a recolher
(=) Caixa