Direitos Humanos_Aula tema 02
3 pág.

Direitos Humanos_Aula tema 02


DisciplinaDireitos Humanos11.437 materiais44.427 seguidores
Pré-visualização1 página
Direitos Humanos - Aula tema 2 
1 - O primeiro grande antecedente histórico das declarações de direitos 
humanos fundamentais data de 1215. Este documento, tido como a 
primeira Constituição da história da humanidade, contemplou diversos 
direitos humanos pleiteados pelos barões ingleses, consagrando 
importantes princípios e direitos depois consagrados como humanos 
fundamentais, com destaque para: legalidade tributária (itens 12 e 14), 
gradação das penas (itens 20 e 21), propriedade privada (item 31), 
judicialidade (item 39) e liberdade de locomoção (item 41). Trata-se: 
 
RESPOSTA CORRETA: Da Magna Carta. 
 
COMENTÁRIO: Sem ignorar os forais ou cartas de franquia, como 
documentos escritos veiculando outorgas de direitos feitas aos súditos e 
vassalos por reis e senhores feudais na Idade Média, o primeiro grande 
antecedente histórico das declarações de direitos humanos fundamentais 
data de 1215, na Inglaterra. Cuida-se da Magna Carta, documento tido 
como a primeira Constituição da história da humanidade, o qual 
contemplou diversos direitos humanos pleiteados pelos barões ingleses, 
consagrando importantes princípios e direitos depois consagrados como 
humanos fundamentais, com destaque para: legalidade tributária (itens 
12 e 14), gradação das penas (itens 20 e 21), propriedade privada (item 
31), judicialidade (item 39) e liberdade de locomoção (item 41). 
 
2 - Esta questão está anulada, e seus pontos serão redistribuídos 
entre as demais. 
 
Em relação à Declaração Universal do Homem e do Cidadão de 1789, 
considere as seguintes afirmativas: 
 
I. Teve por finalidade proteger os direitos do Homem contra os atos de 
Governo, assim compreendidos tão somente os atos do Poder Executivo. 
 
II. Não se tratou de uma instituição de direitos, mas de direitos 
enunciados, isto é, de uma declaração de direitos preexistentes. 
 
III. Além de terem constituído direitos naturais e abstratos, entre as 
características dos direitos humanos fundamentais declarados em 1789 
havia a universalidade. 
 
IV. As liberdades públicas foram enunciadas como direitos fundamentais. 
 
Estão corretas somente as afirmativas: 
 
RESPOSTA CORRETA: II, III e IV. 
 
COMENTÁRIO: para uma exata compreensão do papel fundamental da 
Declaração de 1789, é necessário pontuar alguns aspectos acerca da 
referida declaração. São eles: finalidade, natureza, caracteres dos 
direitos declarados e objeto. Senão vejamos: Finalidade: proteger os 
direitos do Homem contra os atos de Governo, assim compreendidos os 
atos do Poder Executivo e do Poder Legislativo; Natureza:não se trata 
de uma instituição de direitos, mas de direitos enunciados, isto é, de 
uma declaração de direitos preexistentes; Caracteres dos direitos 
declarados: além de constituírem direitos naturais e abstratos, os 
direitos humanos fundamentais declarados em 1789 possuem as 
seguintes características: imprescritibilidade, inalienabilidade, 
individualidade e universalidade. Objeto: fora enunciada uma grande 
categoria de direitos, formada pelas liberdades e direitos políticos, as 
liberdades públicas. 
 
3 - Além dos direitos fundamentais do homem, que são as liberdades, a 
Declaração de 1789 também enunciou os direitos do cidadão, que são os 
direitos políticos, entre eles: 
 
RESPOSTA CORRETA: A soberania da nação. 
 
COMENTÁRIO: Além das liberdades públicas, a Declaração dos Direitos 
do Homem e do Cidadão de 1789 também consagra os direitos políticos, 
consubstanciados em: Poderes dos cidadãos: são meios de participação 
política do cidadão, tais como os direitos de participar da vontade geral 
ou de escolher representantes que o façam (art. 6º), consentir no 
imposto (art. 14), controlar o dispêndio do dinheiro público (art. 14) e 
pedir contas da atuação do agente público (art. 15); Princípios de 
organização política: igualdade (art. 1º), papel do Estado e da \u201cforça 
pública\u201d na conservação dos direitos naturais e imprescritíveis do 
homem (arts. 2º e 12), soberania da nação (art. 3º) e limitação ao 
exercício do poder pela separação dos poderes (art. 16). 
 
4 - Além dos direitos humanos de primeira geração expressamente 
consagrados no artigo 5º da Constituição, outras liberdades e 
respectivas garantias podem decorrer do regime e dos princípios 
constitucionais, assim como dos tratados internacionais de que o Brasil 
seja signatário. Entre essas outras liberdades e garantias, pode-se citar: 
 
RESPOSTA CORRETA: O princípio da isonomia tributária. 
 
COMENTÁRIO: Pelo princípio da isonomia tributária (CF, art. 150, II), é 
vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios 
instituir tratamento desigual entre contribuintes que estejam em 
situações equivalentes. 
 
5 - Uma pessoa presa ilegalmente tem em seu favor a proibição 
constitucional da prisão ilegal, prevista no artigo 5º, inciso LXV, da 
Constituição Federal, segundo o qual: \u201cLXV \u2013 a prisão ilegal será 
imediatamente relaxada pela autoridade judiciária\u201d. A natureza dessa 
norma constitucional é de: 
 
RESPOSTA CORRETA: Garantia-defesa. 
 
COMENTÁRIO: Acepção restrita do sistema de garantia, a garantia-
limite ou garantia-sistema constitui qualquer proibição que tenha por 
objetivo a defesa de determinados direitos, incluindo a imposição de 
limites à ação de poder, a exemplo do que ocorre com a proibição ao 
confisco, como meio de defesa da propriedade ou da proibição da prisão 
ilegal no caso da presente questão. 
 
6 - Para se fazer valer a proteção constitucional contra a prisão ilegal, a 
Constituição Federal estabelece um remédio constitucional denominado 
habeas corpus, cabível sempre que alguém sofrer ou se achar ameaçado 
de sofrer violência ou coação em sua liberdade de locomoção, por 
ilegalidade ou abuso de poder. A natureza dessa norma constitucional é 
de: 
 
RESPOSTA CORRETA: Garantia-instrumento. 
 
COMENTÁRIO: Quando se fala em direitos humanos e na sua origem 
na Declaração de Direitos de 1789, pode-se pensar ter ocorrido aí o 
reconhecimento completo dos direitos fundamentais. Todavia, o que 
remonta a esse ponto da história é apenas a origem, isto é, o momento 
em que foram reconhecidas as chamadas liberdades públicas, 
correspondentes à primeira geração de direitos fundamentais.