ananeryfm-lista_exercicios_2014_1_Quimica_Geral
22 pág.

ananeryfm-lista_exercicios_2014_1_Quimica_Geral


DisciplinaQuímica Geral I20.092 materiais344.042 seguidores
Pré-visualização9 páginas
contendo um pouco de calcáreo pesa 30,695 g. Ele é aquecido 
vigorosamente para decompor todo o calcáreo. Depois, resfriando-se à temperatura ambiente, ele pesou 
30,140 g. Qual a massa do cadinho? 
 
34. CaCO3 e MgCO3 decompõem-se quando vigorosamente aquecidos para formar CaO (s) e MgO(s) . Em 
cada caso o único outro produto é dióxido de carbono gasoso. Uma mistura dos dois carbonatos com 
massa total de 15,22 g é vigorosamente aquecida. Após resfriamento a massa de material remanescente é 
de 8,29 g. Qual a percentagem de CaCO3 na mistura original? 
 
35. Uma amostra de um óxido de bário de composição desconhecida forneceu, após exaustivo 
aquecimento, 5,00 gramas de BaO e 366 mL de O2 medidos nas CNTP. Qual a fórmula empírica do óxido 
desconhecido? Qual a massa de óxido que existia inicialmente? 
 
36. Uma mistura de 7,450 g de óxido de ferro II e 0,1110 mol de alumínio metálico é colocada em um 
cadinho e aquecida em um forno em alta temperatura, onde ocorre a redução do óxido. Os produtos 
formados são ferro metálico e óxido de alumínio. 
a) Escreva a reação balanceada para o processo. 
b) Qual o reagente limitante? 
c) Determine a quantidade máxima de ferro que pode ser produzida. 
d) Calcule a massa de reagente em excesso que permaneceu no cadinho. 
 
RESPOSTAS: 
1- a) 1,87x10-22 g b) 1,5x1023 átomos 
2- a) 26 g/mol b) 3,01x1023 moléculas 
3- 10,82 u 
4- 19,99 u 
5- 0,350 mol; 1,23x102 g 
6- a) 61,5 g b) 3,70x1025 u 
7- 47,5 u 
8- 58,8 u 
9- 6,0x1021 u 
10- a) CH2 b) C2H4 
11- C: 60,0% H: 4,4% O: 35,6% 
12- a) Na: 6,02% Al: 21,20% Si: 22,0% H: 0,52% O: 50,26% 
 b) 0,21 Kg 
13- XePtF6 
14- a) 4 PH3(g) + 8 O2(g) \u2192 P4O10(s) + 6 H2O(g) 
 b) 4,64 mols c) 2,67 g d) 22,6 g 
15- C3H8O3 
16- Excesso de 0,20 mol de O2 
17- HgC2N2O2 
18- a) CH4O b) CH4O 
19- C6H8O7 
20- 45% 
21- 2 
22- 25% 
23- a) TiCl4 b) 21,5 Kg 
24- 153,2 u 
25- 1,15 ton 
26- 1200 g 
27- 255,6 g 
28- 4 
29- 19,6 Kg 
30- 0,375 (37,5%) 
31- 1,24 g 
32- 92,6% 
33- 29,435 g 
34- 81,5% 
35- BaO2; 5,52 g 
36- b) FeO c) 5,768 g d) 1,135 g de Al 
5 
 
EXERCÍCIOS SOBRE SOLUÇÕES 
 
1. Qual a concentração em mol/L de uma solução composta de: 
a. 10 g de glicose (C6H12O6) em 2,0 litros de solução; 
b. 2,00 mols de H2SO4 em 1,50 litro de solução. 
 
2. Qual a concentração em mol/L de uma solução quando se misturam 2,00 g de NaCl em 100 g de água? 
Qual a fração molar de soluto e de solvente nesta solução? (Admitir volume desprezível para o sólido) 
 
3. Calcule a quantidade de soluto necessária para preparar uma solução 0,200 mol/L de glicose (C6H12O6), 
a partir de 300 g de água. (Negligencie o volume ocupado pelo soluto sólido) 
 
4. Calcule o número de litros que podem ser preparados a partir de 300,0 g de cloreto de sódio, para se 
obter uma solução a 0,200 mol/L. 
 
5. Uma solução de ácido sulfúrico de densidade 1,25 g/mL contém 33% em massa de H2SO4. Calcule sua 
concentração em mol/L, molal e fração molar. 
 
6. Qual a massa de solução contendo 21% em massa de ácido nítrico necessária para preparar 200 mL 
de HNO3 0,50 mol/L? 
 
7. Qual a fração molar do H2SO4 em solução aquosa de 60% em massa? 
 
8. Quais são a concentração molal e em mol/L de uma solução de etanol, C2H5OH, em água, se a fração 
molar for 0,0500 e a densidade 0,997g/mL? 
 
9. Calcule quantos mL de KMnO4 0,10 mol/L são necessários para reagir completamente com 0,010 mols 
do íon oxalato, segundo a reação: 
2 MnO-4(aq) + 5 C2O4
-2
(aq) + 16 H
+
(aq) \u2192 2 Mn
+2
(aq) + 10 CO2(g) + 8 H2O 
 
10. Calcule a concentração em mol/L, concentração molal e fração molar de uma solução a 30,0% em 
massa de NH3 em água, cuja densidade é 0,892 g/cm
3. 
 
11. A densidade de uma solução 2,50 mol/L de ácido sulfúrico é 1,12 g/mL. Calcule sua concentração 
molal. 
 
12. Expresse em mol/L e concentração molal a concentração de uma solução de H3PO4 a 5,0% em massa 
cuja densidade é 1,027 g/mL. 
 
13. Qual o título (fração ponderal) e concentração em g/L de uma solução 0,100 mol/kg de sulfato férrico? 
Densidade da solução: 1,01g/mL. 
 
14. Calcule as frações molares do solvente e do soluto em uma solução 1,00 mol/kg de cloreto de sódio 
em água. 
 
15. Tem-se uma solução aquosa 1,0 x 10-2 mol/L de uréia (composto não-dissociado). Calcule para 2,0.102 
mL de solução: 
 a) a massa de uréia dissolvida; 
 b) o número de moléculas de uréia dissolvidas. (Massa molar da uréia = 60 g/mol) 
 
16. Em 120 mL de solução aquosa saturada de um sal existem dissolvidos 42 g de soluto. Levando em 
conta que a massa específica dessa solução é 1,35 g/mL, calcule a solubilidade do referido sal, 
exprimindo-a em gramas de soluto por 100 gramas de água. 
 
17. Para preparar uma solução 5,00 mol/L, usamos 1,000 kg de água. Obtemos 1,100 L de solução de 
densidade igual a 1,300 kg/L. Calcule a massa molecular do soluto. 
 
18. Ácido cítrico é um aditivo presente em refrigerantes em quantidades de 0,0025 a 0,15% em massa. 
Supondo solução de densidade 1,0 kg/L, calcule as concentrações de ácido cítrico: 
 a) em g/L, no limite inferior; 
 b) em mol/L, no limite superior. 
 Dado: mol do ácido cítrico = 210 g/mol 
 
19. A solução de peróxido de hidrogênio vendida como alvejante e desinfetante contém 3,0% em massa 
de H2O2 e tem uma densidade de 1,0 g/mL. a) Qual a massa de H2O2 em 1,0 mL dessa solução? b) Qual o 
6 
 
volume de oxigênio, a 0ºC e 1 atm, que é liberado quando o soluto presente em 1 mL desa solução sofre 
decomposição? A reação é H2O2(aq) \u2192 H2O(aq) + ½ O2(g). (No rótulo do frasco de peróxido de hidrogênio a 
3,0% consta a especificação água oxigenada a 10 volumes. Interprete essa informação.) 
 
20. Um martini, com massa de 150 gramas, contém 30% em massa de álcool. Cerca de 15% desse álcool 
no Martini passa diretamente para a corrente sanguínea que, para um adulto, tem um volume de 
aproximadamente 7,0 litros. Calcule a concentração de álcool no sangue, em g/mL, para uma pessoa que 
tomou 2 martinis antes do jantar. (Uma concentração de 0,0030 g/mL é frequentemente tomada como 
indicador de intoxicação em um adulto normal). 
 
21. Um litro de solução contém 0,1 mol de cloreto férrico e 0,1 mol de cloreto de amônio. Determine as 
concentrações em mol/L dos íons Fe3+, NH4
+ e Cl-. 
 
22. Qual a concentração em mol/L do ácido nítrico que contém 63,0% de HNO3 em massa e cuja 
densidade é 1,42 g/mL ? 
 
23. Qual a concentração em mol/L de uma solução de hidróxido de amônio, cuja densidade é 0,95 g/mL e 
que encerra 12% de NH3 em massa? 
 
24. Qual a concentração em mol/L do ácido sulfúrico quando se dilui 1 litro de solução 2 mol/L para 100 
litros? 
 
25. Que massa de água devemos acrescentar a 1 kg de solução aquosa contendo 25% de NaCl em 
massa a fim de torná-la 10% em massa? 
 
26. Qual a massa de água que devemos acrescentar a 1,00 kg de solução aquosa 2,50 mol/kg de NaOH 
para transformá-la em solução 1,00 mol/kg? 
 
27. Juntando-se 500 mL de uma solução 0,40 mol/L e 300 mL de uma solução 0,50 mol/L do mesmo 
soluto e diluindo-se a solução obtida a 1,0 litro, qual a concentração final em mol/L? 
 
28. 24,5 gramas de ácido ortofosfórico foram dissolvidos em água, até completar 200 mL de solução. A 
seguir esta solução foi diluída a 500 mL. Qual a concentração final da solução em mol/L? 
 
29. Que volume de HCl 0,250 mol/L poderemos obter pela diluição de 50,0 mL de uma solução de HCl 
com densidade 1,185 g/mL e que apresenta 36,5% de HCl em massa? 
 
30. Deseja-se preparar 9,2 litros de solução 2,0 mol/L de ácido sulfúrico a partir de uma solução 
concentrada desse ácido que apresenta densidade igual a 1,84 g/mL e que encerra 98% de H2SO4 em 
massa. Qual o volume necessário do ácido sulfúrico concentrado?