Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
caso5

Pré-visualização | Página 1 de 2

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ 
 
FRANCISCO DAS CHAGAS GOMES – Matrícula nº 201202199216 
 
PRÁTICA SIMULADA II (TRABALHO) 
 
Tema: Articulação Teoria e Prática. Os elementos da Petição Inicial de Trabalho; Estrutura de 
Petição Inicial. 
 
SEMANA 5 
 
 Leonel Pereira é empregado da Empresa Alfa Ltda. E, apesar de ser detentor de estabilidade 
provisória, na qualidade de diretor titular de sociedade cooperativa criada pelos próprios empregados 
da Empresa Alfa há cerca de um ano, não está liberado de cumprir sua jornada de trabalho. Leonel, 
todavia, vem apresentando reiteradas faltas e atrasos, todos devidamente punidos pelo seu empregador. 
Em sua ficha funcional constam nos últimos dois meses, 3 advertências e 2 suspensões, toda pelos 
motivos descritos. E a situação só vem se agravando a cada dia, tornando-se cada vez mais reincidente 
em suas faltas. A última e atual suspensão ocorreu faz 2 dias. Diante da situação narrada, a empresa 
Alfa formula consulta jurídica dizendo que gostaria de proceder a demissão de Leonel, por culpa deste 
em virtude do cometimento das aludidas faltas e atrasos. 
Você, na qualidade de advogado (a) contratado, apresente em Juízo, a peça processual adequada, 
objetivando a demissão do empregado faltoso, por culpa exclusiva deste. 
 
 
 
PEÇA INICIAL 
 
AO E XCELENTÍSSIMO JUÍZO DE DIREITO PERTENCENTE À VARA DO 
TRABALHO Nº__ DA CIDADE DE _____/__ 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
REQUERENTE: Empresa Alfa Ltda. 
REQUERIDO: Leonel Pereira 
 
 A Empresa Alfa Ltda. pessoa jurídica de direito privado, com sede na Rua ____, nº 
____, Bairro ____, Cidade de ____ -___, CEP: 00.000 -000, com registro no cadastro na-
cional de pessoas jurídicas sob o nº: ______/____, vem, respeitosamente, através 
de seu advogado devidamente qualificado em procuração acostada, registrado na 
ordem dos advogado s d o Brasil sob o nº xxx-xx-xx, com escritório situado na Rua___, 
nº____,Bairro___, da Cidade de____, Cep__, Estado de____ , onde deverá ser notificado de 
todos os atos provenientes do feito, AJUÍZAR, com arrimo nos artigos 840, §1º, 853, 854 
e 855, todos da CLT, AÇÃO DE INQUÉRITO PARA APURAÇÃO DE FALTA GRAVE, em 
face de Leonel Pereira, brasileiro, casado, diretor titular de sociedade cooperativa criada pelos 
empregados da Empresa Alfa, ora requerente, com estabilidade de cargo prevista no artigo 55 
da Lei nº5.764 /71, portador da CTPS nº _____, residente 
na rua __ __, nº ____, Cidade de _____ -___, Cep: 00.000-000, 
PELOS SEGUINTES FATOS E FUNDAMENTOS JURÍDICOS QUE SE PASSA A EX-
POR: 
 
I. PRELIMINARMENTE 
1.1 DA TEMPESTIVIDADE. 
 Com vista de fornecer a mais claridade sobre a escorreita prática deste procedimento, 
no tocante ao seu tempo de instauração, faz-se necessário expor a data de suspensão do Re-
querido, a qual se deu no dia 11 /09/2017, mesma d ata em que se dá início o presente ajuiza-
mento. Em respeito ao artigo 853 da CLT, e o mandamento expresso na súmula nº 403 da Su-
prema Corte . 
 
Vejamo-los: DO INQUÉRITO PARA APURAÇÃO DE FALTA GRAVE 
 Art. 853 - Para a instauração do inquérito para apuração de falta grave contra empregado 
garantido com estabilidade, o empregador apresentará reclamação por escrito à Junta ou Juízo 
de Direito, dentro de 30 (trinta) dias, contados da data da suspensão do empregado(CLT). 
Súmula 403. STF É d e decadência o prazo de trinta dias para instauração do inquérito judicial, 
a contar da suspensão, por falta grave, de empregado estável. 
 
II. DOS FATOS 
 Leonel Pereira, ora Requerido, é empregado da Empresa Alfa Ltda. O mesmo é 
detentor de estabilidade provisória, conforme teor do artigo 55 da Lei nº 5.764/71. S endo 
diretor titular de sociedade co operativa criada pelos próprios empregados da Empresa Alfa , ora 
Requerente, criada há cerca de um ano. Cumpre registrar que o Requerido jamais esteve 
liberado de cumprir sua jornada de trabalho, todavia, vem apresentando reiteradas faltas e 
atrasos, todas devidamente punidas pela Requerente . Em sua ficha funcional constam 
nos últimos do is meses, 3 advertências e 2 suspensões, todas pelos motivos descritos. E a 
situação só vem se agravando a cada dia, tornando-se cada vez mais reincidente em suas faltas. 
A última e atual suspensão o correu há 2 dias atrás. Era o que se tinha de mais a relatar, pas-
se-se agora à exposição do mérito da presente ação. 
 
III. DO MÉRITO 
 3.1. DA APLICAÇÃO DA JUST A CAUSA 
 Excelência, como já fora bem relatado no tópico fático (item: II) da presente ação, 
mostra-se límpida a falta grave em que incorrera o requerido, valendo-se claramente da estabi-
lidade provisória que a atual função de dirigente o traz, o mesmo cometeu e a inda permanecia 
incorrendo em faltas e atrasos injustificados, todos devidamente punido s pela Empresa, através 
de reiteradas advertências e suspensões, mas, como vê -se, nada adiantara. Por isso, contata-se 
que o Requerido incorreu na prática de falta grave, que é bem exposta no artigo 482, alínea 
“e ” do regramento laborista, bem como podendo-se até f alar-se no seu enquadramento na 
alínea “h” do mesmo artigo (pois é nítido os renitentes atos de indisciplina pratica dos pelo 
Requerido), e 493 também da CLT. 
Vejamo-los: 
 Art. 482 - Constituem justa causa para rescisão do contrato de trabalho pelo em-
pregador: (...). 
e) desídia no desempenho das respectivas funções; 
 h) ato de indisciplina ou de insubordinação; 
 
Art. 493 - Constitui falta grave a prática de qualquer dos fatos a que se refere o art. 482, 
quando por sua repetição ou natureza representem séria violação dos deveres e 
obrigações do empregado.(CLT) 
 Assim, em razão da estabilidade empregatícia em que se encontra o requerido, Sr. Leo-
nel Pereira, por ser o mesmo diretor titular de sociedade cooperativa criada pelos funcionários 
da Requerente , faz-se necessário recorrer a o juízo para que se inicie o inquérito para apura-
ção da falta grave cometida, o que se passa a discorrer de modo m ais descritivo n o próximo 
subtópico. 
 
3.2. DA ESTABILIDADE DO EMPREGADO E DAS RAZÕES PARA INSTAURAÇÃO DO IN-
QUÉRITO. 
 O senhor Leonel Pereira f ora eleito diretor titular de sociedade cooperativa criada pelos 
funcionários da ora Requerente em absoluta ordem e no esteio da legalidade do ordenamento 
pátrio, constituindo -se, assim, na estabilidade empregatícia que a referida representação o traz. 
Conforme é disposição do artigo 55 da Lei nº5.764/71. 
Veja-se: 
Art. 55. Os empregados de empresas que sejam eleitos diretores de sociedades cooperativas 
pelos mesmos criadas, gozarão das garantias asseguradas aos dirigentes sindicais pelo artigo 543 
da Consolidação das Leis do Trabalho (Decreto-Lei n. 5.452, de 1° de maio de 1943). (Lei 
nº5.764/71) 
 Com isso, verifica -se a importância da instauração do inquérito afim de que se apure a 
falta grave cometida, em consonância aos artigos
Página12