AULA 4 – Regência verbal e nominal
53 pág.

AULA 4 – Regência verbal e nominal


DisciplinaPrtugues11 materiais22 seguidores
Pré-visualização3 páginas
*
*
PORTUGUÊS INSTRUMENTAL
Sintaxe de regência nominal e 
sintaxe de regência verbal
			
AULA 4
Profa. Dra. Joalêde Gonçalves Bandeira
*
*
PORTUGUÊS INSTRUMENTAL
SINTAXE DE REGÊNCIA \u2013 AULA 04
OBJETIVOS DA AULA
Identificar a regência como as relações de dependência que as palavras mantêm na frase, sob o aspecto da subordinação;
Conhecer a regência dos principais verbos;
Diferenciar regência nominal da verbal;
Elaborar textos adequados à norma padrão do português escrito.
BIBLIOGRAFIA BÁSICA
LEITE, Maria Tereza de Moura; PALADINO, Valquiria da Cunha. Português Instrumental. Rio de Janeiro: UNESA, 2014.
Conteúdo referente a aula 04: capítulo 4 \u2013 páginas 185 a 213.
Aula 05: capítulo 3 \u2013 pag 135-137; 154-162
*
*
SINTAXE DE REGÊNCIA \u2013 AULA 04
*
*
As frases abaixo estão corretas?
O filme que te falei é muito bom.
O filme de que te falei é muito bom.
Ele sempre desobedece seu pai.
Ele sempre desobedece a seu pai.
DGM, a loja que vou comprar.
DGM, a loja em que vou comprar.
Enjoy é um medicamento que seu uso deve ser prescrito por médico.
Enjoy é um medicamento cujo uso deve ser prescrito por médico.
Maria, que sua filha fui professor, agora é também minha aluna.
Maria, de cuja filha fui professor, agora é também minha aluna.
*
*
Os verbos abaixo possuem o mesmo sentido?
A menina agradava o gato.
A música agradou ao público.
O médico assistiu atenciosamente seu paciente.
Nós assistimos ao espetáculo.
Daqui, visamos o muro.
Ela visa ao cargo de presidência
\uf0e0 Acariciar
\uf0e0 Satisfazer
\uf0e0 Deu assistência
\uf0e0 vimos
\uf0e0 vemos
\uf0e0 almeja
*
*
PORTUGUÊS INSTRUMENTAL
SINTAXE DE REGÊNCIA \u2013 AULA 04
CONCEITUANDO
	Regência é a relação que se estabelece entre duas palavras, por meio da qual uma das palavras se subordina à outra, funcionando como seu complemento. Diz-se que as palavras que dependem de outras são por elas regidas. As palavras que têm o poder de reger outras palavras são as regentes.
	A língua prevê dois tipos de regência, a depender dos termos que se subordinam. A regência nominal, estabelecida entre nomes e seus complementos. E a regência verbal, estabelecia entre verbos e seus complementos.
*
*
PRÉ-REQUISITO PARA O ESTUDO DE REGÊNCIA VERBAL
 A classificação de um verbo quanto à transitividade leva em consideração se ele tem sentido completo ou incompleto e se, por conta dessas possibilidades, ele requer, ou não, um termo que lhe complete o sentido. 
VI
VTD
VTI
VTDI
OD
OI
OD
OI
VTD \u2013 responde às perguntas \u201cO quê\u201d e \u201cQuem\u201d? \u2013 VTI \u2013 \u201cPrep+ quê?\u201d ou \u201cprep.+ quem?\u201d
*
*
PORTUGUÊS INSTRUMENTAL
SINTAXE DE REGÊNCIA \u2013 AULA 04
CLASSIFIQUE OS VERBOS E SEUS COMPLEMENTOS
VI
VTD
VTI
VTDI
OD
OI
Nós saímos mais cedo.
Comprei um novo casaco para você.
Marcos precisa de novo emprego.
Tenho uma casa em São Paulo.
Eu cheguei à casa de Maria.
Marta vendeu sua moto.
Eu ofereci aos noivos um chá.
Ele olhava a moça pela janela.
Ele aludiu àquela obra.
*
*
PORTUGUÊS INSTRUMENTAL
SINTAXE DE REGÊNCIA \u2013 AULA 04
Classifique os verbos em...
( 1 ) transitivos diretos		( 2 ) transitivos indiretos		( 3 ) transitivos diretos e indiretos
( ) Assisti à luta.
( ) Ajudei a vítima.
( ) Eu o convidei.
( ) Demos pão ao pobre.
( ) Demos-lhe comida.
( ) Nós a prevenimos.
( ) A neta lhe obedece.
( ) Perdoei-lhe a dívida.
( ) Ela os advertiu.
( ) Todos gostam dela.
1
1
1
1
2
2
2
3
3
3
*
*
PORTUGUÊS INSTRUMENTAL
SINTAXE DE REGÊNCIA \u2013 AULA 04
Ver se o \u201ca\u201d é preposição ou artigo
Eu encontrei a camisa que tanto queria.
Eu ofereci a você uma nova oportunidade.
Eu tenho a intenção de mudar de emprego.
Trouxe a encomenda que pediu.
Vou a São Paulo nesse fim de semana.
Ele é igual a um tio meu.
\uf0e0 Quem encontra, encontra ALGO
\uf0e0 Quem oferece, oferece ALGO a ALGUÉM
\uf0e0 Quem TEM, TEM ALGO
\uf0e0 QUEM TRAZ, TRAZ ALGO A ALGUÉM
\uf0e0 QUEM VAI, VAI A ALGUM LUGAR
\uf0e0 QUEM É IGUAL, É IGUAL A ALGUÉM
*
*
PORTUGUÊS INSTRUMENTAL
SINTAXE DE REGÊNCIA \u2013 AULA 04
Uso padrão vs uso coloquial
 Dominamos grande parte da regência dos verbos da língua portuguesa. Sabemos, por exemplo, que \u201cQuem GOSTA, GOSTA DE\u201d. No entanto, há um certo conjunto de verbos cujas preposições empregadas no uso coloquial diferem-se no uso padrão (normativo).
 Veja alguns exemplos:
 	Vou no banheiro (coloquial) x Vou ao banheiro (formal)
 	Assisti o espetáculo (coloquial) x Assisti ao espetáculo (formal)
 	O não pagamento implica em cancelamento (coloquial)
	O não pagamento implica cancelamento (formal)
*
*
SINTAXE DE REGÊNCIA \u2013 AULA 04
Mudança de transitividade e mudança de sentido
 Há verbos que apresentam mais de uma regência, tendo o sentido alterado de acordo com o emprego. Veja:
	O médico assiste o paciente (VTD \uf0e0 dar assistência)
	O médico assistiu à cirurgia do colega (VTI \uf0e0 viu)
	
	A menina agradou o gatinho (VTD \uf0e0 acariciou)
	O filme agradou a todos (VTI \uf0e0 entreteve)
	
*
*
REGÊNCIA E SEMÂNTICA
Marina sempre aspirou aquela flor.
Marina sempre aspirou àquela flor.
*
*
SINTAXE DE REGÊNCIA \u2013 AULA 04
*
*
*
*
*
*
O verbo PREFERIR NÃO PODE ser usado em construções como:
Prefiro mais dançar do que cantar. 
 (A)
Antes prefiro chocolate do que sorvete.
 (A)
Ele prefere muito mais estudar que passear.
 (A)
*
*
Atenção: O verbo preferir repele palavras e expressões, como: do que,muito mais e mais.
Exemplo: Prefiro amor a dinheiro.
*
*
Exercícios
Substitua os verbos destacados pelos propostos + preposição adequada:
Ele ambiciona o título. (aspira)
Eu desejo a felicidade. (aspiro)
Eu presenciei a briga. (assisti)
d) Ele segue as leis. (obedece)
e) Visitem a Bahia. (vão)
f) Confie nele. (recorra)
g) Alcançou a estrada. (chegou)
\uf0e0 Ele aspira ao título
\uf0e0 Eu aspiro à felicidade.
\uf0e0 Ele obedece às leis.
\uf0e0 Eu assisti à briga.
\uf0e0 Vão à Bahia.
\uf0e0 Recorra a ele.
\uf0e0 Chegou à estrada.
*
*
Grupo 2 \u2013 Variação de transitividade
* No mesmo grupo, estão os seguintes verbos: cientificar, certificar, proibir, assegurar, agradecer, incumbir.
** Há discordâncias quanto à classificação.
*
*
*
*
Dar 
		É transitivo direto e indireto.
Casaram-se há cinco anos e ela já lhe deu três filhos. 
Deu o quê?
VTD
Objeto direto
Deu três filhos a quem?
Objeto indireto
*
*
*
*
Uso dos pronomes oblíquos
Lembrete:
Os pronomes oblíquos \u201co(s)\u201d e \u201ca(s)\u201d viram \u201c-lo(s)\u201d, \u201c-la(s)\u201d, \u201c-no(s)\u201d e \u201c-na(s)\u201d nas seguintes condições:
Depois de verbos terminados em \u2013r, -s e \u2013z (perde-se a última letra e acrescenta-se \u201clo\u201d, \u201cla\u201d.
Depois de \u2013m ou \u2013ão, acrescenta-se \u201cno\u201d ou \u201cna\u201d
Compramos o livro \uf0e0 compramo-lo Compraram o livro \uf0e0 compraram-no.
*
*
PORTUGUÊS INSTRUMENTAL
SINTAXE DE REGÊNCIA \u2013 AULA 04
Troque os substantivos destacados pelos pronomes pessoais adequados, usando os oblíquos sempre que possível e colocando-os corretamente:
Obedeça ao mestre.
Avisei o rapaz de que havia perigo.
Não vi a professora entrar.
Foi uma grande olimpíada. Assistimos à olimpíada pela TV.
Informei o chefe acerca de tudo.
Aludiram ao candidato?
O filho sucedera ao pai no trono.
Quem presidirá ao banquete?
Hilário ajudava o pai no escritório.
\uf0e0 lhe
\uf0e0 lhe
\uf0e0 lhe
\uf0e0 lhe
\uf0e0 lhe
\uf0e0 o
\uf0e0 a
\uf0e0 o
\uf0e0 o
*
*
PORTUGUÊS INSTRUMENTAL
SINTAXE DE REGÊNCIA \u2013 AULA 04
Regência verbal e uso de pronomes relativos
Observe o exemplo:
Esse é o tipo de música que sempre gostei.
 	Embora esse seja o uso cotidiano da linguagem, ele não segue a variedade padrão do idioma, cujo uso seria:
Esse é o tipo de música de que mais gostei.
E por que deve ser assim? Ora, porque gostamos de alguma coisa.
Acompanhe:
	Esse é o tipo de música. Eu sempre gostei desse