A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
222 pág.
Preparação Física Geral

Pré-visualização | Página 21 de 39

20, n. 4, p. 84-91, 2012. Disponível em: 
<http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/
viewFile/3314/2343>. Acesso em: 13 jul. 2015.
Vídeos
• YOu TuBE. Vídeo de capacidades físicas. Disponível em: <https://
www.youtube.com/watch?v=SKd-jdA60kw>. Acesso em: 13 jul. 
2015.
• ______. Revisão Enem - Educação Física - Capacidades 
Físicas. Disponível em: <https://www.youtube.com/
watch?v=R4PSrtmOd0u>. Acesso em: 13 jul. 2015.
• ______. Capacidades Físicas. Disponível em: <https://www.
youtube.com/watch?v=pAtz1ML5Aa0>. Acesso em: 13 jul. 2015.
4. QuESTÕES AuTOAVALIATIVAS
A autoavaliação pode ser uma ferramenta importante para 
você testar o seu desempenho. Se encontrar dificuldades em 
responder às questões a seguir, você deverá revisar os conteú-
dos estudados para sanar as suas dúvidas. 
1) Observe as definições a seguir:
I - A capacidade de percepção de situações relacionadas ao jogo e as 
alterações que acontecem em menor espaço tempo possível.
II - A capacidade de antecipação das ações e comportamentos do adver-
sário durante o desenvolvimento do jogo no menor tempo possível.
III - A capacidade de realizar ações rápidas e específicas com a bola diante 
de um adversário em curto espaço de tempo 
Assinale a sequência correta:
119© PREPARAÇÃO FÍSICA GERAL
UNIDADE 2 – CApACIDADEs FísICAs
a) I - velocidade de antecipação, II - velocidade de percepção e III - velo-
cidade de ação. 
b) I - velocidade de antecipação, II - velocidade de ação e III - velocidade 
de percepção. 
c) I - velocidade de percepção, II - velocidade de ação e III - velocidade 
de antecipação. 
d) I - velocidade de percepção, II - velocidade de antecipação e III - velo-
cidade de ação. 
e) I - velocidade de ação, II - velocidade de percepção e III - velocidade 
de antecipação. 
2) Podemos entender como Velocidade de reação:
a) a capacidade de reação a um estímulo em um reduzido espaço de 
tempo.
b) a capacidade de realizar movimentos únicos, acíclicos na maior veloci-
dade contra pequenas resistências.
c) a capacidade de realizar movimentos cíclicos, ou movimentos iguais e 
repetidos com velocidade máxima contra pequenas resistências.
d) a capacidade de saltar na maior altura durante um tempo 
predeterminado.
e) a capacidade de correr em linha reta durante um tempo predetermi-
nado com a amplitude do passo mais elevada possível.
3) Podemos entender como Velocidade de frequência: 
a) a capacidade de reação a um estímulo em um reduzido espaço de 
tempo.
b) a capacidade de realizar movimentos únicos, acíclicos na maior veloci-
dade contra pequenas resistências.
c) a capacidade de realizar movimentos cíclicos, ou movimentos iguais e 
repetidos com velocidade máxima contra pequenas resistências.
d) a capacidade de saltar na maior altura durante um tempo 
predeterminado.
e) a capacidade de correr em linha reta durante um tempo predetermi-
nado com a amplitude do passo mais elevada possível.
120 © PREPARAÇÃO FÍSICA GERAL
UNIDADE 2 – CApACIDADEs FísICAs
4) Podemos entender por Velocidade de frequência: 
a) a capacidade de reação a um estímulo em um reduzido espaço de 
tempo.
b) a capacidade de realizar movimentos únicos, acíclicos na maior veloci-
dade contra pequenas resistências.
c) a capacidade de realizar movimentos cíclicos, ou movimentos iguais e 
repetidos com velocidade máxima contra pequenas resistências.
d) a capacidade de saltar na maior altura durante um tempo 
predeterminado.
e) a capacidade de correr em linha reta durante um tempo predetermi-
nado com a amplitude do passo mais elevada possível.
5) Entendemos como flexibilidade ativa:
a) a capacidade de ativar o Sistema Nervoso Central através dos Orgãos 
Tendinosos de Golgi.
b) a capacidade de alcançar a maior mobilidade ou a maior amplitude de 
movimento por meio de forças externas a gerada por outra pessoa, 
com sua própria força ou com o peso do próprio corpo ou ainda com 
auxílio de aparelhos, por exemplo.
c) a capacidade de executar movimentos com a maior amplitude de mo-
vimento (ADM) possível sem ajuda, ou seja, pela contração da mus-
culatura agonista e naturalmente pelo relaxamento dos músculos 
antagonistas. 
d) a capacidade de executar movimentos com a maior amplitude de mo-
vimento (ADM) possível sem ajuda, ou seja, pela contração da mus-
culatura antagonista e naturalmente pelo relaxamento dos músculos 
a agonista. 
e) a capacidade de executar movimentos com a maior amplitude de mo-
vimento (ADM) com ajuda, ou seja, pela contração da musculatura an-
tagonista e naturalmente pelo relaxamento dos músculos a agonista. 
6) Leia a os dados a seguir:
I - Possui uma elevada capacidade de transmissão nervosa, sendo enten-
dido inclusive como um “sensor de movimentos”. 
II - Possui receptores proprioceptores encontrados em músculos, e arti-
culações, além de também estarem nos tendões e ligamentos com 
função de apontar imediatamente os processos de movimento do 
tronco e das forças que agem sobre eles.
121© PREPARAÇÃO FÍSICA GERAL
UNIDADE 2 – CApACIDADEs FísICAs
Trata-se do:
a) Analisador cinestésico.
b) Analisador estático dinâmico. 
c) Analisador ótico. 
d) Avaliador acústico. 
e) Analisador tátil.
Gabarito
Confira, a seguir, as respostas corretas para as questões au-
toavaliativas propostas:
1) d.
2) a.
3) c.
4) b.
5) c.
6) a.
5. CONSIDERAÇÕES
Ao terminar a unidade 2, esperamos que você tenha con-
seguido entender as diversas teorias que se debruçam sobre os 
idosos. Vimos que os autores tentam, de diversas formas, de-
monstrar por conceitos o que ocorre no envelhecimento e corre-
lacionar essas teorias ao que ocorre biologicamente, psicologica-
mente, funcionalmente e socialmente.
122 © PREPARAÇÃO FÍSICA GERAL
UNIDADE 2 – CApACIDADEs FísICAs
Tivemos contato, também, ao estudar a unidade e, princi-
palmente, após as leituras do Conteúdo Digital Integrador, com 
uma perspectiva sobre como os idosos são vistos culturalmente.
Esperamos que, entendendo esta unidade, você tenha 
criado uma boa bagagem para as próximas unidades, em que 
falaremos de maneira mais específica sobre as modificações fi-
siológicas e antropológicas do envelhecimento.
Esperamos que esteja gostando. Vamos ao próximo 
capítulo?
6. E-REFERÊnCiAs
BORBA, D. A. et. al. Análise das capacidades físicas em crianças dos sete aos 
dez anos de idade. R. Bras. Ci. e Mov., v. 20, n. 4, p. 84-91, 2012. Disponível em: 
<http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/viewFile/3314/2343>. 
Acesso em: 13 jul. 2015.
YOuTuBE. Capacidades Físicas. Disponível em: <https://www.youtube.com/
watch?v=pAtz1ML5Aa0>. Acesso em: 13 jul. 2015.
______. Revisão Enem - Educação Física - Capacidades Físicas. Disponível em: 
<https://www.youtube.com/watch?v=R4PSrtmOd0u>. Acesso em: 13 jul. 
2015.
______. Vídeo de capacidades físicas. Disponível em: <https://www.youtube.
com/watch?v=SKd-jdA60kw>. Acesso em: 13 jul. 2015.
7. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
ASTRAND, P. O.; RODAHL, K. Tratado de fisiologia do exercício. 2 ed. Rio de Janeiro: 
Guanabara, 1987.
BARBANTI, V. J. Treinamento físico: bases científicas. 3. ed. São Paulo: CLR Balieiro, 
1996.
______. Teoria e prática do treinamento esportivo. 2. ed. São Paulo: Edgard Blücher, 
1997.
123© PREPARAÇÃO FÍSICA GERAL
UNIDADE 2 – CApACIDADEs FísICAs
______. Aptidão física: um convite à saúde. São Paulo: Manole, 1990.
BITTENCOuRT, N. Musculação: uma abordagem metodológica. 2 ed. Rio de Janeiro: 
Sprint, 1986.
BOMPA, T. O. A periodização no treinamento desportivo. São Paulo: Manole, 2001.
DANTAS, E. H. M. A prática da preparação física. 5. ed. Rio de Janeiro: Shape, 2003. 
______. Flexibilidade: alongamento e flexionamento. 2 ed. Rio de Janeiro: Shape, 
1991.
L. et. al. Bases fisiológicas da educação física e dos desportos. Rio de Janeiro:

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.