A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
222 pág.
Preparação Física Geral

Pré-visualização | Página 37 de 39

psicológico 
dos jogadores”, “É hora de trabalhar a parte psicológica dos atletas”, “Nes-
se momento a parte psicológica conta muito”, “O emocional fez a diferen-
ça nesse jogo”, “Os atletas sentiram a pressão emocional” e, outras tan-
tas pérolas ditas por treinadores de nome no cenário esportivo nacional. 
É preciso constatar que, na atualidade, não existe a formação de psicólogo do 
esporte – o que existe são bacharéis e licenciados em psicologia para atuarem 
nos seguimentos da psicanálise, da psicologia escolar e da organizacional, 
além daqueles que foram formatados para atuarem como psicólogos. Decorre 
daí que quando se fala em psicologia ou psicossociologia do esporte, é usual 
encontrarmos diferentes discussões a respeito dos profissionais que atuam no 
contexto dos esportes de rendimento.
O papel do conhecimento antropológico, sociológico, psicológico, psicosso-
ciológico nas atividades dos profissionais (treinadores, sociólogos, psicólogos, 
preparadores físicos, entre outros) é uma referencial fundamental para suas 
214 © PREPARAÇÃO FÍSICA GERAL
UNIDADE 4 – PrEPArAção TécNIco-TáTIcA E PsIcológIcA
percepções sobre a sociedade do esporte e, consequentemente, um dos es-
quemas conceituais, referenciais e operacionais orientadores de suas ações e 
intervenções psicossociológicas.
A emergência do trabalho de um psicólogo processa-se no cenário de uma 
crise de aceitação como um reflexo da credibilidade que os psicólogos tem 
dentro do ambiente esportivo. Julga-se que a intervenção dos psicólogos não 
é prioritária no entrecruzamento dos múltiplos elementos sociais, filosóficos, 
ideológicos, econômicos, políticos e culturais de uma totalidade interativa en-
volvendo a instituição/clube, grupos e pessoas. Isto significa que o papel do 
psicólogo em organizar um projeto de preparação psicológica de atletas – ta-
refa cujas maiores dificuldades não só residem na estruturação de um trabalho 
eficiente como método de procedimentos, mas também na eficácia das metas 
e objetivos propostos como técnicas de intervenção psicológica na preparação 
dos atletas. Lembremos que nem sempre os dirigentes estão interessados no 
trabalho psicológico em relação aos atletas.
É comum ouvir grandes atletas e treinadores dizerem: “temos que nos preparar 
psicologicamente para esta partida” ou “fisicamente o time está bem, mas psi-
cologicamente vem passando por dificuldades” ou, ainda, “temos que elevar o 
moral para virarmos o jogo”.
Com efeito, quando se diz que o atleta está precisando de melhor preparo 
físico para uma competição, sabe-se que o preparador físico será escalado 
para um trabalho mais rigoroso com esse atleta, seja definindo nova rotina de 
treinamento, optando por um macrociclo ou determinando-lhe que faça exercí-
cios para desenvolver habilidades motoras necessárias ao seu desempenho: 
força explosiva, flexibilidade, resistência muscular localizada, agilidade etc. 
Se o atleta está mal – psicológica ou emocionalmente – quem é o profissional 
tecnicamente preparado para atuar na solução deste problema? O técnico, o 
diretor do clube, o médico ortopedista, profissionais de outras áreas que não a 
Psicologia do Esporte? Os que conhecem de perto o cotidiano do treinamento 
do atleta, de equipes ou clubes de futebol, dirão que profissionais sem a de-
vida formação estão atuando como “psicólogos” no esporte. Este problema 
coloca em discussão inúmeros problemas – um deles, o papel do psicólogo 
no mundo dos esportes e, mais especificamente, na preparação das equipes 
e dos atletas individualmente. Isto justificaria uma análise sobre tudo aquilo 
que ocorre no campo do esporte. O clube está preparado para administrar os 
mecanismos implantados como valores, normas e regulamentos para enqua-
drar as condutas humanas. E a questão que se faz formular é a seguinte: a 
preparação psicológica tem um papel fundamental na vida das equipes e dos 
atletas individualmente? Julga-se que nesse cenário, o orgânico, o psíquico, o 
emocional, o individual e o social são elementos inseparáveis aos dirigentes, 
técnicos e atletas e ao ambiente institucional em que participam, interagem 
215© PREPARAÇÃO FÍSICA GERAL
UNIDADE 4 – PrEPArAção TécNIco-TáTIcA E PsIcológIcA
e desenvolvem suas atividades profissionais (Disponível em: < http://diario-
deferro.com/a-preparacao-psicologica-na-formacao-de-atletas/>. Acesso em: 
15 jul. 2015).
––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––––
Com as leituras propostas no Tópico 3, você poderá en-
tender a importância da qualidade de vida na promoção da 
saúde durante o envelhecimento. Antes de prosseguir para o 
próximo assunto, realize as leituras indicadas, procurando as-
similar o conteúdo estudado.
3. CONTEúDO DIGITAL INTEGRADOR
O Conteúdo Digital Integrador representa uma condição 
necessária e indispensável para você compreender integralmen-
te os conteúdos apresentados nesta unidade.
3.1. PreParação técnico, PreParação tática e PrePara�
ção Psicológica
Ao final desta unidade onde falamos sobre as preparações 
técnico-tática e psicológica, poderemos complementar nossos 
estudos consultando a Biblioteca Pearson, onde encontraremos 
a obra de Samulski (2002) que muito bem relata a preparação 
psicológica, os fatores relacionados ao estresse antes das com-
petições é destacada no artigo de Fabiani (2015) e consolidando 
o fechamento deste material sugerimos que assistam ao vídeo A 
Preparação Tática no Futebol Moderno - Palestra - VALE A PENA 
ASSISTIR, abaixo indicado. 
216 © PREPARAÇÃO FÍSICA GERAL
UNIDADE 4 – PrEPArAção TécNIco-TáTIcA E PsIcológIcA
• SAMuLSKI. D. Psicologia do Esporte. 2. Ed. Barueri 
Manole, 2002 (Disponível na Biblioteca Pearson).
• FABIANI, M. T. Psicologia do esporte: a ansiedade e 
o estresse pré-competitivo. Disponível em: <http://
www.pucpr.br/eventos/educere/educere2008/anais/
pdf/182_454.pdf>. Acesso em: 15 jul. 2015.
• Youtube: A Preparação Tática no Futebol Moderno – 
Palestra. Disponível em: <https://www.youtube.com/
watch?v=C77sqGkcCCq>. Acesso em: 15 jul. 2015.
4. QuESTÕES AuTOAVALIATIVAS
A autoavaliação pode ser uma ferramenta importante para 
você testar o seu desempenho. Se encontrar dificuldades em 
responder às questões a seguir, você deverá revisar os conteú-
dos estudados para sanar as suas dúvidas.
1) O conjunto de procedimentos que vão garantir soluções mais eficazes para 
as tarefas motoras, fazendo com que as atividades que devem ser desen-
volvidas sejam feitas com maior eficiência de maneira objetiva e econômi-
ca é uma definição relativa a: 
a) Preparação Técnica.
b) Preparação Tática.
c) Preparação Psicológica.
d) Preparação Física.
e) Preparação Intelectual.
2) Analise as afirmações abaixo:
I - Preparação técnica é o grau de assimilação pelo desportista, pelo sis-
tema de movimentos (técnica da modalidade esportiva) de determi-
nada modalidade, orientada para obtenção de melhores resultados.
217© PREPARAÇÃO FÍSICA GERAL
UNIDADE 4 – PrEPArAção TécNIco-TáTIcA E PsIcológIcA
II - A preparação técnica pode ser analisada isoladamente, como um 
componente integral de um todo em que as soluções técnicas são 
estritamente relacionadas às capacidades físicas, psíquica e tática do 
atleta, assim como as condições concretas do meio externo em que a 
ação desportiva é realizada. 
III - Naturalmente quanto maior for o número de procedimentos e ações 
dominadas pelo desportista melhor será sua preparação para a solu-
ção das tarefas táticas complexas sugeridas na disputa competitiva e 
mais eficaz será sua resposta aos ataques do adversário e sua capaci-
dade de provocá-lo com tomada de decisões situacionais inadequadas
Assinale a alternativa correta:
a) As alternativas I e II são corretas.
b) As alternativas II e III são corretas.
c) As alternativas I e II são incorretas.
d) As alternativas II e III são incorretas.
3) Assinale a alternativa

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.