A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
60 pág.
APS   ONG Banco de Alimentos COMPLETA 2º semestre

Pré-visualização | Página 1 de 11

UNIVERSIDADE PAULISTA
ALINE BISPO CUNHA – RA: D0475B-2
DIEGO APARECIDO MARQUES – RA: D06BJE-6
GIOVANNA RAMOS NUCITELLI – RA: C7350F-9
KADYJE NAGIB PAIVA BARAKAT – RA: D0683E-0
ONG BANCO DE ALIMENTOS
Investindo contra a fome e o desperdício
SÃO PAULO
2016
ALINE BISPO CUNHA
DIEGO APARECIDO MARQUES
GIOVANNA RAMOS NUCITELLI
KADYJE NAGIB PAIVA BARAKAT
ONG BANCO DE ALIMENTOS
Investindo contra a fome e o desperdício
Atividade Prática Supervisionada apresentado à Universidade Paulista como requisito para a conclusão do semestre
Orientador: Profº Paulo Ishimaru
SÃO PAULO
2016
“Minimizar os efeitos da fome, através do combate ao desperdício de alimentos, promover educação e cidadania”
Banco de Alimentos
CUNHA, Aline Bispo. MARQUES, Diego Aparecido. NUCITELLI, Giovanna Ramos. BARAKAT, Kadyje Nagib Paiva. ONG Banco de Alimentos: Investindo contra a fome e o desperdício. 2016. 55 páginas. Atividade Prática Supervisionada — Universidade Paulista, São Paulo — SP, 2016. 
RESUMO
Em síntese, este trabalho aborda a atividade realizada pela Organização Não Governamental Banco de Alimentos em prol dos direitos básicos do ser humano, visando suprir a ausência do governo em esferas importantíssimas da sociedade, com destaque para aquelas que envolvem as classes menos abastadas. Traçando uma trajetória desde os primeiros passos para o surgimento da ONG, são abordados fatores como as principais dificuldades enfrentadas no dia a dia e durante o processo de criação, as fontes contribuintes e instituições beneficiadas, que apresentam importância vital ao auxiliar a execução do objetivo da associação: poupar alimentos, histórias emblemáticas que moldam a instituição e sua forma de atuação, a delicada questão da mídia e como esta é fundamental para promover o crescimento de uma Organização, além dos programas de conscientização social, em que a ONG procura desenvolver uma consciência coletiva que sempre busque por poupar o máximo possível de alimentos e suas partes integrantes, cotejando o modo como o desperdício afeta a sociedade e igualmente o meio ambiente do planeta. Em segunda via, será abordada uma instituição beneficiada, o Arsenal da Esperança, pelo projeto desenvolvido pela Organização em questão, analisando a influência que esta última tem sobre a primeira e como a atitude civil de Luciana Chinaglia Quintão, fundadora do Banco de Alimentos, influenciou a vida de milhares de pessoas. 
Palavras-chaves: ONG; Banco de Alimentos; alimento; iniciativa; sociedade; dificuldades; história; mídia; influência; transporte; tratamento; programa; conscientizar; beneficiados; contribuintes; produtos; rotina; Arsenal da Esperança. 
CUNHA, Aline Bispo. MARQUES, Diego Aparecido. NUCITELLI, Giovanna Ramos. BARAKAT, Kadyje Nagib Paiva. NGO Banco de Alimentos: Investing against hunger and waste. 2016. 55 pages. English Practical Activity Supervised — Paulista College, São Paulo — SP, 2016.
ABSTRACT
In summary, this paper deals with the activity carried out by the non-governmental organization Banco de Alimentos in favor of the basic rights of the human being, aiming to supply the absence of government in important spheres of society, especially those involving the less affluent classes. Tracing a trajectory from the first steps to the emergence of the NGO, are addressed factors such as the main difficulties faced day by day and during contributing sources and benefited institutions, which are of vital importance in helping to implement the association's goal: save food, emblematic stories that shape the institution and its way of acting, the delicate issue of the media and how it is fundamental to promote the growth of an Organization, in addition to social awareness programs, in which the NGO seeks to develop a collective conscience Which always seeks to save as much food as possible and its parts, by comparing how waste affects society and the planet's environment. In the second way, a beneficiary institution, Arsenal da Esperança, will be approached for the project developed by the Organization in question, analyzing the influence of the latter on the former and how the civilian attitude of Luciana Chinaglia Quintão, founder of the Banco de Alimentos, influenced the lives of thousands of people.
Keywords: NGO; Banco de Alimentos; foods; initiative; society; difficulties; history; media; influence; transport; treatment; program; aware; beneficiaries; taxpayers; products; routine; Arsenal da Esperança. 
Lista de Figuras
Figura 1 Simpósio Mundial do Dia da Alimentação - Equipe do Banco de Alimentos	15
Figura 2 Simpósio Mundial do Dia da Alimentação – Auditório	16
Figura 3 Simpósio Mundial do Dia da Alimentação – Palestra	16
Figura 4 Camisa Combate à Fome, Eu Ajudo	22
Figura 5 Brownie in Jar	22
Figura 6 Livro Entre Cascas e Temperos	23
Figura 7 Livro Gourmet Sustentável	23
Figura 8 Dormitórios - Todos os lençóis e fronhas de travesseiros são iguais, a fim de que os beneficiados não se sintam diferenciados	27
Figura 9 Sede Arsenal da Esperança - Na fachada localizam-se dois homens esperando vagas para serem acolhidos pela Instituição	28
Figura 10 Refeitório	29
INTRODUÇÃO
Organizações Não Governamentais, popularmente conhecidas pela abreviatura de “ONGs”, são instituições que não possuem fins lucrativos e que atuam em áreas da sociedade em que o exercício governamental é falho ou inexistente, buscando sempre o desenvolvimento de atividades de interesse público e social. Atuantes do terceiro setor da sociedade civil, as ONGs cobrem questões de relevância educacional, profissional, de saúde, agrária, ambiental, de direitos humanos, culturais, de cidadania, segurança alimentar, populações menos favorecidas, entre outros temas. 
As Organizações Não Governamentais, ao darem voz às minorias e a grupos de pessoas tocadas por questões sociais ou insatisfeitas com a ausência do Estado em setores da vida e da sociedade tão necessitados, constituem um voto à democracia, uma vez que permitem a mobilização social em prol dos direitos da comunidade. 
O Banco de Alimentos, ONG escolhida para a realização deste trabalho, atua frente ao desperdício de alimentos ainda adequados para consumo, que são descartados por não cumprirem os padrões estéticos de venda, por estarem perto do prazo de validade, ou até mesmo no momento da manipulação destes na cozinha, onde partes essenciais e integradas por um elevado grau nutricional, como cascas, sementes e raízes, são eliminadas pela dificuldade de preparo e desconhecimento de receitas que incluam os mesmo. 
Também será abordada outra instituição beneficiada pela iniciativa do Banco de Alimentos, o Arsenal da Esperança, que abriga e auxilia pessoas que passam por necessidades econômicas, reestruturando-as para integrá-las novamente na sociedade. 
O objetivo deste trabalho é analisar a influência da ONG Banco de Alimentos na sociedade e na iniciativa de outras instituições, cotejando sua trajetória, principais inspirações e dificuldades enfrentadas, além de seu posicionamento perante o desperdício de comida. Como método e embasamento teórico serão utilizadas as entrevistas realizadas e documentos oficiais disponibilizados pelas organizações. 
DESENVOLVIMENTO
Banco de Alimentos 
A ONG Banco de Alimentos é uma associação civil que atua em duas frentes. A primeira é focada na coleta de alimentos que seriam desperdiçados, seja por questões estéticas, tanto do próprio mantimento como de sua embalagem, seja por já estarem próximos do prazo de validade ou por haver uma grande safra da qual o mercado não dará conta. Dessa forma, a iniciativa da ONG é voltada para o recolhimento desses excedentes de produção e comercialização, ainda apropriados para consumo, com o objetivo de, em seguida, redistribuí-los para instituições já anteriormente cadastradas. Já a segunda frente é direcionada para a conscientização