A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
ATIVIDADE%25252BDISCURSIVA+%281%29

Pré-visualização | Página 1 de 1

Elaborar um dimensionamento de eixo através da velocidade crítica do mesmo, utilizando os seguintes dados como exemplo: temos um eixo com seção uniforme com um diâmetro de 50 mm, com um comprimento de 1500 mm, considerando um eixo maciço e feito de aço com E = 210.000 e neste eixo vamos colocar dois elementos mecânicos equidistantes com pesos de 250 N e 350 N respectivamente
D.C.L.
 W1 =250 N W2 =350 N 
 500mm 500mm 500mm
 
 1500mm 
Para encontrarmos a velocidade crítica atual deste eixo, vamos calcular os coeficientes de influência e o momento de inércia (I) para um eixo maciço, sendo:
Então, aplicando as equações de coeficientes de influência para dois acessórios, temos:
Com estes valores dos coeficientes de influência, conseguimos calcular as deflexões, sendo:
Temos a equação da velocidade crítica como:
Então, temos:
Finalmente, calculando a velocidade crítica:
O resultado encontrado foi de , sabendo-se que o eixo não poderá atingir a velocidade acima da encontrada, pois se isto acontecesse, teríamos vibrações indesejadas no eixo que, consequentemente, seriam transmitidas a todo o conjunto de elementos mecânicos.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.