A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
63 pág.
videos 2 Mercado de Capitais

Pré-visualização | Página 1 de 2

Prof. Ms. Leuter D. Cardoso Jr.
Bacharel em Ciências Econômicas 
Mestre Engenharia da Produção
Mercado de Capitais 
Sistema Operacional Bolsa de Valores 
Vídeo Aula 11
3
 Comissão de valores mobiliários
 Bolsas de valores 
 Sociedades corretoras
 Investidores pessoas físicas
 Investidores pessoas jurídicas
 Agentes autônomos de investimentos
 Sociedades distribuidoras
 Bancos comerciais de investimentos
 Companhias de capital aberto
Participantes do Mercado de Ações
4
Índice BOVESPA: 
Índice BOVESPA (Ibovespa) é o valor atual em
moeda do país de uma carteira teórica de ações,
a partir de uma aplicação hipotética.
Índices Operacionais
5
DAX - Alemanha
FTSE - Inglaterra
Dow Jones – EUA
Nasdaq - EUA
CAC - França
Índices Internacionais 
6
Sistema PUMA: ”uma plataforma que reúne
riqueza de funcionalidades, gerenciamento de
risco ímpar no mundo, e excelência
operacional para que seus clientes possam
operar com segurança”.
After Market;
Horário de funcionamento: 10h às 17h para 
mercado à vista 
Sistemas Operacionais 
7
Home Broker:
Sistema eletrônico de negociação que permite o
investidor enviar ordens de compra e venda
bolsa sem o intermédio da corretora, porém este
sistema é vinculado a corretora. Esta foi uma
iniciativa da BOVESPA para ampliar o mercado
de ações.
Sistemas Operacionais 
8
1.A mercado – executada a melhor preço 
imediatamente.
2.Limitada - fixação de limites de preço para 
venda e compra.
3.Casada – compra de ações com recursos de 
venda prévia.
4.On Stop – limitar perda ou ganho.
Sistema Operacional: Tipos de Ordens
Prof. Ms. Leuter D. Cardoso Jr.
Bacharel em Ciências Econômicas 
Mestre Engenharia da Produção
Mercado de Capitais 
Análise dos Mercados na Bolsa de Valores 
Vídeo Aula 12
Como existem diferentes tipos de valores mobiliários o
Mercado de Capitais também esta subdividido:
Mercado à vista;
Mercado Futuro;
Mercado de Opções;
Mercado a Termo;
Mercado de Capitais
12
Mercado à Vista:
O mercado à vista é onde se realizam operações
de compra e venda de ações emitidas pelas
empresas abertas registradas em bolsa.
Estas operações são liquidadas em D + 3,
Operações Na Bolsa de Valores 
23/08/11 ggggg
Operações Na Bolsa de Valores 
Operações em Função do Tempo:
1. Day Trade
2. Swing Trade
3. Position Trade
4. Meio Prazo
5. Longo Prazo e Buy e Hold
Prof. Ms. Leuter D. Cardoso Jr.
Bacharel em Ciências Econômicas 
Mestre Engenharia da Produção
Mercado de Capitais 
Operação Day Trade e Aluguel de Ações 
Vídeo Aula 13
16
Operação Day Trade:
É uma operação de compra e venda de uma
mesma quantidade de um ativo-objeto realizada no
mesmo dia e pelo mesmo investidor
Operações Na Bolsa de Valores 
17
Compra de 1 000 ações do ativo “A” por R$ 1000.
Venda de 1 000 ações do ativo “A” por R$ 1 100
Liquidação:
O investidor deverá pagar R$ 1 000 em D +3 e
receber
R$ 1 100 no mesmo período de tempo.
Resultado = + R$ 100,00
Caso Prático: Operação Day Trade
18
Aluguel de Ações
Consiste na transferência de títulos da carteira do
investidor para satisfazer necessidades
temporárias de um tomador.
As taxas dos ativos disponíveis para aluguel são
divulgados pela CBLC. Ofertas estão sempre
disponíveis no banco de títulos da CBLC.
Aluguel de Ações 
19
Vendas à vista; 
Garantia de operações em mercados de liquidação 
futura; 
Substituição de garantias para operações a Termo.
Estratégia Com Aluguel de Ações
Prof. Ms. Leuter D. Cardoso Jr.
Bacharel em Ciências Econômicas 
Mestre Engenharia da Produção
Mercado de Capitais 
Operação à Termo
Vídeo Aula 14
22
Mercado à Termo
No mercado a termo, compra-se e vende-se um
ativo com vencimento em determinada data
futura.
O preço a termo é formado pelo preço à vista
mais uma taxa de juros, que varia conforme o
prazo.
Operação à Termo
23
Caso Prático: Operação à Termo
PV: 100
PT: 101,33
Taxa juros: 1,33%
Margem: 10%
Operação à Termo
24
Preço 
Vista
Preço 
Termo
Margem 
Garantia
Abertura 100,00 101,33 10,13
Vencimento 110,00 110,00
Lucro 10,00 8,67
Operação à Termo
Prof. Ms. Leuter D. Cardoso Jr.
Bacharel em Ciências Econômicas 
Mestre Engenharia da Produção
Mercado de Capitais 
Operações com Opções 
Vídeo Aula 15
27
Mercado de Opções
Uma opção é um tipo de derivativo que confere ao
investidor o direito de comprar ou vender uma
quantidade predeterminada de um ativo-objeto a
um preço fixo.
- Opção de compra (call) – direito de compra
- Opção de venda (put) – direito de vender
Mercado de Derivativos 
28
Lançador: Assume a obrigação de comprar ou
vender uma determinada quantidade da ação-
objeto, a um preço fixado.
Titular: é quem compra a ação.
Ação-Objeto: a ação a ser comprada ou vendida.
Dia de Exercício: dia do vencimento.
Preço de exercício: preço pelo qual a opção será
exercida.
Prêmio: preço da opção, no lançamento ou durante
o prazo.
Conceitos do Mercado de Opções
29
Exemplo: 
PETRG36
PETR – código da empresa PETROBRAS
G – tipo da opção e vencimento
36 – preço de exercício 
Conceito das Opções
30
 Operação com Opções (CALL)
Preço à vista – R$ 100,00
Prêmio – R$ 2,00
Preço de exercício – R$ 105
Data Atual – 12/09/2011
Data Vencimento – 12/10/2011
Custo Total no vencimento: 
preço de exercício + prêmio = R$ 107,00
Caso Prático: Operação com Opções 
31
 O investidor só irá exercer seu direto de compra caso o valor da
ação estiver com preço superior a R$ 107,00. Caso Contrário o
investidor terá prejuízo.
Ganho:
Preço no vencimento R$ 110 – compra ação-objeto R$ 107,00 =
+ R$ 3,00.
Prejuízo:
Preço no vencimento R$ 100 – compra ação objeto R$ 107,00 =
- R$ 7,00
Caso Prático: Operação com Opções 
Prof. Ms. Leuter D. Cardoso Jr.
Bacharel em Ciências Econômicas 
Mestre Engenharia da Produção
Mercado de Capitais 
Operações com Opções 
Vídeo Aula 16
Gráfico 01: Risco e Retorno 
Risco 
R
et
or
no
Renda Fixa 
Imóveis 
Renda Variável 
Entendido como a variabilidade ou instabilidade
esperada ou a possibilidade de perda para os ganhos
em um ativo financeiro.
O que é Risco? 
Propensos ao risco
Avessos ao risco
Indiferentes ao risco 
Categorias de Investidores
Riscos de Mercado 
Risco de Crédito 
Risco de Liquidez
Risco Operacional 
Tipos de Riscos 
Prof. Ms. Leuter D. Cardoso Jr.
Bacharel em Ciências Econômicas 
Mestre Engenharia da Produção
Mercado de Capitais 
Tipos de Riscos 
Vídeo Aula 17
• Taxas de juros; 
• Taxas de câmbio; 
• Preço das ações; 
• Preços das commodities. 
Riscos de Mercado
Alteração do valor das dívidas; 
Grande concentração em um único ou em poucos 
credores; 
Avaliação errada da situação econômica da contraparte; 
Perda do valor das garantias dadas em um empréstimo. 
Riscos de Crédito 
Má gestão do fluxo de caixa; 
Grandes posições financeiras em um mercado ou 
produto; 
Falta de liquidez do mercado e crises financeiras. 
Risco de Liquidez
Erros; 
Fraudes ou roubos; 
Tecnologia defasada; 
Falhas nos processos operacionais da empresa; 
Fatores externos não previstos. 
Risco Operacional 
Prof. Ms. Leuter D. Cardoso Jr.
Bacharel em Ciências Econômicas 
Mestre Engenharia da Produção
Mercado de Capitais 
Análise e Gestão para Riscos 
Vídeo Aula 18
Risco Sistemático - denominado conjuntural;
Risco Não Sistemático denominado residual ou 
aquele ligado ao emissor do título ou ativo.
Análise dos Riscos 
46
Boa compreensão dos mercados e produtos 
financeiros; 
Sistemas de informação confiáveis e boas práticas de 
controle;