Questões NP2
11 pág.

Questões NP2


DisciplinaPsicologia Interdisciplinar105 materiais552 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Interdisciplinar NP2
TOMO II
QUESTÃO 07
A análise de prontuários de crianças e de adolescentes que apresentam dificuldades no processo de escolarização encaminhadas aos serviços indica que a psicanálise é o referencial hegemônico dos psicodiagnósticos e as questões escolares estão pouco presentes nos roteiros de entrevistas psicológicas. 
PORQUE
Os testes são os instrumentos principais de avaliação psicológica, e os encaminhamentos desconsideram ações no campo educacional. Tais dados indicam a necessidade de se repensarem as práticas psicológicas frente aos encaminhamentos por problemas escolares. SOUZA, M. P. R, 2005. (Adaptado)
Com base na leitura dessas frases, é CORRETO afirmar que:
A) a primeira afirmação é falsa, e a segunda é verdadeira. 
B) a primeira afirmação é verdadeira, e a segunda é falsa. 
C) as duas afirmações são falsas.
D) as duas afirmações são verdadeiras, e a segunda é uma justificativa correta da primeira.
E) as duas afirmações são verdadeiras, mas a segunda não é uma justificativa correta da primeira.
QUESTÃO 08 CAIU ESSA!!!
Caracterizado por quadros de agitação, impulsividade e dificuldade de concentração, o transtorno do déficit de atenção, nos últimos dez anos, ganhou maior atenção de médicos, psicólogos e pedagogos porque se passou a creditar a esse distúrbio boa parte dos casos de mau desempenho escolar... Pais acusam escolas de rotular suas crianças de hiperativas indiscriminadamente, antes mesmo de obter um diagnóstico médico, por falta de paciência dos professores para lidar com crianças irrequietas. (Revista Veja, outubro 2004). O texto permite afirmar que: 
(A) com o desenvolvimento das pesquisas novos transtornos têm sido identificados, o que permite refinamento nos diagnósticos. 
(B) a descoberta de novos diagnósticos estimula a pesquisa de medicamentos mais eficazes.
(C) os professores têm sido treinados para realizar diagnóstico precoce do transtorno do déficit de atenção, o que pode trazer muitos benefícios para os alunos. 
(D) o mau desempenho escolar é causado pelo transtorno do déficit de atenção.
(E) observa-se uma ênfase na medicalização da educação, ao se classificarem como patologia aspectos da singularidade do indivíduo.
QUESTÃO 09 DISSERTATIVA
Um psicólogo escolar é chamado pelo diretor de uma escola pública, devido às seguintes queixas: uma das turmas do ensino médio tem se manifestado de forma violenta com colegas e professores, destruindo o patrimônio da escola. Embora as estimativas variem, a taxa de concordância para esquizofrenia em gêmeos idênticos é ao redor de 50% e, para gêmeos dizigóticos, é da ordem de 12%, sendo significativamente maior que o 1% de risco da população geral... Qual afirmativa descreve a atuação apropriada do psicólogo?
A) Analisar o processo de constituição da queixa escolar, referenciando-se em estudo diagnóstico que contemple as práticas dos sujeitos em suas relações com as dimensões social, organizacional e pedagógica que participam do fenômeno da violência escolar.
B) Encaminhar os alunos indisciplinados para atendimento num Centro de Atendimento Psicossocial ou num Núcleo de Atendimento Psicossocial, para intervenção medicamentosa do comportamento agressivo. 
C) Indicar psicoterapia individual e grupal, dentro ou fora do ambiente escolar, pois as pesquisas indicam que é a intervenção mais bem-sucedida para lidar com a violência na escola. 
D) Realizar reuniões com familiares, com os jovens envolvidos em atos de violência, em conjunto com o Conselho Tutelar, caso seja necessário intervir juridicamente sobre o caso. 
E) Realizar um diagnóstico das dimensões social, organizacional, pedagógica, individual, em uma perspectiva dialógica da psicologia jurídica, que oriente o planejamento, a intervenção e avaliação dos resultados.
QUESTÃO 10 CAIU ESSA!!!
Foi realizado na Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão Preto (SP), um levantamento preliminar dos psicólogos que atuavam tanto em Centros de Saúde como em outros serviços públicos, oferecidos à comunidade dessa cidade. O levantamento dos casos de crianças e adolescentes encaminhados aos psicólogos permitiu verificar que a maior parte deles apresenta queixas relacionadas a questões escolares (69%), confirmando que a atuação dos psicólogos nos serviços públicos de saúde está voltada para a resolução de problemas enfrentados na área da educação. A tabela detalha as principais queixas escolares que motivaram os encaminhamentos, relatadas pelos psicólogos.
Frequência e porcentagem das queixas escolares que motivam o encaminhamento de crianças ao atendimento psicológico
Queixas escolares que motivam o encaminhamento das crianças N* %** 
Problemas de aprendizagem \u2212 crianças que não acompanham o ritmo da sala de aula, não aprendem, têm lentidão para aprender, dificuldade na alfabetização, falta de atenção e de concentração, problemas psicomotores 20 31
Problemas de comportamentos \u2212 indisciplina, agressividade ou hiperatividade 19 30
Problemas emocionais \u2212 inadaptação, fobia escolar, experiências negativas na escola, problemas de relacionamento com a professora ou com outras crianças, insegurança ou timidez 11 18
Outros relacionados a questões escolares \u2212 problema de fala, gagueira, problemas familiares, separação dos pais, drogas em casa ou doenças dos pais 8 13
Deficiência Mental 3 5
Encaminhamento para a classe especial 2 3
Total 63 100
* Número de vezes que cada queixa é apontada pelos psicólogos.
** Porcentagem sobre o total das queixas mencionadas pelo grupo.
A partir dos dados apresentados e do seu conhecimento sobre Psicologia, conclui-se que: 
(A) a escola recorre com muita frequência ao psicólogo com queixas referentes a situações que lá ocorrem e as causas atribuídas por este profissional às dificuldades escolares corrobora a idéia de que o problema está no aluno.
(B) a função político-social da escola é referida como tendo muita importância nas queixas escolares que motivam encaminhamento de criança para atendimento psicológico. 
(C) problemas emocionais são sub-valorizados nos encaminhamentos para atendimento psicológico e estão na base de problemas de aprendizagem e de comportamento.
(D) a capacitação do corpo docente é sub-valorizada pelos psicólogos e é o fator mais importante na superação dos problemas de aprendizagem e comportamento. 
(E) a psicoterapia com orientação aos pais é a maneira mais indicada de tratamento a queixas escolares, uma vez que enfoca a dinâmica mental e familiar do aluno, maiores causas dos seus problemas.
Questão 11
Estabeleceram-se correlações entre os dados referentes a acidentes de trabalho de 79 funcionários de uma empresa de energia elétrica com os escores obtidos por esses funcionários nos cinco testes da Bateria de Provas de Raciocínio BPR-5, padronizada com amostra de sujeitos de 11 a 18 anos. Os funcionários foram agrupados conforme o tempo de experiência: o Grupo I, com 1 a 5 anos de trabalho em linha elétrica viva; o Grupo II, com 6 a 24 anos de experiência na mesma área. O resultado das correlações é apresentado na tabela: 
As análises correlacionais indicam evidências de validade do instrumento em relação à maior e à menor probabilidade de ocorrerem acidentes de trabalho. O teste mais válido na correlação com os acidentes de trabalho é o de:
 
Raciocínio Abstrato 
Raciocínio Verbal 
Raciocínio Mecânico 
Raciocínio Espacial 
Raciocínio Numérico
Questão 12 CAIU ESSA!!!
Considerando-se dados da literatura que mostram correlações positivas entre obesidade infantil e aspectos psicológicos, tais como depressão, ansiedade e déficits de competência social, é correto afirmar:
obesidade infantil em alto grau pode predizer elevados graus de depressão ou ansiedade.
depressão, ansiedade e déficits de competência social são aspectos psicológicos de natureza semelhante.
competência social desenvolve-se apenas após a infância, quando passa a caracterizar o obeso adulto.
ansiedade é a causa da obesidade infantil porque a ingestão de alimentos, nesse caso, deixa de ser determinada