Adolecencia   Puberdade
3 pág.

Adolecencia Puberdade


DisciplinaPsicologia da Criança e do Adolescente2 materiais53 seguidores
Pré-visualização1 página
PUBERDADE
Chama-se de puberdade a fase entre a infância e a fase adulta, ou seja, na adolescência. Trata - se de um momento de transformações físicas e biológicas e de oscilações emocionais ocasionadas pelas alterações hormonais que o corpo sofre. O corpo está voltado nessa fase para a produção dos hormônios sexuais que são diferentes em cada sexo. Os meninos produzem, entre outros, a testosterona e as meninas o estrógeno.
Nessa fase o crescimento se acelera, os órgãos sexuais ganham definição e a fertilidade se inicia. É um processo difícil tanto para o adolescente, que vai viver essas transformações, como para os que o rodeiam que terão de se adaptar às alterações de humor e às crises existenciais vividas por ele. Apesar de tudo isso essas transformações são necessárias para a manutenção da espécie humana, pois todo esse alvoroço tem como objetivo dotar o homem de capacidade e condições para o processo de reprodução.
A puberdade nas meninas é caracterizada pelo: - desenvolvimento dos seios e da genitália;
- aparecimento de pêlos pubianos na genitália e nas axilas;
- definição das formas do corpo acarretada pelo acúmulo de gorduras em determinadas partes (quadris, coxas);
- surgimento de erupções na pele (acne);
- aparecimento da menarca.
Nos meninos a puberdade se caracteriza pelo: - engrossamento do timbre da voz;
- nascimento de pêlos no corpo (peito, pernas, axilas, genitália);
- surgimento da barba;
- desenvolvimento muscular;
- aparecimento de acne;
- desenvolvimento da genitália;
- primeira ejaculação, que poderá ocorrer enquanto o garoto dorme ou ainda durante uma masturbação; 
Muitos de nós, eu suspeito, estão acostumados a pensar que os hormônios são importantes durante a adolescência; antes de tudo, a puberdade é desencadeada por mudanças hormonais. Mas, os hormônios de vários tipos também são importantes antes da adolescência.
A mudança em direção às operações formais, durante a puberdade, ocorre dentro de uma amplitude de idade ainda maior, aproximadamente dos 10 aos 15 ou 16 anos, e algumas crianças nunca alcançam completamente as operações formais. 
O estudo papel dos hormônios na puberdade é incrivelmente complexo. O crescimento físico é bastante rápido e os desenvolvimentos do sistema reprodutor e das características sexuais secundárias que ocorrem durante a adolescência parecem todos ser deflagrados por aumentos significativos em níveis hormonais particulares. Nas meninas o estrógeno (o hormônio sexual feminino) aumenta acentuadamente e torna-se cíclico, produzindo o ciclo 
A PUBERDADE FEMININA 
O aparecimento do broto mamário (estágio M2 de Tanner), chamado de telarca, é o primeiro sinal da puberdade nas meninas e ocorre entre nove e dez anos, A papila forma uma pequena saliência, a aréola aumenta de diâmetro e muda sua textura. No mesmo ano, porém mais tarde, surgem os pelos pubianos, que são longos e finos e incialmente se restringem a contornar os grandes lábios (p2 de Tanner). Nessa mesma fase, tem início o estirão puberdade, que atingirá seu máximo por volta dos 11 anos. Durante o pico de crescimento, as mamas passarão pelo estágio M3 Tanner, isso é, aumentarão em volume. Já os pelos pubianos mais grossos e escuros, estendem-se até a sínfise púbica (estágio P3 de Tanner). O momento de desaceleração do crescimento coincide com a menarca ou primeira menstruarão, ao redor dos 12 anos. Nessa fase, os ciclos menstruais costumam a ser irregulares e até mesmo anovulatórios, em função da imaturidade do sistema. as mamas passam pelo estágio m4 de Tanner: continuam crescendo, ao passo que a aréola forma uma segunda saliência, destacada do contorno da mama. Os pelos pubianos ja tem padrão adulto, mais ainda não chegam a superfície interna das coxas (estágiop4). Depois dessa idade, as meninas crescerão, em media, apenas 7cm. Ao final da puberdade, a partir de 13 ou 14 anos. as mamas adquirem aspecto adulto, com a aréola reintegrada ao contorno da mama, e pelos pubianos chegam a raiz das coxas.
A menarca é um momento crítico na vida emocional e uma menina e de seus pais. As meninas esperam este momento como uma indicação de que estão se desenvolvendo normalmente, menos quando preparadas, muitas se sentem aterrorizadas e perplexas com a possibilidade de reproduzir. A menarca pode levar uma nova proximidade entre a menina e a mãe. A aceitação das mudanças físicas e da menstruarão depende da identidade sexual, da firmeza pela meninice com uma identificação firme com a sua mãe e das identidades grupais que conseguiu o período juvenil. O interesse pela transformação continuada de seu corpo naturalmente preocupa a menina agora adolescente. Ela sente que a sua popularidade e oportunidade de atrair o sexo oposto serão marcadamente influenciadas pelas mudanças também de sua configuração facial e pelos contornos emergente de seu corpo.
A PUBERDADE MASCULINA
A primeira manifestação da puberdade no sexo masculino é a gonadarca - crescimento dos testículos com resultado da proliferação de túbulos seminíferos, bem como no aumento das vascularização. um movimento testicular maior que 4 ml correspondente ao estágio G2 de Tanner, em geral a partir dos 11 anos, a pele escrotal torna-se mais enrugada e avermelhada e quase não se registra crescimento do pênis durante essa fase, os pelos pubianos (estágio P2 de Tanner) vem logo em seguida. A progressão para os próximos estágios costuma a ocorrer entre os 12 e 13 anos. Os testículos seguem crescendo, o pênis aumenta em comprimento e os e os pelos pubianos se tornam mais espessos (G3, de Tanner). Os valores máximo de crescimento situam-se por volta dos 14,5 anos nos meninos, de modo que, em turmas de sexta ou sétima serie geralmente encontramos as meninas mais altas que os meninos, estes ainda com aspecto infantil. A situação só se inverterá por volta dos 15 anos. Durante todo o estirão, os testículos seguem crescendo, o escroto se torna mais pigmentado e o pênis aumenta em diâmetro, com um desenvolvimento variável e não se relaciona com a fase da maturação, Alguns meninos podem apresentar um ginecomastia (crescimento das mamas homens) fisiológica entre os estágios G3 e G4, fase em que também se registra a mudança de voz, graças a ação da testosterona sobre as cartilagens laríngeas. Durante esse período, podem surgir as chamadas disfônicas de muda, em que a mutação dura mais do que os costumeiros seis meses, se prolonga para além dos quinze anos ou ocorre apenas no nível orgânico, mantendo o rapaz uma voz de falsete, A etiologia atribuída é quase sempre emocional, relacionada ao receio de assumir a vida adulta. A puberdade masculina termina, em geral, mais tarde apenas por volta dos 16 anos, Pelos axilares e barba marcam os momentos finais, Os andrógenos, que provocam o crescimento dos pelos pubianos, axilares, faciais e corporais, também estimulam as glândulas sudoríparas, resultando em um suor de odor mais forte. A acne é um dos outros aspectos muito característicos desse período.
http://www.infoescola.com/sexualidade/puberdade/
https://books.google.com.br/books?id=QBoaxPVhE6AC&pg=PA48&lpg=PA48&dq=crian%C3%A7a+em+crescimento+denise+boyd+helen+bee+leitura+online&source=bl&ots=BDzI_Le5eY&sig=O-qs3WuXxx1oLIF0bvZh6JOgGaA&hl=pt-BR&sa=X&ei=k1VDUo-jFIvm8wSq6IHwDA#v=onepage&q&f=true
https://docsbarraespartana.files.wordpress.com/2012/03/ciclovidahumana1.pdf